Postadores do Mês
Lufa-lufa
000
Grifinória
000
Corvinal
000
Sonserina
000
Últimos assuntos
» Registro do Espelho do Destino
Qua 19 Abr 2017, 12:11 por Petra Kim DiNozzo

» Produtos
Ter 28 Mar 2017, 21:13 por Petra Kim DiNozzo

» Interior da Floresta Negra
Qui 16 Mar 2017, 23:00 por Circe, o Basilisco

» Cela 32
Qui 16 Mar 2017, 22:40 por Robert S. Winchester

» Entrada de Azkaban
Qui 16 Mar 2017, 22:40 por Circe, o Basilisco

» Escritório
Qui 16 Mar 2017, 14:41 por Emily R. Watsgrint

» Campo de Quadribol
Seg 13 Mar 2017, 16:18 por Isabella F. Highmore

» Corredores do Quinto Andar
Dom 12 Mar 2017, 22:27 por Emily R. Watsgrint

» Pedidos do RPG
Dom 12 Mar 2017, 21:28 por James C. Armstrong

Conectar-se

Esqueci minha senha

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 42 em Ter 17 Jun 2014, 19:05
Parceiros 2/44

Casa dos Barcos

Novo Tópico   Responder ao tópico

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Casa dos Barcos

Mensagem por Alexia R. Watsgrint em Ter 06 Mar 2012, 17:18

Relembrando a primeira mensagem :

Casa dos Barcos



A Casa dos Barcos é um porto de Hogwarts onde os barcos são armazenados e onde os alunos do primeiro ano chegam com os barcos após atravessar o lago de Hogwarts. Há algumas vigas no teto, que são usados ​​para armazenar os pequenos barcos de madeira. Só possui os seguintes métodos de achar este edifício: Através de um caminho por fora do pátio pavimentado, através lago negro e principalmente pelo pátio de entrada.
Hogwarts Direção
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 78
Casa:: Corvinal
Time: Canhões de Chudley

Alexia R. Watsgrint
http://acciohogwarts.forumeiros.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Casa dos Barcos

Mensagem por Emily R. Watsgrint em Qua 18 Fev 2015, 20:08



Sustinho






Aula de feitiços havia sido bastante interessante, fazer dupla com Nicklaus havia rendido na aula, faltava uma hora para a próxima aula e já estava com o material em mãos. Comecei a caminhar pelo castelo, olhando tudo, estava afim de ir ler algo no lago negro. Caminhei ate la lentamente devido ao meu machucado que doía em determinadas posições. Me sentei lentamente no chão que ficava de frente para o lago e abri meu livro, não li nem um paragrafo quando um barulho na casa dos barcos me chamou a atenção. Me levantei lentamente e caminhei ate o local. Vi James de costas, me aproximei dele, ele parecia olhar procurando alguem.

- O que faz aqui? - Perguntei quando ele se virou e deu de cara comigo, ele levou um susto e andou para tras, acabou caindo na agua, o que me fizera rir. Ele saiu da agua todo molhado balancando o cabelo e comentando o susto que havia levado. - Esta bem? - perguntei a ele que olhava suas roupas molhadas e me dava um sorriso - Estou - Respondeu e voltei a gargalhar sobre a situaçao. Respirei fundo e olhei James que estava de braço cruzado, talvez por causa do frio que estava a agua. - E entao o que estava fazendo aqui sozinho? - Perguntei e esperei ele me responder.

EmilyNicklaus JamesRobert Jack Milena Marie Alexia Professores Outros EdwardComensais








Emily Watsgrint
Robb
 
Monitora Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 23
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

Emily R. Watsgrint

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Barcos

Mensagem por James C. Armstrong em Qui 19 Fev 2015, 01:38



Casa dos Barcos



Coloquei minhas mãos no deck da casa e com um impulso sai da água fria do lado negro. Sentia minhas vestes colando em meu corpo enquanto eu balançava e passava a mão no cabelo. Me aproximei de Emily afirmando a ela que estava bem. Apesar do enorme susto que levei achando que era Nathalie que estava atras de mim, meu corpo estava inteiro. - E entao o que estava fazendo aqui sozinho? - Me perguntou, nao queria falar de Nathalie ainda, era muita coisa paraEmily processar. Respirei fundo passando a mao na roupa molhada. - Estava achando paz ate você dar um susto do cacete - Falei e ela riu pedindo desculpas no meio da risada. Dei um sorriso enquanto cruzava os braços de frio. Meus dentes estavam batendo, aquela maldita agua era bastante gelada.

- Por que veio aqui? - Perguntei e ela me afirmou que havia escutado um barulho, talvez eu estivesse fazendo barulho demais a procura de Nathalie. Continuei com os braços cruzados enquanto lhe olhava, ela estava com o material de alguma coisa, não me dei ao trabalho de ler o nome. - Agua fria - Falei tremendo enquanto ela tirava sua capa e me entregava. Dei um sorriso de agradecimento e coloquei a capa, mas aquilo não estava adiantando muito. - Continuo com frio, devido ao seu susto - Falei com um olhar bravo, mas de brincadeira para Emily que ergueu os ombros perguntando o que mais podia fazer. Me aproximei de Emily e lhe abracei, molhando-a, ela reclamou, mas eu mantive-a presa ao meu corpo enquanto ria da situaçao. - Vingança - Falei e lhe soltei, ela estava com algumas partes molhadas agora.  
Sorri devolvendo sua capa da Corvinal,nao precisava mas dela naquele momento, ela segurou e a manteve enrolada em seu braço. Me aproximei dela mais uma vez, ela me olhava seria, um pouco puta por tela molhado, mas eu havia sido justo com ela. Eu era um pouco mais alto que Emily, o que me fizera abaixar minha cabeça,coloquei minha mao em sua nuca e lhe puxei para um beijo, ela tentou recuar, mas mantive colada a mim, ate que ela parou de resistir. Lhe dei um beijo lento e delicado, ela retribui depois de um tempo tentando sair. Lhe soltei e lhe dei um pequeno sorriso. - James eu... - Falou mas eu nao deixei que terminasse a frase, eu ja sabia muito bem o que ela diria, entao simplismente completei sua frase. - Gosto do Robert, eu ja sei disso Ems - Falei me afastando.

Ela estava seria, mas dava para ver em seu rosto um pouco de vergonha por causa do beijo. - Ta na hora de superar ele ein! - Falei com um sorriso para Emily que pareceu perder-se em seus pensamentos. Me sentei na primeira coisa que vi. Ela estava sem graça com o momento, revirei os olhos e me levantei me aproximando dela novamente. - Relaxa Ems, eu nao te amo - Falei e me afastei, ela agora parecia estar aliviada. Conheco Emily, nao namoraria alguém enquanto gostasse de Robert. Ela mesmo me disse isso na festa natalina de Sutton. - Porem acho que tens que seguir em frente. - Falei voltando a olha-la e me sentando novamente aonde estava antes. Ela começou a falar e acabou tocando no nome de Marie, sabia que ela estava sem memoria, mas todo o rolo com Nicklaus e tudo mais. Afirmei a Emily que o que eu tive com Marie fora lindo, mas ela havia jogado fora ao escolher Nicklaus e que aquilo havia mudado o futuro.

- Uma pergunta Emily - Falei me levantando novamente e me aproximando dela, colocando minha mão em sua nuca novamente - Com pretende esquecer Robert se nem tenta beijar outras pessoas? - Falei e acabei deixando-a pensativa. Eu estava lhe dando o mesmo conselho que ela havia me dado quando eu gostava de Marie de um outro jeito. Falei a ela que sabia que Robert havia lhe machucado novamente devido ao que ela havia contado na ala hospitalar, mas não lhe pedi que me explicasse. - Nao quero que goste de mim Emily - Falei lhe dando um sorriso e me aproximando de seu rosto novamente. - Só quero que aproveite que esta solteira e esquece ele de uma vez - Falei e lhe dei um sorriso

- E quem melhor para te ajudar nisso do que eu? Seu melhor amigo? - Perguntie fazendo um gesto de realeza, abaixando meu tronco com as maos abertas. Ela me olhava seria e pensativa. Meu convite para uma amizade colorida onde sempre que ela se sentisse mal poderia me beijar, era razoavel, com o tempo talvez ajudaria ela a se esquecer de Robert e ficaria feliz de ter feito minha melhor amiga para de sofrer, sem falar que ficar com Emily nao era algo ruim. - Vamos Emily, toma coragem e siga em frente, voce sabe que ele nao te quer mais - Provoquei para ver se surgia alguma reaçao, me aproximeo e segurei em sua cintura novamente fazendo nossos rostos ficarem colados enquanto via raiva em seus olhos devido ao que eu acabara de jogar em sua cara,  esperei que ela falasse algo.  

James Marie NicklausRobertEmilyMilenaJackPensamentoEdwardSutton
thanks juuub's @ cp!  





James Crawford Monreal Armstrong
People who make us happy, are never the people who we expect...
Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 14
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

James C. Armstrong

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Barcos

Mensagem por Emily R. Watsgrint em Qui 19 Fev 2015, 12:42



Raiva






- E quem melhor para te ajudar nisso do que eu? Seu melhor amigo? - Falou e lhe olhei no mesmo instante, James estava dando o mesmo conselho que eu havia lhe dado a tempos atras. Falei para ele que precisava seguir em frente, mas o que eu entendia sobre sua proposta era que ficássemos juntos.  - Vamos Emily, toma coragem e siga em frente, você sabe que ele não te quer mais - Aquilo me fez sentir raiva, era impressionante como adoravam jogar na minha cara o que eu já sabia, James se aproximou e segurou em minha cintura, com um olhar provocante, eu lhe olhava seria, me aproximei de seu rosto, pondo minhas mãos nas suas que seguravam minha cintura e quando ele estava distraído.

Retirei suas mãos de mim e me afastei dele. - Como querem que eu esqueca ele, se tudo o que voces idiotas fazem e tocar no nome dele? - Falei com raiva para James que apenas observava. Me agachei com um pouco de dor para pegar o matéria que estava no chão, James tentou ajudar, mas recusei sua ajuda, estava nervosa demais para aquilo. - James eu sei que tenho que seguir em frente, e to seguindo - Falei e o vi ficando serio como se nao acreditasse em que eu falava, mas nao deixei que ele perguntasse qualquer coisa. - To me desapegando aos poucos - Falei para ele que descruzou os braços me olhando. Eu ja segurava minhas coisas em uma das maos, aquilo seria nossa conversar final do momento. - Vou beijar pessoas? Vou, mas nao pensando em esquecer ele, vou beijar por querer entende? - Falei em um tom grosso e vi James afirmar com a cabeça e ficando quieto no mesmo instante.

- Sei que esta tentando me ajudar, mas esse não é o jeito - Falei para ele que abaixou a cabeça afirmando com a cabeça que havia entendido. - Agora voce quer me ajudar? - perguntei para ele que parou de olhar para o chao e me olhou afirmando com a cabeça. - Entao cala a boca e pare de falar da porra do Robert - Falei e me aproximei dele que estava incredulo com minha grosseria, lhe dei um beijo no rosto e me despedi dele e sai da casa dos Barcos.

EmilyNicklaus JamesRobert Jack Milena Marie Alexia Professores Outros EdwardComensais








Emily Watsgrint
Robb
 
Monitora Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 23
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

Emily R. Watsgrint

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Barcos

Mensagem por Nathalie H. Monreal em Seg 23 Mar 2015, 16:01




Após me despedir do periquito voei ate a casa dos barcos o lugar onde sempre me encontrava com James, voltei a me transformar em humana e me sentei em cima de um barco todo ferrado e cruzei as pernas a espera de meu filho James. Fiquei ali longos minutos temendo que ele me desse o bolo, talvez bravo ainda com o ocorrido com a sua peguetizinha ralé da corvinal. Ouvi passos e me levantei atenta a quem aparecia, era James lhe soltei um sorriso de soberania enquanto ele entrava com sue olhar serio puxado do pai. - Achei que nao viria, sabe o que significa em ponto? - perguntei me aproximando dele que continuava sem falar nada.

Lhe dei um abraço e no meio do abraço ele voltou a me questionar sobre o que eu fizera com as memorias de Marie, me fastei dele lhe dando aquele olhar de reprovação. - Eu as tirei - Falei e vi sua expressão se encher de raiva, James começou a me dar um sermão mais  chato do que programas trouxas. Voltei a me sentar para escutar e quando ele acabou me levantei novamente, lhe olhando. - Para de reclamar, fiz isso para te ajudar, agora que ela ta sem memoria pode comcar um novo namoro muleque, pensa! - Falei e ele ficou pensativo, voltei a me sentar e em seguida esperei ele falar algo.



Nathalie Bar-manPensamentoLorde das Trevas ChadSean


James



♛ Nathalie Hathaway Monreal ♛
♛ I'm going to burn your soul  ♛
Comensal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 41
Casa:: Lufa-lufa
Time: Harpias de Holyhead

Nathalie H. Monreal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Barcos

Mensagem por James C. Armstrong em Seg 23 Mar 2015, 20:24



Nathalie

- Achei que nao viria, sabe o que significa em ponto? - Falou assim que entrei na casa dos barcos, ela estava decentemente arrumada, lhe olhei de cabeça aos pés, desde o ataque a Hogwarts que eu não a via. Nathalie se aproximou, eu continuava sem falar qualquer coisa, ela me abraçou, encostei delicadamente minha mão em suas costas. - O que fez com a memoria da Marie? - Perguntei e a senti se afastar d emim com um leve sorriso no rosto, eu continuava serio esperando uma resposta. -  Eu as tirei - Falou, lhe olhei com raiva, minha mae so tinha trevas em seu coraçao, tirar memoria de alguem era a coisa mais covarde que um bruxo podia fazer.

- Como pode fazer isso! O que ela fez a voce? Voce nao sabe o que sao memorias? Sao nossas felicidades - Falei e ela se levantou furiosa como se fosse me atacar, mas mantive meu pé firme e minha postura a mesma, sabia que ela jamais me machucaria. - Para de reclamar, fiz isso para te ajudar, agora que ela ta sem memoria pode comecar um novo namoro muleque, pensa! - Falou e logo ergui uma sobrancelha para o que ela acabara de falar, não conseguia imaginar Nathalie fazendo algo pensando em minha pessoa. Apesar de achar a perda de memoria algo horrível, eu não podia negar que a falta de memoria de Marie me aproximara dela exatamente como eu queria antes, mesmo com Nicklaus no caminho. - Por que tanta vontade de me ajudar nisso? - perguntei e deixei que ela me respondesse.

James Marie NicklausRobertEmilyMilenaJackPensamentoEdward




James Crawford Monreal Armstrong
People who make us happy, are never the people who we expect...
Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 14
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

James C. Armstrong

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Barcos

Mensagem por Chad F. Highmore em Seg 23 Mar 2015, 21:06

Encontro pre-familiar
os unicos que podem gritar comigo são os meus fones
Sai do banheiro com uma pulga atras da orelha, não sabia que Emily era atrevida a tal ponto de chegar perto de meu rosto, admito ter ficado bastante nervoso com sua aproximação, era uma menina perigosa já havia percebido, mas seu  mistério com o sonserino arrogante criara um fogo de curiosidade dentro de mim, queria saber mais sobre o que tanto eles trocavam olhares. Estava claro que aqueles dois iam se divertir bastante dentro daquele banheiro. Vagava ate a casa dos barcos já que alunos novos iam chegar, pelo menos era o que o monitor chefe de nome desconhecido havia me dito, uma ponta de consciência dizia que era uma mentira, mas era melhor conferir para garantir. Assim que entrei na casa do barcos avistei Nathalie e um corvino que eu não conhecia, lhe olhei de cabeça aos pés e em seguida soltei um sor risso. - Esse é seu filho? - perguntei chamando a atenção dos dois para minha pessoa, coloquei a mão no bolso e gargalhei. - Nathalie se chama isso de beleza, precisa de um óculos! Sou muito mais bonito que ele!

Falei e James me olhou serio e olhou sua mãe em seguida, como se quisesse saber de onde eu conhecia sua mae. - Prazer, James! - Falou enquanto Nathalie olhava de braços cruzados, apertei a mão de James, mas antes que eu pudesse lhe responder Nathalie finalmente abriu a boca. - Meu filho, Chad, é perfeito igual a mae! - Falou, o que me fizera gargalhar diante de seu filho que parecia mais perdido do que cego em tiroteio - Desculpe, mas como voces se conhecem? - Falou apontando para mim e logo em seguida para nathalie que me encarou com um olhar ameacador, sabia que se eu revelasse ela ia me matar ou algo pior, mas meu senso sarcastico falava mais alto. - Nao lhe contei? Prazer filho do amante de sua mae! - Falei e Nathalie fechou a cara, dava para ver a furia em seus olhos, lhe dei um sorriso mandando um beijo para ela que estava se preparando para tirar a varinha do bolso quando James a interrompeu.

Eu - Narraçao - Nathalie - James
Monitor Lufa-Lufa
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Lufa-lufa
Time: Nenhum

Chad F. Highmore

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Barcos

Mensagem por Daniel Walker em Ter 24 Mar 2015, 12:22





Casa


dos


Barcos



A noite estava perfeita, a lua estava tão radiante que era difícil não se distrair apreciando-a, Daniel sentia as leves sacudidas do bote, o que fez com que desviasse a atenção do luar e encarar o magnifico castelo adiante.
Hogwarts era magnifica, imenso e deslumbrante, de modo que ignorá-lo era praticamente impossível, Daniel já ouvira a respeito do castelo e sua incrível magia, mesmo os descendentes de famílias bruxas, como ele, falavam que não havia lugar mais cheio de magia que Hogwarts, o que fizera com que ele desejasse ir ali mais do que qualquer outra coisa.
Ele, ao contrário do demais que estavam na pequena embarcação, estava em total silencio, quieto, ele entendia a excitação dos demais ali, só não queria compartilhar a sua com eles. Daniel era descendente de um clã nobre de bruxos, Sonserinos desde linhagens muito antigas, de modo que até saber para qual casa ia, e para qual os atuais companheiros ali presentes iriam, ele decidira se afastar, jamais iria querer se misturar com membros de casas inferiores.
Ele ergueu levemente a cabeça, ao ver uma certa aglomeração de jovens na ponta do barco, aparentemente a tão famosa casa dos barcos de Hogwarts se aproximava, ele sorriu, um sorriso pequeno e quase imperceptível, depois esperou calmamente a chegada do barco.
Assim que chegou ele se levantou e saltou para o piso de madeira, um professor e alguns Monitores estavam ali, o professor lhes dava boas vindas e falava sobre uma ou outra regra do castelo, as mais importantes Daniel acreditava.
Assim que começaram a trilhar o caminho até as portas do castelo, assim que todos os botes haviam atracado, Daniel sorrira, desta vez um sorriso não tão imperceptível assim.
- O que eu devo esperar de você?
Ele questionou ao castelo, alguns alunos o olharam duvidosamente, outros o reconheceram, alguns o ignoraram, mas Daniel não se importou, afinal ele estava ali para fazer história e sua história começaria hoje, naquele instante.



Narração Slytherin Daniel Walker


Chegando à Hogwarts!

Ministerio Auror

Daniel Walker

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Barcos

Mensagem por Robert S. Winchester em Qui 26 Mar 2015, 15:13





Guiando Novatos


Desde que havia voltado para Hogwarts, meu humor havia mudado bastante, de certa forma podia se dizer que eu estava... Bom!
Não era como se eu não detestasse mais o bando de vermes que vagavam pelo colégio, ou tivesse começado a gostar de acordar cedo para ir às aulas e dormir tarde por conta de tarefas, na verdade ainda abominava aquilo, mesmo eu não sendo o aluno mais aplicado.
A verdade é que eu simplesmente me sentia mais leve, não poderia dizer que era devido a minha conversa com Emily, mas a verdade é que aquilo colaborava um pouco, mesmo que apenas um pouco.
Desci o caminho até a casa dos barcos, eu deveria recepcionar os novatos para o teste de seleção, algo irritante, mas parte das tarefas de Monitor, me aproximei do pequeno aglomerado de monitores já presentes esperando a chegada dos novatos.
Sabia que encontraria Emily ali, mas não sabia que o clima entre nós estaria tão estranho, respirei fundo e decidi focar-me na chegada dos alunos. Assim que os barcos foram parando e os alunos descendo começamos a guiar os alunos recém chagados, como estava no clima ideal para irritar Emily me aproximei de um grupo onde só havia garotas e as cumprimentei, depois comecei a guia-las em direção ao salão principal.


Legenda:

Narração   ɸ ɸ ɸ Robert S. Winchester





ɸ Slytherin ɸ

Robert S. Winchester
Monitor Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 26
Casa:: Sonserina
Time: Morcegos de Ballycaste

Robert S. Winchester

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Barcos

Mensagem por Chad F. Highmore em Qui 26 Mar 2015, 18:08

Monitores
os unicos que podem gritar comigo são os meus fones
Acordei cedo, vivo e e intacto, se James não tivesse saído da casa dos barcos um tanto indignado eu provavelmente teria morrido, graças a deus Nathalie havia ido atras dele me dando tempo de fugir o mais rápido possível após minha adorável provocação. Tudo que era bom durava pouco, acordei com um pouco de dor de cabeça, sabia a partir de uma coruja que alunos novos chegariam, teria que ir la representar minha casa ajudando como um monitor deveria fazer. Me levantei e coloquei a roupa, mirei uma bolinha de meia e joguei na cara de Thomas que continuou dormindo como uma pedra, dei uma risada e sai da comunal. Desci apressado ate a casa dos barcos dei de cara justamente com Robert e Emily, um afastado do outro.

- Eae Robert - Falei apertando sua mão e em seguida me posicionando ao lado de Emily a espera dos alunos novos, coloquei minhas duas mãos atras das costas cruzadas e fiquei em silencio com meu sorriso sarcástico. Naquele momento olhei para o lado, o primeiro grupo de alunos havia chegado e eram só meninas, Robert nao perdeu tempo e foi direto a elas, menino esperto, olhei para Emily sua cara nao era a das melhores, lhe die um sorriso chamando sua atençao e lhe dei um piscar de olhos. - Pelo que vejo, sua conversa com Robert no banheiro nao fora a das melhores! - Falei e ela revirou os olhos indo ate um grupo de estudantes a maioria homens, provavelmente para provocar Robert, me aproximei do grupo de alunos que ficava ao lado do de Emily e continuei a puxar o papo com a corvina. - Nao vai me contar o que rolou la dentro? - falei com um sorriso pertubador no rosto, ela me olhou um tanto seria, olhou Robert por uns segundos e em seguida voltou a  me olhar ja falando.

Eu - Narraçao - Emily - Robert
Monitor Lufa-Lufa
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Lufa-lufa
Time: Nenhum

Chad F. Highmore

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Barcos

Mensagem por Emily R. Watsgrint em Qui 26 Mar 2015, 21:20



Monitorando

Caminhei lentamente ate a casa dos barcos, sabia que tinha que ir buscar os novos alunos, estava sem vontade de respirar ainda mais fazer meu trabalho de monitora, sabia que Robert estaria lá e teria que se forte de ter que encara-lo novamente depois do que ocorrera no banheiro. Assim que entrei na casa dos barcos dei de cara com Robert, lhe olhei da cabeça aos pés e virei a cara caminhando para o canto da casa dos barcos, cruzei os braços e fiquei ali esperando os alunos, olhando para o chão. Ouvi alguns passos e olhei para trás Chad havia chego para ajudar, lhe dei um leve sorriso e voltei a olhar para o chão quieta como um tumulo. Ele se aproximou de mim e parou ao meu lado, ficando e silencio, mas sentia que ele estava a sorrir.

O primeiro barco chegou estava cheio de meninas, desencostei da parede e me aproximei, mas Robert fora mais rápido surgindo na frente dela, com aquele seu sorriso provocador, fechei a cara abaixando o rosto e voltando para o lugar onde eu estava antes esperando outro barco chegar. - Pelo que vejo, sua conversa com Robert no banheiro não fora a das melhores! - Falou me dando uma piscadela e um sorriso que mostrava todos os seus dentes, lhe olhei seria enquanto via os alunos saindo de um novo barco, sem responde-lo andei ate o grupo de meninos que acabara de chegar, olhei rapidamente para Robert, ele já estava arrastando asas para as meninas, fechei mais ainda a cara se fosse possível, olhei para os meninos e die um sorriso forcado. - Por favor, formem uma fila na minha frente - Falei e eles fizeram exatamente o que eu pedira, fora quando reparei que Chad voltara a ficar do meu lado com seu sorriso sarcástico.

- Nao vai me contar o que rolou la dentro? - Falou, olhei para ele e em seguida para o Robert que agora levava as meninas para o castelo, olhei Chad novamente enquanto puxava a fila atras de mim, Chad fizera o mesmo, mantendo as duas filas quase que únicas, caminhávamos um do lado do outro, Robert já estava com aquelas meninas bem longe. - Nao me lembro quando voce virou meu terapeuta Chad! - Falei grossamente, era o dia errado para Chad tentar me perturbar com suas perguntas, Chad voltou a insistir em sabe ro que tinha rolado, mas nem mesmo eu queria relembrar, pela primeira vez em toda minha vida, meu lado impaciente havia surgido. - Chad, você fica lindo sem falar, então fiquei assim! - Falei dando um leve sorriso para o loiro, ele sorriu, sabia que Chad adorava uma discussão amigável. Olhei Chad rindo e voltei a puxar o bonde ate o castelo.

Emily •  James ChadThomas Marie NicklausRobertMilenaJack •  Julie •  Victoria  • PensamentoEdwardAlexiaProfessoresComensal





Emily Watsgrint
Robb
 
Monitora Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 23
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

Emily R. Watsgrint

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Barcos

Mensagem por Luck (Fortuna in Ludis) em Qui 25 Ago 2016, 11:17

[center]
Novo Recomeço

História

Explicaçao

Olá Convidado,

A quinze anos atrás o mundo bruxo conheceu uma força destrutiva tão grande, tão poderosa e tão cruel quanto o lendário lorde Voldemort. Um novo lorde das trevas surgia, Lord Antony Darligulv, Antony, que outrora fora um estudante em Hogwarts e um dos melhores amigos daqueles que se tornariam Ministro e Diretora de Hogwarts, Albert e Alexia, se desviou dos ensinamentos de Hogwarts, aprofundando-se em uma busca por poder e conhecimento negro, cada vez mais inclinando-se às trevas.
Após se formar Antony decidiu partir em busca dos antigos manuscritos de Lord Voldemort, revivendo o termo Comensais da Morte e mergulhando o mundo em uma nova era de trevas. Antony em sua busca por controle sobre o mundo bruxo desafiou seus antigos amigos, o Ministro da Magia Albert W. McAlister e a Diretora de Hogwarts Alexia R. Watsgrint, embora diversos embates tenham ocorrido, jamais houvera um vencedor.



Não se sabe o que causou a queda das proteções de Hogwarts, mas é de conhecimento geral o que ocorreu após isso. Com a queda de seus feitiços e rituais de proteção Hogwarts fora atacada pelo temível Lord Antony Darliguv e seus cruéis Comensais da Morte. Após o ataque ao Ministério da Magia Inglês, que levou o bruxo Gerard Guinever, bruxo que fora considerado o Bruxo deste Milênio, a morte.
Antony invadiu Hogwarts, uma invasão que custou caro ao mundo bruxo. Durante a invasão que entrou para os livros de história como o maior massacre do mundo bruxo, Lord Darligulv e seus Comensais findaram com um incontável números de vidas. Alunos, funcionários e professores pereceram pelas mãos do Lorde e seus seguidores. Em um último embate o Ministro da Magia, Albert W. McAlister, caiu perante a varinha do Lorde das Trevas, após a queda de Albert, Antony partiu em busca de sua última grande inimiga, a Diretora de Hogwarts, Alexia R. Watsgrint.
O duelo entre Alexia e Antony causou uma destruição imensa em Hogwarts, bem como a morte de muitos alunos em meio ao processo. Após o fim do duelo o Lord Antony Darligulv caiu perante a varinha de Alexia, com a queda do lorde os Comensais que o acompanhavam foram sendo derrotados rapidamente, não deixando outra alternativa aos que sobreviveram senão fugir de Hogwarts.
Um último Comensal, John B. Smooken, braço direito do Lord Antony Darligulv, confrontou Alexia pela morte de seu mestre, em meio ao duelo, quando a vitória do comensal parecia certeira, uma chama de esperança surgiu, Robert S. Winchester interveio, matando o comensal e salvando a vida de Alexia. Após o ataque Robert simplesmente desaparecera sem deixar qualquer vestígio, ignorando até mesmo os agradecimentos de Alexia ou do mundo bruxo.



Um ano após o impetuoso ataque, entre reformas e construção de novos meios de proteção, Hogwarts finalmente estava pronta para receber alunos novamente. Agora vinha a parte mais difícil, que era convencer os bruxos de todo o mundo que Hogwarts era um lugar seguro para as crianças de todo lugar. Embora Alexia Robb Watsgrint conseguisse provar que Hogwarts estava novamente apta a abrir as portas e receber alunos, ainda existem aqueles que desconfiam de tal coisa.

Staff
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa::
Time: Nenhum

Luck (Fortuna in Ludis)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Barcos

Mensagem por Dean D. Parrish em Qua 02 Nov 2016, 20:12




Corri gramado abaixo tentando nao tropeçar em mim mesmo e cair como um tapado pois isso e super minha cara de se fazer. Comecei a desacelerar meus passos quando vi a casa dos barcos. Assim que entrei olhei os barcos nos quais nos trouxeram ate o castelo no primeiro dia de aula, olhei ao redor a procura do sonserino. - Alec? - Falei em voz alta mas nada fora me respondido, talvez ele ainda nao estivesse ali, o que era estranho.

Me sentei sobre um barco olhando delicadamente a concha sobre minhas mãos, soltei um sorriso era linda e ainda faria com que nós conseguíssemos falar com as sereias pensei quando senti alguém me tocar o que me fez dar um pulo desesperado e logo olhei para ver quem era.

you ain't making no noise.
note ☁ note ☁ note ☁ thanks wrd for this code.
Lufa-lufa
avatar

Dean D. Parrish

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Barcos

Mensagem por Alec S. Duchanne em Qua 02 Nov 2016, 20:34

Halloween
Alec Sherwood Duchanne
slytherin
16 years
pretty boy
don't touch my hair, bitch!
Em meio àquela situação fiquei feliz por Dean ser útil e ter isso atrás da concha. Assim que saí do castelo ficara ainda mais frio. Cruzei os braços tentando amenizar o frio, o que não adiantara muito, mas dava para continuar tentando lembrar do feitiço para respirar em baixo d’água. Andava rápido, mas sem correr pelos jardins da escola e lembrei do feitiço - Cabeça-De-Bolha, isso! Lembrei! – Caminhei até a casa dos barcos e pude ver de longe a luz da lua refletindo a pele encarecida de bronzeado do Dean.

Cheguei perto do mesmo que parecia falar sozinho. Cutuquei o mesmo que virou assustado. - Cadê a concha? – Ele me deu e a peguei rapidamente e com cuidado – É linda... – disse admirando a concha incomum. – Mas e aquele tal feitiço de respirar em baixo d’água? – Perguntou o garoto me fazendo deixar a concha de lado.

– Não esquenta, com um pouco de esforço eu lembrei de um feitiço que aprendi no segundo ano – sorri – Usei ele para trapacear em um jogo trouxa que era em baixo da água.- Ele sorriu e esperamos a boa vontade da murta aparecer para pegar minhas coisas e voltar para o castelo, pois não aguentava mais o frio e o medo de a qualquer momento ser pego.





Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 20
Casa:: Sonserina
Time: Morcegos de Ballycaste

Alec S. Duchanne

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Barcos

Mensagem por Murta que Geme em Qui 03 Nov 2016, 17:27




Missão Sereias
Casa dos Barcos


- Nossa que cavalheiros, com a concha ainda em mãos... Rapidos - Falei voando e me sentando em um dos barcos fazendo eles me olharem curiosos. Soltei um leve sorriso observando seus peitorais, um era muito magro nao me dava apetite mas o moreno era quase um sonho. - Simples... As sereis  possuem um colar que tem a capacidade de me deixar solida, ou seja eu poderia tocar o corpo de voces por exemplo. - Falei dando uma leve risada

- Quero que conversem com elas e peguem esse colar... Se elas nao quiserem dar... Bem creio que voces terao que pegar a força, caso contrario nao devolvo suas coisas - Falou soltando mais uma gargalhada apontando para o lado permitindo que eles entrassem na agua.

Regras:
Obviamente que voces nao vao conseguir pegar o colar apenas no papo. Terao que roubar a força. Antes de sairem da agua voces tem que usar pelo menos 3 feitiços, 2 de ataque e um de defesa contra as sereias, mas tem que ser 3 feitiços que o lança dados diga que funcionou. Caso ele diga que nao funcionou, o ataque ou defesa nao sera contado na tabela dos 3 e voces nao poderao sair do lado.

Sempre que nao conseguirem atacar, voces serao atacados pelas sereias. Voces escolhem o que elas fazem com voces, mas nada de te deixar em estados graves de ferimentos. Tenham criatividade

Fantasma
avatar

Murta que Geme

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Barcos

Mensagem por Alec S. Duchanne em Qui 03 Nov 2016, 20:53

Halloween
Alec Sherwood Duchanne
slytherin
16 years
pretty boy
don't touch my hair, bitch!
Depois de murta tão simpaticamente dar as instruções olhei para Dean e perguntei – Pronto? -  ele respondeu que sim então com a varinha já em mãos apontei para seu rosto e recitei o feitiço – Cabeça-De-Bolha! – Uma bolha de ar surgiu gradativamente em seu rosto cobrindo as narinas e a boca, ele respirou fundo e de um sorriso, aquilo mostrara que o feitiço fora feito corretamente, sorri e fiz o mesmo agora com a varinha apontada para mim. – Fica perto de mim.– Dean segurava a concha em uma das mãos então peguei sua outra mão para mergulhar à missão talvez suicida.

A água estava gelada a ponto de nos fazer tremer de frio, mas pior que antes na superfície. Soltei sua mão e começamos a nadar mais fundo do lago. Era sombrio e silencioso, a água ficava cada vez mais escura a medida que descemos mais o nível do lago. Tudo parecia muito quieto, mas quando ouvimos um ruído que mais parecia um grito vindo por trás. Uma sereia com um flash por cima de nós deixando a vista somente as bolhas de ar.

Olhei para o garoto e estiquei a mão para que me desse a concha. A sereia agora em nossa frente pareciam desgostosas com a nossa presença. Aproximei a concha da boca e a soprei pensando nas minhas falas para a sereia – Olá, somos alunos de Hogwarts e viemos pedir um pequeno favor a vocês. – a assim que terminei de soprar a concha o somo saiu extremamente diferente do que pensara, ela ao ouvir o som emitido não parecia muito surpresa, pois já devem ter visto tal artefato mágico antes.

Fitei o colar em seus pescoços e voltei a falar – Precisamos que nos empreste um desses lindos colares, bem rapidinho – sorri tentando fazer a situação parecer menos constrangedora – Precisamos recuperar algo nosso, mas como condição temos que levar um desses colares como moeda de troca. Podemos fazer isso do jeito bom ou do jeito ruim!. – Sua expressão não foi das melhores, ela parecia muito ofendida com o pedido. Começou a soltar um grito ensurdecedor. A mesma possuía uma concha exatamente igual a que tinha em mãos então a soprou e podemos ouvir o que ela tinha a dizer. – Como se atreve a vir até aqui e pedir uma coisa como essa? Seu humano imundo!

Começaram os insultos então olhei para dean após perceber que uma conversa não resolveria nosso impasse. Assim que preparei a varinha para qualquer movimento da mesma ela também se preparou apontando seu tridente em minha direção. Apesar de parecer uma luta injusta dois contra um, na verdade não era. Pois dean acabara de chegar em Hogwarts e não sabia praticamente nenhum feitiço útil para tal situação. Apontei a varinha na direção da sereia em minha frente e recitei o feitiço. – Pelo visto vai ter que ser do jeito ruim. Estupefaça!




Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 20
Casa:: Sonserina
Time: Morcegos de Ballycaste

Alec S. Duchanne

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Barcos

Mensagem por Luck (Fortuna in Ludis) em Qui 03 Nov 2016, 20:53

O membro 'Alec S. Duchanne' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'Duelo Bruxo Simples' :
Staff
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa::
Time: Nenhum

Luck (Fortuna in Ludis)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Barcos

Mensagem por Dean D. Parrish em Sab 05 Nov 2016, 16:46




O feitiço de Alec dera certo e o mesmo me tocou e logo começamos a nada para longe das sereias, elas voltavam a nos persegui, engoli um seco acelerando, eu nunca havia visto aqueles seres na minha vida, eram feios a beça e um panico começou a percorrer pelo meu corpo quando percebi que eles nadavam quase que como um guepardo corria no solo.

Olhei para Alec que segurava o colar e nada loucamente em minha frente, respirei fundo, eu nao sabia muitos feitiços mas podia tentar reproduzir aquele que ele usara alguns segundos atras. - Estupefaça - Falei apontando para uma sereia que estava a poucos metros de pegar meu pé.

you ain't making no noise.
note ☁ note ☁ note ☁ thanks wrd for this code.
Lufa-lufa
avatar

Dean D. Parrish

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Barcos

Mensagem por Luck (Fortuna in Ludis) em Sab 05 Nov 2016, 16:46

O membro 'Dean D. Parrish' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'Duelo Bruxo Simples' :
Staff
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa::
Time: Nenhum

Luck (Fortuna in Ludis)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Barcos

Mensagem por Dean D. Parrish em Seg 07 Nov 2016, 10:29




Meu feitiço passou de raspão pelo mesmo, continuei nadando desesperado enquanto aquilo se aproximava cada vez mais de minha perna. - Alec... Me diz um feitiço - Gritei para ele que me olhou reparando que o bicho estava quase a pegar meu pé. Ele voltou a olhar para frente pensando em um que fosse capaz deu conjurar. - Tenta Estupore - Falou e no mesmo instante eu me lembre que fora um feitiço usado pela comensal na festa do profeta.

- Ok - Falei voltando meu olhar para o bicho que estava a metros de pegar meu pé, apontei a varinha para ele novamente e molhei a garganta para que nada ocorresse errado dessa vez com aquele feitiço - Estupore!

you ain't making no noise.
note ☁ note ☁ note ☁ thanks wrd for this code.
Lufa-lufa
avatar

Dean D. Parrish

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Barcos

Mensagem por Luck (Fortuna in Ludis) em Seg 07 Nov 2016, 10:29

O membro 'Dean D. Parrish' realizou a seguinte ação: Lançar dados


'Duelo Bruxo Simples' :
Staff
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa::
Time: Nenhum

Luck (Fortuna in Ludis)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Barcos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Novo Tópico   Responder ao tópico
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum