Postadores do Mês
James
1º Lugar
Jennifer
2º Lugar
Chad
3º Lugar
Ben
4º Lugar
Últimos assuntos
» Registro do Espelho do Destino
Qua 19 Abr 2017, 12:11 por Petra Kim DiNozzo

» Produtos
Ter 28 Mar 2017, 21:13 por Petra Kim DiNozzo

» Interior da Floresta Negra
Qui 16 Mar 2017, 23:00 por Circe, o Basilisco

» Cela 32
Qui 16 Mar 2017, 22:40 por Robert S. Winchester

» Entrada de Azkaban
Qui 16 Mar 2017, 22:40 por Circe, o Basilisco

» Escritório
Qui 16 Mar 2017, 14:41 por Emily R. Watsgrint

» Campo de Quadribol
Seg 13 Mar 2017, 16:18 por Isabella F. Highmore

» Corredores do Quinto Andar
Dom 12 Mar 2017, 22:27 por Emily R. Watsgrint

» Pedidos do RPG
Dom 12 Mar 2017, 21:28 por James C. Armstrong

Conectar-se

Esqueci minha senha

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 42 em Ter 17 Jun 2014, 19:05
Parceiros 2/44

Biblioteca

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Biblioteca

Mensagem por Alexia R. Watsgrint em Seg 05 Mar 2012, 13:34

Relembrando a primeira mensagem :


Biblioteca


A Biblioteca do castelo está localizada no terceiro andar do castelo de Hogwarts e contém dezenas de milhares de livros sobre milhares de prateleiras, há também uma seção reservada no local, nela contém livros sobre assuntos perigosos, para usar os livros é necessaria a autorização do professor, quando os livros são abertos sem autorização eles podem gritar. É proibido o uso de magia que possa danificar a biblioteca. Supervisionada pela bibliotecária ou bibliotecário, a biblioteca é o lugar onde os alunos ou professores podem ir para examinar ou requisitar livros para complementar seus estudos (ou para uso pessoal). Os livros da biblioteca possuem várias magias neles para impedirem dos estudantes de desfigura-los ou roubá-los. Caso queira retirar qualquer livro dessa sala, deverá falar com o(a) bibliotecário(a). A biblioteca fecha às 20:00 horas.

w w w . a c c i o h o g w a r t s . f o r u m e i r o s . c o m . p t


Última edição por Alexia M. Watsgrint em Qui 15 Maio 2014, 20:48, editado 1 vez(es)
Hogwarts Direção
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 78
Casa:: Corvinal
Time: Canhões de Chudley

Alexia R. Watsgrint
http://acciohogwarts.forumeiros.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Biblioteca

Mensagem por Candyce R. Watsgrint em Sex 16 Jan 2015, 19:24

Missão
♛Local: Biblioteca
♛Com: Ems, Kai, Thomas e Jack
♛Vestindo: this
♛Humor: Curiosa                                    
keep fucking!
Não conseguia dormir como sempre. Após vestir minhas vestes da sonserina penteio os cabelos e saio para ler algum livro e devolver os que tinha pego.

Sai pelos corredores cantarolando e vi um aluno passar e decidi ficar para trás. Depois de ve-lo entrar na biblioteca adentrei o local. Por incrível que pareça todos que conheço estavam lá. Fiquei surpresa e curiosa por querer saber o que estava acontecendo.

Emily parecia assustada com Jack que lhe fazia perguntas e Thomas chegou querendo saber o que estava havendo. Vi Kai e pensei em ir falar com ele. Decidi dar uma volta pela biblioteca. Passava pelas estantes para devolver os livros. Estava olhando outros até que ouvi burburinhos.

-Kai o que esta acontecendo aqui?.- perguntei sorrindo, porém logo mudo a expressão.-Todos de pijamas e em silêncio,Ems e Jack quanto tempo!.- falei e esperei alguem me explicar.


Narração Candy Ems Professores Outros Pensamentos





Mionet and Marauders
Fantasma
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 20
Casa:: Sonserina
Time: Morcegos de Ballycaste

Candyce R. Watsgrint

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Jessica Prescott em Qua 21 Jan 2015, 21:28


Conhecendo


Com a minha chegada repentina em hogwarts, não havia tido tempo nem para dar uma volta pela escola. Como sempre me levanto cedo, não esperava encontrar nenhum aluno pelos corredores, era ainda tão cedo que o sol ainda não iluminava os corredores sombrios e escuros da escola.
Saio pelos corredores olhando para todo canto, com a espera de não encontrar nenhum bicho nojento tipo baratas ou ratos. Por bastante tempo eu estava caminhando e até o sal ja estava aparecendo para alegrar meu dia. Parei um pouco para descansar e começo a escutar vozes, não imaginava ver ninguém aqui a essa hora, caminho para mais perto de onde vinham as vozes e percebo que estavam no meu lugar favorito de hogwarts. Se eu desaparecesse o primeiro lugar que me procurariam seria a biblioteca. Os livros para mim eram amigos inseparáveis, como unha e carne.

Jess caminhava lentamente passando a mão nas prateleiras cheias de livros antigos e empoeirados. Cega até uma parte da biblioteca que se intitulava ''Sessão reservada''. Eram de lá que estavam as vozes que iam até seus ouvidos que lhe traziam curiosidade mas também um pouco de medo, poderiam não ser humanos, está em hogwarts, tudo pode acontecer.

Chegou até uma prateleira que dividiam as mesas das prateleiras. Ela se esconde ao ver um grupo de alunos que estavam todos juntos em cima de um livro, o que chamou a atenção de Jess para chegar mais perto, mas em sua trajetória, ela esbarra em um cesto de lixo e faz um barulho enorme que chama a atenção do grupo que estava lá.

Todos olham assustados para ela, enquanto ela olhava para eles mais assustada ainda, mesmo descoberta, Jess estava feliz por serem humanos -Me desculpem, estava de passagem por aqui e..e.. ouvi umas vozes, resolvi ver o que, quero dizer quem era. falava ela tremula enquanto a encaravam se perguntando quem era É.. oi, meu nome é Jessica Prescott, cheguei a alguns dias. eles me cumprimentam e me convidam a ver o misterioso livro.



Grifinória
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 2
Casa:: Grifinoria
Time: Morcegos de Ballycaste

Jessica Prescott

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Emily R. Watsgrint em Qua 21 Jan 2015, 22:26

Caixa de Tunning





Depois de uns minutos a mesa havia se enchido de gente, todos na mesma que a minha, curiosos sobre a caixa de Tunning. Todos ali eu ja conhecia,menos a ultima que havia chegado, ela era nova, provavelmente do primeiro ano. - Sou Emily - Falei sorrindo enquanto apontava a cadeira para ela se sentar conosco. Estavamos todos em volta do livro na pagina da caixa. Aquela charada era um dos problemas, ela era um tanto dificil de se decifrar o que deixava todos mais curiosos.

- Bem resumindo para quem chegou agora - Falei enquanto olhava primeiramente para Kai e logo olhei para Jessica e por fim para Thomas - é uma caixa que guarda algo que nao sabemos o que é - Falei e logo  apontei para o paragrafo onde falava que a caixa se encontrava em algum lugar de Hogwarts. - Porem sabemos que ela esta no castelo - Falei e todos confirmaram estar entendendo o pequeno resumo do problema que estavamos encarando, logo voltei a olhar para o livro. - Esta charada ira levar a gente ao lugar onde a caixa esta - Falei lendo novamente a charada, senti todos se aproximando de mim para ler tambem.

- A charada nao é facil - Falei e vi Jack concordar assim como os outros, pus a mao na boca, fiquei na minha posicao de quando costumo pensar, nenhum lugar me passava pela cabeça, realizar desejos? Era um tanto dificil de achar um lugar desses em Hogwarts, talvez a sala precisa, mas ela realiza mais necessidades do que desejos. - Alguem tem ideia de onde seja? - Perguntei olhando para todos

Nicklaus JackMariePensamentosIsabelleComensalRupert





Emily Watsgrint
Robb
 
Monitora Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 23
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

Emily R. Watsgrint

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Alec S. Duchanne em Qua 21 Jan 2015, 23:42

Missão


Num instante a biblioteca se encheu de gente, o que não sabia se era bom ou ruim, depois de ver a íltima menina entrar, Jéssica, imaginei que a escola toda viria também. Estávamos todos em volta de emily que estava nos falando sobre a charada que tinha no livro sobre a tal caixa do velhinho. Que havia nos deixado uma missão, encontrar essa caixa e descobrir o segredo que continha nela para assim saciar nossa curiosidade extrema.

Assim que emily termina de ler, começa o quebra-cabeças, pensava no local que realizava desejos. Bom, havia sala precisa, ma ela tava mais para ajudar do que realizar desejos. Se eu fosse uma caixa onde eu me esconderia? pensei num canto soziho andando de um lado para o outro na sessão reservada.

Depois de uns minutos eu ainda não havia pensado em nada, ninguém havia se pronunciado também, todos fomos para volta do livro novamente a espera de encontrar mais uma pista, por que esta charada estava insolúvel. Não falei nada, estava a espera de algum dos outros se pronunciar.


Última edição por Kai Parker em Qui 22 Jan 2015, 08:02, editado 1 vez(es)
Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 20
Casa:: Sonserina
Time: Morcegos de Ballycaste

Alec S. Duchanne

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Robert S. Winchester em Qui 22 Jan 2015, 05:07







Caixa de Tunning


Eu vagava pelo castelo, não havia muito o que fazer nele, estava tudo parado o suficiente, mais que o normal na realidade, achei engraçado não acontecer nada de interessante naquele castelo mesmo com a multidão de novatos rodando de um lado para o outro, resolvi caminhar até a biblioteca, não que eu procurasse algum livro em particular, na verdade sequer procurava por algum livro, estava apenas querendo fugir da multidão de alunos que começavam a retornar das férias, não estava com paciência para ficar indicando caminho para um ou outro novato, mesmo que esta fosse minha função como monitor.
Apenas não queria ter que iniciar algum contato com a maioria ali, uma vez que com um olhar rápido podia dizer claramente que nenhum dos novatos que vira haviam despertado qualquer interesse.
Assim que atravessei a porta um pequeno sorriso surgiu em minha face, havia alguns alunos na biblioteca, mas eu não me interessava pelos outros alunos, apenas para a garota de costas para mim, caminhei até a mesa onde ela estava sentada e me aproximei do ouvido da garota.
- Adoro este perfume que está usando. – eu sussurrei no ouvido dela, sentindo os pelos de sua nuca arrepiarem, ela se virou para mim, mas antes que pudesse fazer qualquer coisa lhe dei um rápido beijo e me sentei a cadeira ao seu lado – Parece assustada... Aconteceu algo... Emily?
Emily me encarou, assim como os demais presentes ali, , sorri e encarei o livro que ela lia, depois voltei a encará-la.
- Engraçado... Você não lia muito antes.
- O que quer?
- Hum? - direcionei meu olhar para Jack e sorri - Jack, velho amigo, viu como sua presença é tão insignificante que nem te notei aí? - resolvi prestar atenção aos demais sentados naquela mesa, Candyce, Kai, Thomas e uma outra garota, sorri - Candy, quanto tempo não tenho a honra de ver seu belo rosto, senti saudades sabia? - me virei para Kai e Thomas - Vocês continuam feios igual a ultima vez que os vi... - os dois sorriram, encarei a outra garota, eu não tinha visto ela em Hogwarts ainda, talvez fosse novata, ou talvez simplesmente caminhássemos por locais diferentes, sorri e estendi a mão - Robert S. Winchester.
Ela me cumprimentou, sorri e encarei todos ali novamente, os integrantes daquela mesa não costumavam se sentar juntos, na verdade já havia visto eles trocarem uma ou outra palavra pelos corredores, mas fazer um grupo de estudos, ainda mais nas férias, não era do feitio deles, sorri e me virei para Emily.
- Situação estranha essa... O que estão fazendo?
- Por que acha que te direi alguma coisa?
- Não me importo muito se dirão ou não, é quase certo que descobrirei hora ou outra mesmo.
Jack colocou a mão em meu ombro e me encarou.
- É melhor você ir embora!
- Ou o que? - sorri - Vai ficar dando narizadas na minha mão até eu sair?
Sorri e me virei para Emily, me aproximei do rosto dela, de modo que que cada palavra que dizia faziam nossos lábios se esbarrarem.
- Não vai mesmo me contar?
Ela se afastou, sorri e puxei o livro que eles tanto rodeavam, lendo-o rapidamente, todos me encaravam de maneira estranha, sorri e soltei o livro.
- Entendo... Bom, não tenho muito interesse nestes joguinhos... - encarei Candyce, Kai, Thomas e Jéssica - Onde os sonhos se realizam? - pensei por um momento - A sala precisa tem a capacidade de fazer o maior desejo da pessoa se tornar realidade, mas isso só vale para questão de locais, tipo quando queria muito tocar piano, ela criou uma sala com um piano para mim... Se eu fosse esconder algo seria ali.
Encarei os demais e me levantei, aquilo não era um problema meu e eu realmente não tinha muito interesse naquilo, mas talvez fosse interessante permanecer ali só para atormentar Emily e Jack, uma vez que sequer me importava com a tal caixa.


Legenda:

Narração   ɸ ɸ ɸ Robert S. Winchester ɸ ɸ ɸ Emily R. Watsgrint ɸ ɸ ɸ Jack R. Watsgrint




ɸ Slytherin ɸ

Robert S. Winchester
Monitor Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 26
Casa:: Sonserina
Time: Morcegos de Ballycaste

Robert S. Winchester

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Candyce R. Watsgrint em Qui 22 Jan 2015, 07:54

Caixa de Tunning
♛Local: Biblioteca
♛Com: Ems, Kai, Thomas,Jack,Robert e Jessica
♛Vestindo: this
♛Humor: Duvidosa                                    
keep fucking!
O clima de tensão aumentava. Me sentia atormentada com a situação. Mais ainda por ver Emily naquele estado.

Para minha surpresa?. Uma morena aparece do nada dizendo ser novata. Depois Robert aparece e fala com todos. Saudades de mim?. Devia lhe dar um cascudo por sumir. Parecia querer muito saber sobre o que estava havendo, muito mais do que nós. Depois de um tempo fiquei duvidosa sobre ele querer saber ou perturbar meus primos. Para ser sincera aquele suspensa me matava. Depois Ems nos mostrou o livro. Falava sobre uma tal caixa. O que havia?. Não sabemos, mas que há uma charada!. Difícil porém não impossível.

-Parece ótima idéia.- falei olhando para Robert e logo lhe fiz uma careta.-Bom como estou sem idéia no momento pois estou muito confusa pensando me digam vocês!.- falei olhando a todos e logo olhei Jack.-Então primo pensou em algo?.- falei e ele me olhou pensativo e fiquei a esperar que alguém falasse.

Narração Candy Ems Professores Outros Pensamentos





Mionet and Marauders
Fantasma
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 20
Casa:: Sonserina
Time: Morcegos de Ballycaste

Candyce R. Watsgrint

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Jessica Prescott em Qui 22 Jan 2015, 08:51


Charada


Jessica Prescott Emily R. Watsgrint Robert S. Winchester Kai Parker Jack R. Watsgrint Candyce R. Watsgrint Thomas H. Willian

Após cumprimentar todos que estavam o local, agora conhecia alguém, Emily, Kai, Jack, Candyce e Thomas. Sentia que seriamos grandes amigos. O clima tinha ficado tenso, eu no meu canto sem falar nada, somente observava todos pensando. Do nada chega um rapaz, pelas sua vestes percebo que era sonserino, a casa das cobras. Quando ele chega vai direto para a ruiva Emiy, falando algo em seu ouvido, pela reação dela ao ver quem era percebo que havia alguma rixa entre os dois, e um outro rapazinho que era da mesma casa que eu, Jack.Também teria problemas com o rapaz recém-chegado na biblioteca. O rapaz estende sua mão e me cumprimenta - Robert S. Winchester dou um sorrido meio que forçado para ele e o cumprimento falando meu nome Jessica Prescott, prazer... após mais cumprimentos continuamos com a leitura do livro e o início de uma possível busca por hogwarts.

O clima de suspense sobre a charada contida no livro foi quebrado ao ver a conersa entre os três, Robert, Emily e Jack. Mesmo sendo nova percebo que havia algum problema entre eles, mas enfim, decido ignorar e somente observo a zueira dos meus novos coleguinhas.

-Onde os sonhos se realizam? parou por um momento -A sala precisa tem a capacidade de fazer o maior desejo da pessoa se tornar realidade, mas isso só vale para questão de locais, tipo quando queria muito tocar piano, ela criou uma sala com um piano para mim... Se eu fosse esconder algo seria ali. ele encarou todos e logo uma garota sonserina, Candyce, se pronunciou -Bom como estou sem ideia no momento pois estou muito confusa pensando me digam vocês! ela se pronunciou depois de falar isso, diretamente a meu amigo grifino, Jack. Por um tempo o silencio se espalhou. O que ficou um tanto entediante mesmo estando na biblioteca. Saio um pouco de perto deles enquanto olho alguns livros que tinham ali e encontro um que falava sobre fantasmas, não tinha nada haver com a charada mas resolvi dar uma lidinha para esfriar minha mente para que possa pensa rmelhor e resolver logo essa maldita charada.





Grifinória
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 2
Casa:: Grifinoria
Time: Morcegos de Ballycaste

Jessica Prescott

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Emily R. Watsgrint em Qui 22 Jan 2015, 14:26

Caixa de Tunning





- Adoro este perfume que está usando. - Falou e senti meus pelos da nuca se levantarem, aquela voz sempre fazia meu coraçao disparar, não pude falar nada, ele rapidamente me deu um selinho, fiquei sem reação no primeiro momento, um pouco perdida, mas em segundos recobrei meus pensamentos, ele estava apenas provocando como sempre e eu tinha que ser forte e manter minha cabeça no lugar. Robert voltou a brigar com Jack e revirei os olhos, eles não ficavam em paz um segundo se quer, depois provocou Kai e Thomas, sabia que ele estava ali por causa do tumulto, mas sua implicância não estava o favorecendo.

Eu estava decidia a tentar esquece-lo, tanto que ele mesmo havia me pedido para fazer isso, seu namoro com Victoria ficava na minha mente o tempo todo. Dei uma olhada novamente no livro tentando ocupar minha mente com algo que não fosse o Robert. - Situação estranha essa... O que estão fazendo? - Perguntou voltando a me olhar, tentei evitar olha-lo, lhe respondendo apenas olhando focada no livro. - Por que acha que te direi alguma coisa? - Falei e ele respondeu grossamente, exatamente como o Robert dos dias de hoje responderia, voltei a olhar o livro enquanto ele voltava a discutir com Jack. Pensei novamente no local onde poderia ser e achava que tinha descoberto, mas quando me preparei para falar - Gente eu ... - dei de cara com Robert me olhando, nossos labios deram uma pequena tocada, mas eu me afastei.

Voltei a perder a fala novamente e pus a mão na testa. - Não vai mesmo me contar? - Falou e lhe olhei empurrando a cadeira um pouco mais para perto de Kai, ele sorriu e pegou o livro, eu ia voltar a falar onde eu achava que estava o livro, mas Robert fora mais rápido começando a falar sua opinião apesar de quase ninguem querer ouvi-la. - A sala precisa tem a capacidade de fazer o maior desejo da pessoa se tornar realidade, mas isso só vale para questão de locais, tipo quando queria muito tocar piano, ela criou uma sala com um piano para mim... Se eu fosse esconder algo seria ali. - Falou e se levantou com um sorriso de se achando o tal, Candyce pareceu concordar com Robert, era um lugar bem suspeito, um dos pontos eu nao podia negar porem eu ainda achava que ali nao era o real local. Me levantei e encarei Robert. - Por sorte nao foi voce que escondeu a caixa - Falei seria e rude, talvez fosse uma proteçao para que eu nao me machucasse novamente.

- A sala precisa é um bom ponto, mas - Falei e logo voltei a me sentar e olhar os outros. - Ela nao realiza desejos e sim necessidades - Falei enquanto voltava a olhar para Robert, passei meus dedos por cima do livro um tanto pensativa, havia conseguido focar novamente meu pensamento na caixa. - Nao acho que esteja na sala precisa, e sim na sala do espelho Osejed - Falei e vi todos me olhando, seus pensamentos eram incognitas, nao sabia se eles estava de acordo ou nao, mas decidi explicar por que havia chego em tal conclusao. - O espelho nos mostra o que desejamos, ou seja, realiza nossos desejos. - Falei e voltei a me levantar e a me apoiar na mesa. Todos me olhava ate Robert, voltei meu olhar para Candyce e depois para Jessica, depois para o resto do pessoal. - Acho que esta ali e nao na sala precisa - Falei e voltei meu olhar para Robert e esperei que alguem opinasse.

Nicklaus JackMariePensamentosIsabelleComensalRupertRobert





Emily Watsgrint
Robb
 
Monitora Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 23
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

Emily R. Watsgrint

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Thomas H. Willian em Qui 22 Jan 2015, 16:20


Caixa de Tunning

I'm the King!






Emily mostrou o livro na página que falava sobre uma caixa criada por um por um cara, que provavelmente adorava deixar as pessoas curiosas. Quem é louco o bastante para criar uma caixa e não contar para ninguém o que tem dentro? pensei enquanto Robert e Ems conversavam sobre o lugar aonde a caixa poderia estar.

-A sala precisa tem a capacidade de fazer o maior desejo da pessoa se tornar realidade, mas isso só vale para questão de locais, tipo quando queria muito tocar piano, ela criou uma sala com um piano para mim... Se eu fosse esconder algo seria ali. -Falou Robert se levantado.

A única parte da conversa que prestei atenção foi sobre estaria a caixa. Robert dizia que seria a sala precisa e Ems dizia que seria a sala do espelho de Ojesed. O espelho mostra o que mais desejamos...então seria mais fácil se a caixa estivesse lá. pensei distraído.

-A sala precisa é um bom ponto, mas ela não realiza desejos e sim necessidades. Não acho que esteja na sala precisa, e sim na sala do espelho Osejed. O espelho nos mostra o que desejamos, ou seja, realiza nossos desejos. Acho que está ali e não na sala precisa. -Falou Emily olhando Robert.

-Na minha opinião seria o espelho de Ojesed. -Percebi que agora todos estavam me olhando. -A sala precisa tem o que mais precisamos, mas acho que ninguém aqui precisa encontrar essa tal caixa, certo? -Disse olhando um por um.



Legenda:
Narração...Eu...Emily...Robert


Post: 005 ~ With: Ems, Candy, Jack, Kai, Jessica, Robert ~ Thanks, Lollipop @ Sugaravatars


Ronald Weasley
credits BG@
Lufa-lufa
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 14
Casa:: Lufa-lufa
Time: Morcegos de Ballycaste

Thomas H. Willian

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Robert S. Winchester em Sab 24 Jan 2015, 14:30







A Lenda da Pedra Filosofal


Emily se levantou e me encarou, o ar na sala estava sério, aparentemente, embora eu encarasse aquilo sem o menor interesse, os demais estavam realmente interessados naquilo, respirei fundo e cocei a cabeça.
- Por sorte não foi você que escondeu a caixa! - Emily falara em um tom rude, sorri, embora tivesse dito aquilo se fosse esconder algo seria nos jardins de Salazar - A sala precisa é um bom ponto, mas ela não realiza desejos e sim necessidades! - Emily me encarou, sorri, Emily era esperta, um dos motivos de ainda não conseguir tirá-la da cabeça, isso e o adorável sabor que seus lábios tinham, ela passou os dedos por cima do livro um tanto pensativa - Não acho que esteja na sala precisa, e sim na sala do espelho Osejed! O espelho nos mostra o que desejamos, ou seja, realiza nossos desejos. - Emily me encarou - Acho que esta ali e não na sala precisa.
- Na minha opinião seria o espelho de Ojesed. - Thomas falou desviei meu olhar para ele - A sala precisa tem o que mais precisamos, mas acho que ninguém aqui precisa encontrar essa tal caixa, certo?
- Vocês parecem precisar... Do contrário por que estariam tão interessados nela? - disse o encarando, depois me virei para Emily - O espelho de Ojesed não realiza nossos desejos! - encarei os demais - Acreditem em mim, eu já o encarei tempo demais para saber disso. - voltei a encarar Emily - Ele nos mostra nosso mais profundo desejo, mas não os realiza! Se por acaso alguém aqui morrer eu posso, não, todos nós podemos passar o resto de nossas vidas encarando-o que ele jamais trará a pessoa de volta, apenas nos torturará com ilusões. - puxei uma cadeira e me sentei - Ele não realiza desejos, apenas engana quem deseja algo, para mim isso tem uma diferença imensa... Porém como dissera a sala precisa realiza as necessidades, mas existe uma linha tênue entre desejo e necessidade, onde ambos podem ser um só dependendo da situação.
Encarei todos ali, eles pareciam estar pensando, respirei fundo e me aproximei de Emily, ela estava perfeita, me aproximei dela e sorri, ela me encarou e bufou, continuei a sorrir, olhei levemente para o lado, Jack parecia nervoso, prestes a avançar e mim, sorri e me aproximei ainda mais de Emily, ela se afastou um pouco.
- O que quer?
Sorri e me afastei, aquele joguinho estava começando a ficar sem graça, talvez eu devesse apimentar um pouco as coisa, encarei Candyce, ela ainda me encarava feio, talvez por ter sumido e voltado como se nada tivesse acontecido, não entendia por que eles agiam assim toda vez que acontecia. Ao olhar Candyce acabei não conseguindo desviar o olhar, ela usava um colar com um pequeno pingente o pingente era uma pedra, pequena e verde, talvez uma lasca de rubi, envolvida por pequenos laços de ouro, aquilo me fez sorrir, de modo que acabara me esquecendo de tudo que ocorrera antes, durante todos esses meses.
- Jack! - ele me olhou assustado, sorri - A pedra da Candy! - todos na mesa olharam para Candyce - É claro! Só pode ser isso!
- Você está bem? - Thomas perguntou confuso.
- Que pedra? - Candyce me encarou.
- Jack quando entramos para Hogwarts nós costumávamos conversar sobre as lendas do castelo, na verdade você me contava elas, uma vez que fora criado por bruxos e eu não. - ele concordou  - Lembra da que mais comentamos nos primeiros meses aqui?
Jack me encarou por alguns minutos, assim como o restante dos alunos na mesa, depois sorriu, era obvio que ele se lembraria, conversamos sobre aquilo por muito tempo, tentando descobrir se era ou não verdade, mas nunca chegamos a conclusão daquilo.
- A pedra filosofal! - eu sorri.
- Mas em que a pedra filosofal ajuda? - Emily me encarou.
- A pedra em nada. - Jack sorriu - Existe uma lenda que a muitos anos uma pedra filosofal foi escondida em Hogwarts e que alguém tentou roubá-la, porém ele não conseguia encontrar, aí atraiu um aluno para um lugar para que ele lhe dissesse a localização da pedra, ou para tentar trocá-lo pela pedra, não me lembro bem, reza a lenda que ambos ficaram de frente para o espelho, o homem desejava a pedra mais que tudo, então o espelho refletiu ele com a pedra, porém o garoto queria apenas se salvar, mas ao mesmo tempo jurara a si mesmo que jamais entregaria a pedra ao homem, caso a encontrasse.
- Tá e em que isso ajuda? - Thomas nos questionou.
Jack e eu sorrimos, aparentemente poucos conheciam sobre a lenda, ou simplesmente não se importavam, a sorte era que Jack era viciado nisso no primeiro ano, de modo que acabei sabendo de metade das lendas do castelo.
- A lenda diz que o espelho realizou o desejo do garoto.
- Lhe dando a pedra.
- Não como uma ilusão, mas lhe entregando a pedra de verdade... - Jack respirou fundo, se acalmando - A lenda diz que se o objeto guardar um poder muito grande, e se o bruxo que quiser escondê-lo for muito poderoso, ele consegue esconder o objeto dentro do espelho, e o espelho só devolverá para quem ele achar digno devolver!
Jack e eu nos encaramos e sorrimos, aquela era a unica justificativa lógica para a caixa de Tunning estar na sala do espelho, afinal ele estaria no espelho e não na sala. Puxei Jack e comecei a dar cascudos na cabeça dele.
- Issaê muleque esperto!
Emily nos encarou incrédula, Jack e eu a encaramos e, somente então, nos lembramos de nossa atual situação, dos duelos e ameaças, nos lembramos que eu tentara matar Jack e depois ele fizera o mesmo, nos afastamos rapidamente e nos encaramos friamente, depois desviamos o olhar, pigarreei e encarei Emily.
- É claro que é apenas uma lenda! - disse secamente.
- Então pode nem dar certo isso. - Jack falou no mesmo tom.
Todos ficaram em silêncio, Emily nos encarava séria, até que alguém resolveu se pronunciar.


Legenda:

Narração   ɸ ɸ ɸ Robert S. Winchester ɸ ɸ ɸ Emily R. Watsgrint ɸ ɸ ɸ Jack R. Watsgrint ɸ ɸ ɸ Thomas H. Willian ɸ ɸ ɸ Candyce R. Watsgrint




ɸ Slytherin ɸ

Robert S. Winchester
Monitor Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 26
Casa:: Sonserina
Time: Morcegos de Ballycaste

Robert S. Winchester

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Emily R. Watsgrint em Sab 24 Jan 2015, 17:05

Caixa de Tunning





- É claro que é apenas uma lenda! - Falou voltando a me olhar, revirei os olhos e olhei para Kai por um instante, Robert adorava provocar e sabia que conseguia me provocar sempre, me levantei e me afastei de Robert, era a unica coisa que conseguia fazer naquele momento. - Então pode nem dar certo isso. - Jack falou e lhe encarei, naquele ponto eu ja estava em pé ao lado de Candyce, o mais distante possivel do sonserino. - Podendo ou nao funcionar, temos que tentar - Falei e me inclinei quase pulando em cima da mesa para pegar o livro o qual estava lendo que estava perto de Robert, o puxei para perto e o fechei.

Todos da mesa se levantaram se preparando para irem junto a mim ate a sala do espelho, olhei para todos e notei que Robert tambem havia se levantado, me questionei se ele iria nos acompanhar, ele caminhou ate meu lado e eu lhe olhei. - Vai junto? - perguntei seca e sem emoçao, segurando o livro embaixo do braço. Ele sorriu e afirmou com a cabeça, revirei os olhos e lhe die um sorriso forçado, suas provocaçoes haviam me deixado em humor pessimo, comecei a caminha a sua frente evitando que conversassemos, caminhei junto a todos em direçao a sala do espelho de Osejed

Nicklaus JackMariePensamentosIsabelleComensalRupertRobert





Emily Watsgrint
Robb
 
Monitora Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 23
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

Emily R. Watsgrint

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por James C. Armstrong em Qui 05 Fev 2015, 19:48



Biblioteca



- Sabia que te encontraria aqui - Falei me sentando ao seu lado, era tipico de sua casa, estar ali lendo alguma coisa que lhe interessava. Emily estava linda como sempre, ela deu um pequeno sorrisinho  e voltou a ler, quando ela le, se tem amor a sua vida, nunca a incomode, mas eu sempre gostava de um desafio.  Fiquei em silencio olhando-a ler em silencio, reorganizando meus pensamentos em minha mente. - Suponho que ja tenhas recebido a mensagem de sua mae correto? - Perguntei enquanto ela ainda olhava para o livro, ela apenas confirmou com a cabeça enquanto lia seu livro que parecia ser sobre culinária bruxa.

A biblioteca estava vazia, talvez por ser de manha e Emily a unica louca de ler algo as dez da manha em plenas ferias de verão, encarei seu livro por alguns minutos, culinaria nao era minha praia, um livro mais fantasioso e mais emocionate me chamava mais a atençao. - Gostaria de saber se quer ir ao baile comigo - Falei olhando o livro e percebi que Emily voltou seu olhar para mim, lhe olhei e dei um sorrisinho, ela parecia sem fala no primeiro momento, talvez um pouco envergonhada. - Gostaria de ir comigo? - Reforcei a pergunta enquanto ela pensava em uma resposta.


James Marie NicklausRobertEmilyMilenaJackPensamentoSeanEdward
thanks juuub's @ cp!  





James Crawford Monreal Armstrong
People who make us happy, are never the people who we expect...
Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 14
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

James C. Armstrong

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Emily R. Watsgrint em Sex 06 Fev 2015, 15:51

Convite





Adentrei na biblioteca era cedo, nem a bibliotecária estava totalmente acordada, mas eu era uma pessoa um tanto diferente, meio louca, estava sem sono nessa manha, o que me levou a ir dar uma lida em livros. Caminhei entre as estantes de livros, demorei mais lendo os enunciados dos livros do que lendo um de verdade. Culinária, um dos meus gêneros favoritos de livros, abaixo é claro de animais mágicos. Peguei o livro que falava sobre culinária bruxa antiga, li sua sinopse e ele parecia ser um pouco interessante, o suficiente para prender minha atenção nele durante algumas horas.

Me sentei e abri o livro comecei a leitura, não deu nem meia hora e alguém chegou puxando papo, era James, não estava muito afim de conversar, aquele livro estava ótimo, ultrapassou minhas expectativas. - Suponho que ja tenhas recebido a mensagem de sua mãe correto? - Falou e eu apenas confirmei com a cabeça enquanto lia o paragrafo do modo de preparo de uma receita interessante, eu havia recebido o convite no meio de minha caminhada ate a biblioteca. - Gostaria de saber se quer ir ao baile comigo - Falou e aquilo sim me fez tirar os olhos do livro, era algo que eu realmente não esperava.

Ja estava planejando ir alone para o baile, apenas para dançar loucamente e conversar, mas a proposta de James fora tao imprevisível que fiquei sem lhe responder, forcando-o a refazer a pergunta. Balancei a cabeça e sorri para ele - Claro - Falei sorrindo para ele que retribui em seguida fechei o livro, agora que tinha um par, estava mais animada para o baile, iria voltar a comunal para me arrumar. - Vamos para a comunal - Falei e ele confirmou com a cabeça e se levantou junto a mim. - Nao se atrase ein James, se nao eu te mato - Falei rindo enquanto ele afirmava com a cabeça sorrindo.

Nicklaus JackMariePensamentosIsabelleComensalRupertRobertJames





Emily Watsgrint
Robb
 
Monitora Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 23
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

Emily R. Watsgrint

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Julie V. Wanderwood em Qua 25 Fev 2015, 00:10






Just the truth!



Depois de ver meu pai, e da conversa com Robert decidi dar uma passada numa velha amiga minha, a biblioteca, há muito tempo eu não ia até lá. Eu estava com a conversa que eu tive cm Rob na cabeça quando entrei na biblioteca, olhei para os alunos que estavam ali vendo se eu reconhecia alguém, e reconheci. Andei até o fim da comprida mesa e sentei na frente da namorada de Robert, e fiquei encarando-a. Ela pareceu incomodada e erguei os olhos do livro.

- Perdeu alguma coisa? – disse em um tom grosseiro. Eu sorri e continuei a encarar.

- Não, to tentando entender porque meu irmão é tão burro – disse e a garota fechou o livro, fazendo um barulho um tanto alto ao solta-lo violentamente na mesa – cuidado não vai querer quebrar a mesa, enfim não sei  que Robert viu em você na verdade, quer dizer,  as sem sal como você não fazem o tipo do meu irmão. – sua cara estava começando a transparecer raiva, e com isso eu sorri.

Olhei em volta e parecia ter mais alunos desde a hora que eu entrei, por sorte eu não pretendia sair tão cedo meu papo estava bem divertido... pra mim é claro. Voltei minha atenção para a Victória que se pronunciou.


Legenda: Eu Victória
clothes: Vestes Sly
tks, clumsy@sa!


Julie Wanderwood


“So love me like you do, lo-lo-love me like you do love me like you do, lo-lo-love me like you do touch me like you do, to-to-touch me like you do what are you waiting for?”
Monitora Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 19
Casa:: Sonserina
Time: Harpias de Holyhead

Julie V. Wanderwood

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Victória Summiregis em Sab 28 Fev 2015, 19:35


Pessoa


- As sem sal como você não fazem o tipo do meu irmão. - Minha cara de Raiva era bem clara, atrapalhar minhas leituras apenas para encher o saco era algo irritante,  mas após uns momentos de pensamento, acabei sorrindo para a sonserina que estava ali ao meu lado. - Se eu nao fosse o tipo dele, ele nao estaria comigo ne? - Havia feito uma pergunta retorica, antes mesmo que ela pudesse se pronunciar eu voltei a falar, sua voz era irritante, quanto menos falasse melhor era. - Sabe... Julie ne? - Perguntei mas ela nem se quer confirmou com a cabeça, mas ja sabia de sua linda historia de irmandade com Robert.

- Como nao guardo ressentimentos, essa sua grosseria deixarei passar - Falei lhe dando um sorriso enquanto ela sorria e revirava os olhos para o que eu estava dizendo. - Por isso lhe darei um conselho de amiga - Falei e vi seu sorriso sair, focando sua atenção nas minhas próximas palavras. Me ajeitei na cadeira, olhei ao redor muita gente estava ali, agora mesmo não teria paz para ler meu livro, metade das pessoas ali presentes não sabem que biblioteca e um local de silencio, incluindo a sonserina ao meu lado. - Para de correr atras do Edward, esta feio ja! - Falei, Julie tentou se pronunciar no mesmo momento, mas eu lhe neguei com os dedos eme seguida lhe dei um novo olhar. - Quando um burro fala o outro baixa a orelha colega!

- Voce sabe que Ed nao gosta de voce e nem nunca vai gostar! - Falei e vi odio transparecer em seu olhar, sabia que ela namroava agora um sonserino, mas tambem sabia que seu coraçao pertencia a meu irmao. - Esse seu sonserino nao vai durar - Falei com um sorriso no rosto e seu odio fora aparecendo mais em suas feições. - Para de usar o sonserino para esquecer meu irmao, voce nao vai esquecer ele assim - Falei enquanto retirava da bolsa uma lixa de unha, minhas unhas estavam um tanto quebradiças. Olhei para ela, seus olhos com um pouco de lagrimas, nao sabia se era por que a verdade doia ou se por odio deu jogar tudo que ela ja sabe na sua cara. - Olha, meu irmao gosta daquela  corvina chata - Falei enquanto voltava a lixar minha unha que possuia um esmalte azul marinho nela, para combinar com as vestes.

- Sei que Edward ficou com voce, uma vez acho, mas sinto lhe informar - Falei e antes que eu continuasse a falar qualquer coisa, lhe olhei e agora surgia um sorriso em meu rosto. - Foi por pena - Falei e dessa vez uma lagrima escorreu, continuei sorrindo enquanto voltava a lixar a unha. - Com essa sua carinha de cachorra abandonada, só ira conseguir beijos dele por pena! - Falei lixando a unha e voltando a lhe olhar. Dei meu ultimo sorrriso antes de minha ultima fala para a sonserina que implorava para receber as verdades na cara. - Para de correr atras de meu irmao queridinha - Falei e vi ela secar as lagrimas se preparando para falar mais algumas coisas que como sempre nao iriam me afetar.

 
Irritante

Eu - Julie
Fantasma
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 16
Casa::
Time: Canhões de Chudley

Victória Summiregis

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Julie V. Wanderwood em Sab 28 Fev 2015, 22:28






Discussão



- Por isso lhe darei um conselho de amiga – eu já estava com raiva dessa garota, aposto que esse concelho seria mais uma provocação do que realmente um concelho sem mesmo eu assentir ela tornou a falar - Para de correr atrás do Edward, esta feio ja! – era possível que meu ódio aumentasse mais? Sim, completamente, eu me preparei para soltar algumas alfinetadas, já que nessa conversa sairia farpas de todos os lados - Quando um burro fala o outro baixa a orelha colega! Voce sabe que Ed nao gosta de voce e nem nunca vai gostar! - ela estava quase ultrapassando o meu limite de tolerância, e ela pedindo pra apanhar, ainda mais falando do Edward pra mim, de certa forma ainda mexe comigo falar do que aconteceu, mas era passado e eu tava superando. - Esse seu sonserino nao vai durar – meu ódio estava faiscando, por tudo que é lugar possível. Senti meu olho mudar, baixei a cabeça para ela não perceber a diferença no meu olho e claro as presas que estavam começando a aparecer - Para de usar o sonserino para esquecer meu irmao, voce nao vai esquecer ele assim.

Quando ela falou levantei a cabeça, já normal, ela lixava as unhas parecia mais um gesto de deboche, mas deixei isso passar estava tentando manter a calma. Não estava fácil mas estava tentando, olhar pra essa vaca já me dava nojo, ela falando essas merdas junta com ódio, e vontade de matar, sem contar na fome.  Mas logo me lembrei de tudo que ela disse e o ódio voltou umas quatrocentas vezes mais forte, meus olhos começaram a  encher de lagrimas, mas não tristeza ou algo assim por ela ter “cuspido” essas coisas na minha cara, era de raiva mesmo.

- Sei que Edward ficou com voce, uma vez acho, mas sinto lhe informar – ela deu uma pausa e sorriu - Foi por pena – uma lagrima escorreu, deixei pra pensar nisso depois. Ela voltou a lixar a unha - Com essa sua carinha de cachorra abandonada, só ira conseguir beijos dele por pena! Para de correr atras de meu irmao queridinha.

- Cala a boca – eu disse sem pensar duas vezes e puxei seu cabelo fazendo-a cair, ela sacou a varinha mas fui mais rápida – Expelliarmus – sua varinha veio para minha mão, e ela se recompôs, sem necessidade, lhe desferi um tapa forte no rosto, daqueles de deixar a marca  da mão – primeiro, o Edward é passado. Segundo o Nicklaus não é um método de esquecer o Edward decidi seguir minha vida sem seu irmão e to melhor sem ele. Terceiro lave essa boca de vadia mal comida pra falar alguma coisa sobre meu namoro, ou melhor nem fale. Quarto, não tente medir forças comigo Victória sou mais forte do que você, e é em todos os sentidos humanamente possíveis. – ela sorria debochadamente, e aquilo me enfureceu – Quero ver se esse seu sorriso vai durar quando Robert por um chifre em você, e o pior com aquela que você chama de “corvina chata”, uma das diferenças entre você e a Emily é que ela não é uma vagabunda que acha que tem alguma moral pra falar de alguém. – o sorriso dela se dissipou e o meu apareceu - Se eu fosse você, graças a Merlin não sou, faria igual seu irmão desapareceria e deixaria o povo daqui em paz, ninguém merece acordar e olhar pra essa sua cara de quem deu até não aguentar mais. Então por favor suma e não volte porque você com certeza não é bem vinda. – Não consegui decifrar seu olhar, mas minha raiva não havia sumido, eu queria quebrar a cara dela.

Ela tentou me dar um tapa de volta mas segurei sua mão antes que me acertasse.

- Como eu disse Victória Que Se Ferre O Resto Do Seu Nome, não messa forças comigo.  – disse e soltei sua mão a empurrando para trás. - Quando um burro fala o outro abaixa a orelha.




Legenda: Eu Victória
clothes: Vestes Sly
tks, clumsy@sa!


Julie Wanderwood


“So love me like you do, lo-lo-love me like you do love me like you do, lo-lo-love me like you do touch me like you do, to-to-touch me like you do what are you waiting for?”
Monitora Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 19
Casa:: Sonserina
Time: Harpias de Holyhead

Julie V. Wanderwood

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Victória Summiregis em Sab 28 Fev 2015, 23:24


Pessoa



- Quando um burro fala o outro abaixa a orelha. - Falou para mim, me levantei e coloquei a mão no rosto, podia admitir que a menina tinha uma mão pesada. Lhe soltei um sorriso enquanto me apoiava em uma cadeira. - Pelo jeito minhas provocações tiveram efeito em voce - Falei dando uma gargalhada, ela continuava seria para mim. Olhei minha unha. ela havia quebrado durante a pequena briga. - Me entristece saber que você não tem capacidade para manter uma conversa civilizada - Falei para a menina que nao conseguia expressar sua raiva em palavras apenas em porrada.

- Voce é incapaz de manter uma discussao apenas em palavras, leva tudo para a porrada - Falei negando com a cabeça para ela com um sorriso debochado no rosto, ela se aproximou, mas eu neguei com o braço. -Desculpa, Foi um erro meu - falei para ela que se espantou, apontei a porta para ela que olhou, ela entendeu meu gesto, estava pedindo para que ela se retirasse. A biblioteca inteira estava olhando nos duas. Ela sabia que o mais sensato era sair, ela se virou para ir embora. Me aproximei  da cadeira a qual eu estava sentada antes de tudo comecar. Peguei a cadeira e mirei nas costas de Julie.

Julie caiu no chao no mesmo instante. - Foi um erro meu ter acertado suas costase nao sua cara vadia de meia tigela - Falei para ela que estava caindo no chao. Julie se levantou mas antes que ela pudesse se quer notar, me aproximei puxando seu cabelo e dando um tapa na sua cara. - Pelo tapa que me deu - Falei e deixei que ela se levantasse, ela me olhava seria pronta para atacar. - Quer mesmo continuar isso? Aceita que doi menos garota! - Falei enquanto ela me olhava. Minha varinha estava no chao, perto de mim, mas nao estava afim de duelar com Julie, era perda de tempo.

- Edward nunca gostou de voce, seu irmaozinho esta comigo e sua amiguinha da corvinal tem que superar o ex namoradinho que esta comigo. - Falei em tom alto querendo logo acabar com esssa briga inutil. Peguei meu livro e o coloquei em baixo de meu braço. Olhei para Julie novamente. - Vir aqui me provocar nao vai adiantar nada garota, Robert ira continuar comigo e meu irmao ira continuar ficando com voce apenas por pena - Falei e me preparei para sair, mas ela segurou meu braço com força. Lhe olhei e soltei meu braço dela e revirei os olhos. - Quer continuar essa briga ate levarmos uma suspensao? Ou voce pelo menos, por que eu estava lendo quando voce apareceu! - Falei e a vi ficar um pouco pensativa. - Aceita tudo isso garota e supere! - Falei e esperei que ela falasse algo.


Irritante

Eu - Julie
Fantasma
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 16
Casa::
Time: Canhões de Chudley

Victória Summiregis

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Julie V. Wanderwood em Dom 01 Mar 2015, 00:14

Parte Civilizada.. ou quase isso




- Aceita tudo isso garota e supere! -  ela disse enquanto eu ainda senti uma pequena dor nas costas, aquela vagabunda me pegou em cheio.

- Tem razão – eu disse e ela sorriu, abaixei para pegar sua varinha – sou explosiva e prefiro sair na porrada do que brigar verbalmente, algumas pessoas não podem ser concertadas, mas esta errada sobre eu ainda sentir algo por seu irmão além de um carinho de amiga. – ele tentou falar algo, eu levantei a mão, muita gente estava ali não iria prolongar de mais essa discussão, por hora, lhe estiquei a varinha que era sua, quando ela a pegou – Estupefaça – foi lançada para trás e atingiu uma das estantes com livros, alguns caíram. Andei até ela e tomei sua varinha, sorrindo. – Isso vai estar com Robert, pegue com ele – disse lhe mostrando a varinha -, e mais uma coisa, não ache que isso acabou aqui Victória. – me levantei, vi raiva em seu olhar, creio que não pelo que eu disse – considere isso um aviso, da próxima vez, terá uma maca na ala hospitalar com seu nome. – ela levantou com dificuldade – Acredite em mim, eu não deixarei que se sinta bem nessa escola. Pode ser que o que eu diga não te afete, mas o que eu vou fazer pode ter certeza que vai afetar, e vai ser doloroso e com certeza bem menos civilizado do que essa parte da nossa pequena confraternização.

Me virei e andei pela biblioteca enquanto olhavam pra mim, não liguei cheguei na porta da biblioteca e vi Robert no corredor.

- Maninha – antes que ele continuasse um coloquei a varinha de Victória em seu peito.

- Sugiro que cuide da sua namorada Robert – ele me olhou em reprovação – Ela teve um pequeno acidente – sorri sarcasticamente – vejo você mais tarde.

Dei um beijo em seu rosto e andei para fora dali, antes que ele decidisse vir me dar um sermão depois que visse e ouvisse Victória, sorri e voltei a caminhar.
EuVictóriaRobert




Julie Wanderwood


“So love me like you do, lo-lo-love me like you do love me like you do, lo-lo-love me like you do touch me like you do, to-to-touch me like you do what are you waiting for?”
Monitora Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 19
Casa:: Sonserina
Time: Harpias de Holyhead

Julie V. Wanderwood

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Victória Summiregis em Ter 03 Mar 2015, 13:24


Pessoa



Me levantei e olhei ao redor e todos me olhavam, alguns espantados outros ate riam, soltei um sorriso para aqueles que riam e para o resto ali presente. Robert entrou meio apressado na biblioteca olhei para ele ate que ele ficou bem proximo de mim. - O que houve? - Perguntou com sua voz grossa e sexy. Lhe dei um sorrisinho provocante e peguei minha varinha que estava em sua mão. - Primeira briga com cunhadinha! - Falei mas ele segurou fortemente em meu braço com um olhar para que eu lhe explicasse exatamente o que havia acontecido.

Respirei fundo  lhe expliquei exatamente o que havia acontecido, pela primeira vez eu estava na minha, o que era raro, lhe expliquei enquanto ele me olhava duvidoso. Contei o que dissera a Julie e o que ela dissera a mim, pelo menos as partes das quais eu me lembrava. Ele ficou um minuto em silencio pensando se acreditaria ou nao, me aproximei colocando a mao em seu peito. - Estou falando a verdade - Falei e o vi relaxar, ele sabia quando eu dizia a verdade. Ele descruzou os braços. - Esta bem? - Perguntou, mas em sua voz demonstrava frieza, afirmei com a cabeça para ele enquanto pegava o lviro que estava lendo antes de Julie vir me atrapalhar.

- Nao quero que fique com raiva de Julie! - Falou novamente pegando em meu braço, mas dessa vez de um jeito delicado, lhe olhei dos pés ate em cima onde nossos olhares se encontraram, lhe dei um sorriso. - Raiva? Claro que nao! Sinto que eu e cunhadia de mentira vamos nos dar muito bem futuramente! - Falei sorrindo para ele, me admirava a coragem de Julie em me provocar e aquilo faria nossos encontros mais intensos do que o normal. Me aproximei de Robert e lhe puxei para um beijo lento e delicado, um beijo de despedida ja que iria voltar a achar  algum lugar silencioso para ler. - Ate mais tarde amor! - Falei passando minha mao em seu peito e passando por ele andando em direção ate a porta. Olhei para os lados, alguns alunos ainda me encaravam, apontei rapidamente para eles que se assustaram, dei uma gargalhada e sai da biblioteca deixando os trouxas e Robert lá.

Irritante

Eu - Julie - Robert
Fantasma
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 16
Casa::
Time: Canhões de Chudley

Victória Summiregis

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Jynx L. Valchard em Dom 08 Mar 2015, 01:24

It's a rebirth, and all will fall.

Primeiro treino, habilidade.

O ar gélido da noite adentrou em meus pulmões, dando-me a sensação de congelamento instantâneo. Estranhei o fato das janelas estarem abertas aquele horário, mas pouco me importava, todos já estavam em suas camas, e eu, por pura manha, havia me esgueirado corredor por corredor, embrenhando-me entre as divisas do castelo, sendo pega aqui e acolá por algum quadro falante, e com o coração na mão, rezando para não dar de cara com o Pirraça.

Foi então que as portas da Biblioteca se abriram a minha frente, parecendo com um Oásis, respirei ruidosamente. Havia dias, desde que cheguei ao castelo, que isso vinha acontecendo. Sonhos estranhos e repetitivos, onde minhas formas se tornavam monstruosas, estranhas, com aspectos animalescos e diferenciados. Acordava empapada de suor, sempre olhando para o espelho, em busca de saber se algo havia mudado. Mas nada ocorria. Esta noite, porém, não aguentei ao levantar de mais um sonho conturbado, e caminhei sem rumo pelo castelo. Tudo estava normal, mórbido. A biblioteca repleta de livros do chão ao teto, nada de novo.

Vaguei por entre as mesas dispostas ali, caminhando sem ter uma trajetória exata.

E foi com espanto que me vi diante de uma janela, tão grande que pegava boa parte da parede, bonita, coberta por vitral de tons alaranjados. Sorri para minha cópia no vidro, estava com olheiras. Não dormia a dias. Gelei ao ouvir um barulho  a poucos metros de distância. Um arrepio cruzou meu corpo, e se fosse Pirraça? Seira um problema. Mas não era.

Era apenas um livro que estava na ponta da mesa, após tanto tempo, caiu sobre o banco. O som repercutiu por toda a ala, fazendo-me sobressaltar e arregalar os olhos. Se fosse pega, iria direto para a detenção. Meu olhar cruzou-se novamente contra o vidro, e um grito estrangulado se formou em minha garganta, sendo estagnado pelo pavor que me apossou.

A raiz de meus cabelos havia se tornado azul, em um tom de azul tão claro, que beirava o ciano, ondulando até metade de meu ombro, deixando o resto da cor em seu loiro comum. Sufoquei um segundo grito, fechei os olhos, contei até dez.

Ao reabri-los, minhas madeixas haviam voltado ao normal. De medo, corri em retorno ao dormitório, o coração a retumbar dentro do coração.

Monitora Grifinoria
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Grifinoria
Time: Canhões de Chudley

Jynx L. Valchard

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Alicia De Ville em Ter 24 Mar 2015, 13:38

____________________________________________________________________________
Alicia

Leituras...

Minhas aulas estavam extremamente tranquilas, nada com o qual eu precissasse realmente me preocupar, Então resolvi ir até a biblioteca ler algo, andei por entre as prateleiras a procura de algo que me interessasse, até que encontrei um livro "Estudos Avançados no Preparo de Poções", o peguei na hora, eu realmente era encantada por poções, achava-as magnificas e eficientes, quer dizer, elas poderiam curar ou matar, tudo dependeria de como você a fizesse.
Me sentei em uma mesa colocando o livro sobre ela e começando minha leitura... "Se saber conjurar um feitiço é uma arte então, logicamente, o preparo de poções é também uma arte[...]" continuei lendo aquele trecho até que percebi uma coisa interessante no texto, com o qual eu concordava plenamente, poções eram algo importante em nossa sociedade, caso contrário, teriam tido o mesmo fim que todos os outros itens inuteis, e teriam sido descartados.
"[...]Como toda causa tem sua consequência esta constante evolução da poção tornou-se fatal para alguns bruxos.[...]", esta ai outra coisa que eu era apaixonada, história, quer dizer, pensar em todos esses bruxos que não passavam de meros desconhecidos, ou pessoas sem qualquer tipo de influência a pessoas importantes e lembradas por gerações, como Gregory Smarmy, um bruxo normal que jamais seria esquecido após criar o Unguento Grasiento(que eu não sabia ao certo para que servia, ms esperava descobrir logo).
Estava totalmente absorta em minha leitura, o livro contava agora que havviam casos de bruxas salvas por poções de serm queimadas vivas, seria bem legal descobrir mais sobre essas poções...
- Talvez titia me de uma autorização para ver livros de poções da área reservada...
Comentei comigo mesma olhando em direção a essa área, que devia ter livros excepcionais sobre poções, inclusive eesas sobre as quais o livro falava, que haviam salvado tantas vidas.
"Poção é um liquido precioso de cheiro, gosto e coloração variados" eu já havia ouvido isso em algum lugar, mas não me lembrava ao certo onde. Cheguei a parte de principios básicos das poções e comecei a prestar ainda mais atenção,  Tisana, Infusão, Cozinhar( que eu conhecia antes por chá de ervas), Suco de Ervas e Pastas, os principios das poções, isso eu conhecia bem, apesar de vez ou outra confundi-las, mas eu estava melhorando nisso a cada dia, o que era otimo.
Tipos de poções, a professora já havia falado sobre isso eu tinha certeza... Ah sim, me lembrava, tinha sido no segundo ano, ela explicava as funções ed cada poção, e nos falou sobre suas classificações, ainda me lembrava bem disso.
"A Terceira Lei de Golpallot:
A Terceira Lei de Golpallot concretiza que o antídoto para uma mistura venenosa será maior que do que a soma dos antídotos para cada um de sesu elementos[...]"


Ela está vestidaASSIM
CODED BY: IG de SA


Toda mulher tem um pouco....
De puta, de criança, de maluca.
Toda mulher tem um pouco de tudo
Numa única noite eu fui um pouco tudo, eu quis um pouco de tudo.
Alicia De
Ville


Legenda:

Minhas falas
"Pensamentos/leituras"
Ações
Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 15
Casa:: Sonserina
Time: Vespas de Winbourne

Alicia De Ville

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Alicia De Ville em Qua 25 Mar 2015, 14:11

____________________________________________________________________________
Alicia

Leituras...

Uma coisa interessante sobre minhas leituras era que eu me distraia com facilidade ali, perdida entre livros e leituras, principalmente quando era algo que me interessava como poções e Herbologia.
Eu queria ser alquimista, havia chegado a essa conclusão ainda em meu primeiro ano, quando vim a biblioteca ler e li um livro sobre poções por falta de opção, deste então eu tinha me tornado meio nerd com essas coisas...
"Revelecanto de Scarpin", não me lembrava de ja ter ouvido esse termo, mas minha curiosidade aumentou e me afundei ainda mais no texto a minha frente, algumas linhas a frente entendi finalmente o q era esse Reveclanto, e decidi eu precisava aprender esse feitiço.
Basicamente, ele era responsavel por descobrir ingredientes de uma poção, o que facilitaria em casos de envenenamento, ou para prosseguir com uma poção que você não sabe ao certo o que tem dentro, isso era absurdamente legal, eu queria muito aprender esse feitiço.
a parte sobre as luas e seus efeitos em poções se tornou fascinante, quer dizer, eu nunca iria imaginar que isso de fato tivesse algo a ver,  "[...]Já que as poções tem seu efeito maximizado em noites de lua cheia[...~]", isso me fazia ter ideias, quer dizer, poções são poderosas por si só, mas imagine o seu efeito em noites de lua cheia, provavelmente isso também tinha a ver com horcrux, por que eu tinha sérias ideias de que ela envolvia poções também.. não que eu pensasse em fazer algo do tipo, mas eu tinha curiosidade em feitiços e coisas das trevas pelo seu poder oculto, as pessoas tinham medo de falar delas, o que me fazia me pergunta se o medo era por serem mais poderosas ou desconhecidas.
A parte que falava sobre as luas e seu vários efeitos sobre poções determinadas me foi fascinante, já que nunca tinha ouvido falar disso, nem mesmo nas aulas de poções. O mais interessante era perceber que poderíamos potencializar poções e venenos na mesma proporção apenas usando a lua, então me perguntei por que raios, a maior parte dos alquimistas tenta realmente mudar a poção para torná-la mais forte ao invés de apenas utilizar-se das fases da lua.
O livro chegou a parte do preparo de feitiços, e isso me fez ainda mais interessada nele, a maior parte das poções ali eu ainda não tinha ouvido falar nas aulas, mas, mesmo assim eu realmente me senti tentada a tentar fazê-las, afinal so se aprende de fato com a prática.
Deixei o livro sobre a mesa e fui até as prateleiras pegando mais um, "Opusculo das Poções", eu lia na capa, ele me pareceu tão interessante quando o primeiro,
voltei a minha mesa e me sente, avbrindo o livro, o primeiro capitulo falava sobre infusão, tisana, maceração, decocção, sucos, etc... isso era importante de se saber diferenciar aplicar e fazer, afinal, eram parte essencial de todos os tipos de poção, sempre se usa ao menos um deles nos preparos, quando não mais de um.
"[...]Infusão[...]" ainda me lembrava bem dessa, era o mais simples, apenas se jogava água fervente sobre os ingredientes, estava indo ao próximo quando olhei a hora, teria aula em alguns minutos
- Droga...
Falei me levantando juntando ambos os livros nos braços e indo até a bibliotecária, pegando ambos emprestados e partindo para a aula que seria em exatos 12 minutos.


Ela está vestidaASSIM
CODED BY: IG de SA


Toda mulher tem um pouco....
De puta, de criança, de maluca.
Toda mulher tem um pouco de tudo
Numa única noite eu fui um pouco tudo, eu quis um pouco de tudo.
Alicia De
Ville


Legenda:

Minhas falas
"Pensamentos/leituras"
Ações
Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 15
Casa:: Sonserina
Time: Vespas de Winbourne

Alicia De Ville

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Isabelle P. Dolohov em Sex 27 Mar 2015, 15:58

Biblioteca


Narraçao - Eu - Julie

Andando pelos corredores do colégio, ouvindo alunos gritarem outros cantando e o pouco vento que batia em mim, sempre vou amar Hogwarts não tem casa melhor,  parei na entrada da biblioteca e a entrei, fechando a porta pude ver quem ministrava a seção de la, era uma velha que parecia não ser legal. De longe pude ver Julie uma loira da sonserina que conhecia pouco. Me aproximei dela em passos longos porém não exagerados e a chamei.

- Juliee - Falei em tom que não fosse alto devido a distância entre nós, lhe cumprimentei com beijinho e abraço e logo Julie inicia o diálogo entre nós.- Oi Isa o que te traz  aos empoeirados? - Falou em tom divertido, rimos um pouco, afirmei que precisava ler um pouco e me deixar levar pela bela tarde que Hogwarts estava oferecendo. - O que está lendo? Ou procurando? - Pergunto com dúvida no rosto, ela me mostra o livro e me mostra mais alguns.






ISABELLE P. DOLOHOV
Fantasma
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 18
Casa:: Corvinal
Time:

Isabelle P. Dolohov

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Julie V. Wanderwood em Sex 27 Mar 2015, 19:05

Pesquisa



Depois de ter ganhado de Robert nos jardins,  e meus dentes terem voltado ao normal nos minutos seguintes após o termino de nosso duelo. Resolvi ir na biblioteca sem passar na comunal para trocar de roupa, estava querendo pesquisar sobre o porque de eu controlar a agua. Passei na primeira estante e nenhum dos títulos era sobre o que eu procurava. – Juliee – ouvi alguém me chamar, me virei e vi Isabelle andando e minha direção, fazia poucas semanas que Isa e eu conversamos numa roda de amigos, sorri e nos cumprimentamos com um abraço e dois beijos nas bochechas - Oi Isa o que te traz aos empoeirados? – perguntei divertidamente e ela respondeu alegando precisar ler e aproveitar a tarde maravilhosa que Hogwarts estava nos propondo. Ela me perguntou o que eu estava lendo ou procurando. Andei ao seu lado para o outro lado da estante.

- Vou lhe contar.. tive um desentendimento com uma corvina – ela me interrompeu perguntando se a corvina em questão era Emily – não – sorri – Emily é minha amiga. Continuando, duelamos e num acesso de raiva desejei que um jato de agua atingisse ela e aconteceu quase que de imediato. E hoje quando estava treinando com meu irmão tive uma ideia, para ganhar dele eu fazer com que um fio de agua molha-lo para tirar uma concentração e aconteceu também – ela me olhou um pouco assustada, e claro que ficaria não era comum aparecer alguém com uma anormalidade dessas. – E estou procurando um livro – disse passando o dedo sobre um titulo interessante, peguei o mesmo e coloquei na mesinha – que me dê uma luz sobre o assunto. – eu sorri e me sentei na cadeira convidando Isa para sentar e me fazer companhia.

Roupa:
EuIsabelle




Julie Wanderwood


“So love me like you do, lo-lo-love me like you do love me like you do, lo-lo-love me like you do touch me like you do, to-to-touch me like you do what are you waiting for?”
Monitora Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 19
Casa:: Sonserina
Time: Harpias de Holyhead

Julie V. Wanderwood

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Isabelle P. Dolohov em Seg 30 Mar 2015, 11:40

Uma Luz?


Narraçao - Eu - Julie

Pelo que Julie havia me contado estava assustada e talvez queria uma solução urgente, pus a mão na cabeça e com dores me veio a mente uma lembrança, me afastei de Julie e lhe passei meu notebook para ela procurar sobre o que estava acontecendo com ela. Peguei um livro e disse.

- Preciso ter certeza antes de contar a verdade a ti Julie - Falei em tom sério e convincente, ela ficou apreensiva porém assustada.-Isso é grave Isa? - Perguntou ela sem sorriso algum no rosto - Julie esta tude bem querida, não é grave - Falo em tom alegre que lhe passe confiança.

Deixei Julie lendo e me afastei para ler o tal livro e associa-lo a minha lembrança, folheei até chegar ao que ela havia me dito e liguei os pontos. Julie era especial e não sabia, pelo menos até agora e hoje. Voltei a mesa e mostrei o livro a ela, com as mãos na boca Julie não acreditava no que o livro mostrava, resolvi dizer minha lembrança.

- Lembra da Angelike? Irmã da Marie que sumiu faz anos? - Falei sorrindo, ela ainda séria balançou a cabeça positivamente.-O que Angelike tem haver comigo? - Perguntou dando de ombros - Não é o que ela tem haver e sim o que ela possuía! - Falei e Julie estava trêmula. - No acampamento de verão pude ver ela e mais algum aluno que sumiu também e até hoje não sei quem é! Bem ela fazia muito bem algo que esta acontecendo contigo! Não gosto de amolar Julie, mas você é elementista! Você tem um dom e ele esta se manifestando para lhe proteger! . -Não sei se Julie esta em si ou havia sumido do corpo, a abracei por estar chorando e tremendo. - Esta habilidade é uma das mais poderosas porém a mais rara, a pessoa que dispõe desta possui o grandioso poder de manipular os quatro elementos da natureza que é fogo, água, terra e ar, no entanto muitos dos casos de bruxos que possuíram este poder morreram com o próprio uso dele. O uso excessivo deste pode ocasionar a liberdade de uma das feras presas dentro da habilidade que no caso do fogo é a fênix, no da água é um sereiano, no da terra é gigante de pedra e do ar uma quimera, quando isto acontece, o bruxo é tomado pelo espirito da fera liberta e dificilmente é solto deste aprisionamento!. -Abracei Julie novamente por estar em choque e esperei dizer algo.






ISABELLE P. DOLOHOV
Fantasma
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 18
Casa:: Corvinal
Time:

Isabelle P. Dolohov

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum