Postadores do Mês
Lufa-lufa
000
Grifinória
000
Corvinal
000
Sonserina
000
Últimos assuntos
» Registro do Espelho do Destino
Qua 19 Abr 2017, 12:11 por Petra Kim DiNozzo

» Produtos
Ter 28 Mar 2017, 21:13 por Petra Kim DiNozzo

» Interior da Floresta Negra
Qui 16 Mar 2017, 23:00 por Circe, o Basilisco

» Cela 32
Qui 16 Mar 2017, 22:40 por Robert S. Winchester

» Entrada de Azkaban
Qui 16 Mar 2017, 22:40 por Circe, o Basilisco

» Escritório
Qui 16 Mar 2017, 14:41 por Emily R. Watsgrint

» Campo de Quadribol
Seg 13 Mar 2017, 16:18 por Isabella F. Highmore

» Corredores do Quinto Andar
Dom 12 Mar 2017, 22:27 por Emily R. Watsgrint

» Pedidos do RPG
Dom 12 Mar 2017, 21:28 por James C. Armstrong

Conectar-se

Esqueci minha senha

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 42 em Ter 17 Jun 2014, 19:05
Parceiros 2/44

Sala de Troféus

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sala de Troféus

Mensagem por Alexia R. Watsgrint em Seg 05 Mar 2012, 13:25


Sala de Troféus


A Sala de Troféus é localizada no terceiro andar do castelo, é uma sala grande e retangular, cujas paredes e piso são todos em madeira, cedro provavelmente. Existe ali dezenas de estantes com prateleiras de cristal, onde estão as mais variáveis taças, escudos, pratos e estatuetas. As poucas paredes livres estampa os retratos de grandes campeões do passado da escola, alguns bem simpáticos, outros nem tanto assim.

w w w . a c c i o h o g w a r t s . f o r u m e i r o s . c o m . p t



Última edição por Alexia M. Watsgrint em Qui 15 Maio 2014, 20:31, editado 1 vez(es)
Hogwarts Direção
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 78
Casa:: Corvinal
Time: Canhões de Chudley

Alexia R. Watsgrint
http://acciohogwarts.forumeiros.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por Robert S. Winchester em Sab 25 Jan 2014, 06:09

Caminhei por entre os muitos troféus impressionado com a quantidade de coisas ali, parei em frente a uma seção de troféus escrita "Quadribol", caminhei por entre eles impressionado, eram belíssimos, lembrei que alguns garotos haviam me falado sobre um campo desse esporte em Hogwarts, devia dar uma olhada nele depois.



ɸ Slytherin ɸ

Robert S. Winchester
Monitor Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 26
Casa:: Sonserina
Time: Morcegos de Ballycaste

Robert S. Winchester

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por Milena M. Ackles em Qui 27 Fev 2014, 10:31

Entrei na sala dos Troféus por curiosidade, me impressionei com a quantidade de vitórias de Hogwarts, todos eram belos, grandes e formosos, brilhavam mesmo na escuridão. Havia uma prateleira imensa escrita "QUADRIBOL", nesses troféus estavam escritas o nome dos times vencedores e o nome de um jogador, fascinada fiquei na sala por um bom tempo, perdi a noção de hora e quando me dei conta estava na hora de começar as aulas, sai rapidamente buscar meus materiais e fui correndo para a aula...


Milena Missae Ackles

 
"Um Choro Fraco Mostra Um Momento de Dor"
♥️ Ou Muitas Vezes a Esperança de Um Grande Amor... ♥️
Grifinória
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 20
Casa:: Grifinoria
Time: Harpias de Holyhead

Milena M. Ackles

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por Robert S. Winchester em Qua 16 Abr 2014, 10:02

Lenvando-os Para Comunal
Entrei em total silencio e me deparei com dois alunos conversando e rindo dentro da sala, os encarei, eles ainda não haviam notado minha presença, me apoiei em uma prateleira.
- O que fazem aqui até agora?
Os dois garotos levaram um grande susto, um deles até caiu no chão, segurei o riso, ao notarem que se tratava de um monitor um deles se apressou em responder.
- Estávamos admirando os troféus, depois de um passeio noturno para relaxar!
- Sei... – não me importava muito se falavam a verdade ou não, simplesmente não me interessava, os encarei – Bem, eu sei que os dias estão corridos devido as primeiras aulas, sei que o tédio é enorme agora que não podemos mais deixar os arredores da escola, mas precisamos seguir as regras, então, como não estavam bagunçando nem nada do gênero, vou apenas levá-los até a comunal, ok?
Eles concordaram com aquilo, não que tivessem muita escolha na verdade, voltei a conjurar o feitiço lumus, depois apontei para que passassem a minha frente, subimos até o quinto andar, onde os deixei na entrada de sua casa e aguardei até que entrassem, não tinha encontrado com Emily durante todo o percurso, que fizera lentamente na esperança de vê-la, respirei fundo e decidi voltar a minha comunal, desci todo o caminho verificando os quartos e salas, quando cheguei ao térreo, decidi olhar dentro do salão principal, o salão estava vazio, caminhei até uma mesa e me sentei, fiquei ali em silencio por alguns minutos.


Narração ɸ ɸ ɸ Robert ɸ ɸ ɸ Outro Aluno




ɸ Slytherin ɸ

Robert S. Winchester
Monitor Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 26
Casa:: Sonserina
Time: Morcegos de Ballycaste

Robert S. Winchester

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por Milena M. Ackles em Sex 18 Abr 2014, 15:06

Entro na sala dos troféus, nunca havia entrado ali antes, vi as conquistas de Hogwarts desde que foi fundada, eram muitos, a maioria dourada, vejo algo brilhando no canto da sala, me aproximo por curiosidade, estava um ovo dourado:
- Puxa! Pensei que Robert tivesse pego todos!
Toquei no ovo e uma voz diz:
- Estamos dispostos a vidas salvar, esse e nossa casa nosso lugar, cuidaremos de quem precisar, estamos prontos para te ajudar!

- St Mungus - Digo com clareza e certeza " Fácil!", seguro o ovo, guardo-o em minha bolça cuidadosamente e me dirijo até o salão comunal, pois ainda precisava pegar meu material para a próxima aula...

Narração
Minhas Falas
Voz do Ovo Dourado


Milena Missae Ackles

 
"Um Choro Fraco Mostra Um Momento de Dor"
♥️ Ou Muitas Vezes a Esperança de Um Grande Amor... ♥️
Grifinória
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 20
Casa:: Grifinoria
Time: Harpias de Holyhead

Milena M. Ackles

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por James C. Armstrong em Ter 06 Jan 2015, 12:47



Paz



 Após usar o pó de Flu para surgir numa pequena vila perto de Hogwarts, decidi ir andando o resto do caminho, talvez poderia ser de grande ajuda para minha cabeça, estava um tanto pensativo naquela noite. Após informar Jack do surgimento de Robert la no jardim, decidi sair de lá, não queria me envolver na briga daqueles dois. A festa já tinha terminado para mim, sabia Emily agora só iria dar atenção para seu amado não correspondido. Nao estava com sono, decidi ir pegar um pouco de cultura sobre o passado dos alunos de Hogwarts.

Entrei na sala de troféus, gostava de olhar o nome dos alunos que tinha troféus ali, me inclinei para ficar perto do vidro e olhei atentamente cada nome ali escrito, vários nomes desconhecidos e suas honras. Me sentei ali e fiquei um tempo observando o local, aquilo me acalmava de um jeito muito bom.

James Marie NicklausRobertEmilyMilenaJackPensamento

thanks juuub's @ cp!  





James Crawford Monreal Armstrong
People who make us happy, are never the people who we expect...
Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 14
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

James C. Armstrong

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por Nathalie H. Monreal em Ter 06 Jan 2015, 13:10







- Serio Corvinal? - Falei olhando James que estava sentado com as costas no vidro da pratilheira de Troféus, ele se levantou rapidamente, sua expressão não era das melhores. Soltei um sorriso adorável. A escola estava um tanto vazia devido a festa na casa de Sutton a repórter, não sabia onde era sua casa por tal motivo não pode ficar de olho no menino prodígio do Lorde, decidiu esperar sua volta para ver se descobria se algo de interessante havia acontecido. - Nao vai nem me dar um beijo? - Perguntei ironicamente com um sorriso no rosto, o corvino nao demonstrava nenhuma emoção.

- O que você quer? - Perguntou num tom forte e grosso, fiquei um tanto orgulhosa, ele parecia ate um comensal falando, mas era dificil de acreditar que um dia se tornaria igual a mim, James era um tanto frouxo. - Isso é jeito de tratar sua mae? - Perguntei e logo lhe atingi no ponto fraco, ele sabia que por mais que odiasse meu trabalho, ainda sentia falta de mim. Por outro lado, eu não sentia nada em relação a ele, talvez uma pequena ponta de saudades de ter um filho, mas nada que pudesse sobrepor minha lealdade com o Lorde.





Nathalie Bar-manPensamentoLorde das Trevas James


Transformaçao




♛ Nathalie Hathaway Monreal ♛
♛ I'm going to burn your soul  ♛
Comensal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 41
Casa:: Lufa-lufa
Time: Harpias de Holyhead

Nathalie H. Monreal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por James C. Armstrong em Ter 06 Jan 2015, 13:33



Inferno



- Isso é jeito de tratar sua mae? - Falou, senti um aperto no coração, sentia sua falta, viver apenas com o pai era um tanto difícil devido as circunstancias em que ela havia o deixado. Guardei a varinha quando percebi que ela não estava ali para duelar nem tentar me afetar fisicamente, alias nunca havia feito tal coisa, mas como poderia eu confiar em alguém que trabalhava para o Lorde das Trevas. - Voce não é minha mãe a décadas! - Falei com ódio na voz, Nathalie riu, essa sua risada me irritava, pois sempre a fazia quando já falava de  algo serio.

- Que arrogância ein! - Falou e logo me aproximei dela, ela tinha a mesma expressao do que a dez ano atras, sempre leal a seu mestre, trocou sua própria família por vingança e ódio. - Voce nao merece ser amada! - Falei com muita raiva nos olhos, ja bem proximo a ela, ela continuava sorrindo e logo se afastou de mim, um pouco apenas, olhou os nomes na pratilheira e em seguida voltou seu olhar para mim. - Voce esta a cara de seu pai, mas puxou meu cabelo! - Falou e logo uma raiva enorme subiu em minha cabeça, falar de meu pai assim tao facilmente, peguei em seu braço com força e logo voltie a falar só que num tom mais alto e grosso com ela. - Voce nao tem sentimentos! Voce deixou ele aleijado! Nunca mais fale nele! - Falei e esperei ela falar algo

James Marie NicklausRobertEmilyMilenaJackPensamentoNathalie

thanks juuub's @ cp!  





James Crawford Monreal Armstrong
People who make us happy, are never the people who we expect...
Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 14
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

James C. Armstrong

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por Nathalie H. Monreal em Ter 06 Jan 2015, 14:01







- Voce nao tem sentimentos! Voce deixou ele aleijado! Nunca mais fale nele! - Falou, aquilo me relembrou os momentos em que eu era casada com aquele saco de lixo, graças a Alexia, tive que me casar com alguém que não amava. Tudo que eu queria, Alexia havia roubado de mim, o homem que eu amava, tudo. Olhei James que estava super nervoso, lhe dei um sorriso maléfico. - Esse homem, destruiu meu coração - Menti - E eu destrui suas pernas, Justo! - Falei rindo e vi James ficar bravo mais do que antes. Ele me deu uma ultima olhada com odio e se direcionou para a porta, me virei e o vi saindo, fiz um gesto com a varinha e a porta se fechou impedindo-o sua passagem. Caminhei lentamente ate ele, que voltara ja a me olhar, com um pedido de libertação nos olhos.

Apesar de sempre estar ao lado do Lorde, não queria que meu filho me odiasse, bem, pelo menos não tanto, estava um pouco mais seria do que o costume, agora estava decidida a iniciar uma conversa seria com ele. - Eu tinha sentimentos - Falei e ele continuava a me olhar, era algo que jamais tinha dito a ele - Mas destruiram eles! - James nao pareceu tao convencido assim, eu sabia pelo o que ele passava, apesar de estar olhando Robert nunca deixava de olha-lo quando dava. - Você sabe como é perder o amor da sua vida nao? - Perguntei e o vi ficar mexido, sabia que havia tocado num ponto fraco, me aproximei de seu rosto e lhe dei um beijo na bochecha, meu batom ficou marcado em seu rosto. - Vinganca foi a unica coisa que nao tirada de mim, tudo que eu amava a vida tirou! - Falei e logo o vi ficar um pouco vacilante, eu sabia que aquilo mexeria com ele, ainda mais com ele passando por uma desilusão amorosa.

- No fundo voce sabe que essa rejeiçao que sofreu la pela sua ex, esta te consumindo, fazendo de voce uma pessoa fria! - Senti que ele estava concordando por dentro sobre o que eu estava falando, aquilo me fez um tanto feliz, pela primeira vez me sentia compreendia pelo meu unico filho. Me aproximei de seu rosto e pus minhas duas maos nele, lhe dei um sorriso, agora era um sorriso sincero, um sorriso de real saudade dele. - O mal nao nasce, o mal se cria James! - Falei e ele continuavam me olhando agora com um olhar diferente, nao sabia o que era de verdade, apenas decido continuar. - O que voce esta sofrendo agora, esta criando um mal em voce, assim como criou em mim - Falei e logo ele tentou se pronunciar, mas eu tampei sua boca por uns minutos. - O mal quando chega, nao tem como impedir - Falei e esperei ele responder





Nathalie Bar-manPensamentoLorde das Trevas James


Transformaçao




♛ Nathalie Hathaway Monreal ♛
♛ I'm going to burn your soul  ♛
Comensal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 41
Casa:: Lufa-lufa
Time: Harpias de Holyhead

Nathalie H. Monreal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por James C. Armstrong em Ter 06 Jan 2015, 14:44



Meio termo



Tudo que ela falava, por mais que eu odiasse seu jeito de falar, aquilo fazia sentido. Meu pai a traia quase todos os dias, eu sabia e nao podia fazer nada, apesar de nao aceitar que ela tenha tirado o poder de andar de meu pai, eu nao conseguia ficar contra ela por completo, antigamente nao entendia por que ela fizera isso, mas agora, que fui rejeitado por Marie. O ódio por Nicklaus cresce a cada dia mais, minha vontade de mata-lo esta sempre um pouco maior que antes. Penso se nao foi isso que consumiu minha própria mãe ate o fim, ficou cega por vingança, fechou seu coração, perdeu seus sentimentos. E se eu estivesse ficando assim, o que iria fazer?

- O mal nao nasce, o mal se cria James! - Falou e notei que após ser rejeitado, meu temperamento havia mudado, eu estava frio e sempre com vontade de matar Nicklaus, o que ela falara agora havia me feito concordar com tudo que tinha dito antes, tudo que ela dizia parecia verdade, o odio consumia as pessoas ate elas ficarem cegas, isso acontecera com minha mae e estava acontecendo comigo. - O mal quando chega, nao tem como impedir - Falou e ela estava certa, mesmo eu afastada de Marie, eu nao conseguia parar de odiar Nicklaus, suas implicancias, suas idiotices tudo nele me irritava. - O que faço? - Nesse momento eu ja nao sentia raiva de Nathalie queria apenas que minha mae explicasse como vencer aquela minha parte sombria. Eu passei anos odiando-a, mas agora eu sabia como ela se transformara numa pessoa cruel e sem amor, eu a entendia e o mais importante, voltara a ama-la. Apenas nao queria acabar do jeito que ela acabou. Abracei ela, senti que ela ficou feliz assim como eu, esperei que ela me respondesse o que fazer.

James Marie NicklausRobertEmilyMilenaJackPensamentoNathalie

thanks juuub's @ cp!  





James Crawford Monreal Armstrong
People who make us happy, are never the people who we expect...
Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 14
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

James C. Armstrong

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por Nathalie H. Monreal em Ter 06 Jan 2015, 19:49







- O que eu faço? - Senti algo em meu coração, talvez aquela frase tenha me lembrado do anos onde o mal começou a me dominar, aquele medo de perder a logica e perder tudo que podia sentir, mesmo que fosse a dor. Quando o medo passava era por duas razoes, ou você dominou e manteve sua mente em perfeito estado ou as trevas se apoderaram de seu corpo e tudo que lhe resta era apenas vingança e ódio.  

- Satisfaça sua vontade de vinganca James! - Falei, eu nao era exatamente o melhor exemplo para se perguntar o que fazer, o certo seria se focar em algo ate esquecer a raiva ou qualquer outro sentimento ruim, mas em minha cabeça só se passava coisas obscuras, só conseguida pensar em guia-lo para o lado negro da vida. Ele me olhou um tanto assustado, ele nao esperava que eu dissesse aquilo, ja estava quase na hora do retorno dos outros alunos, eu precisava encerrar conversa. - Só vai ficar em paz quando acabar com o que tanto te pertubas! - Falei e me afastei de seu abraço, dei uma leve balancada em seu cabelo. - Preciso ir! Cuide bem de seu cabelo, ele vem de uma genetica perfeita! - Falei sorrindo e em seguida caminhei ate a porta da sala de Troféus, lhe dei uma ultima olhada, com um sorriso de lado. - Ate mais filho! - Falei e logo voltei a me transformar em corvo e voar saindo dali.





Nathalie Bar-manPensamentoLorde das Trevas James


Transformaçao




♛ Nathalie Hathaway Monreal ♛
♛ I'm going to burn your soul  ♛
Comensal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 41
Casa:: Lufa-lufa
Time: Harpias de Holyhead

Nathalie H. Monreal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por Patrícia Aslan em Qui 08 Jan 2015, 11:50

Sala dos Troféus

A noite estava agradavelmente fresca, o céu límpido pontilhado de estrelas brilhantes e ornamentado pela lua crescente que parecia um sorriso prateado recortado contra o fundo negro. Mas, por alguma razão, eu não consegui ficar nos terrenos como estava habituada, alguma coisa naquela beleza toda me repudiava neste momento. Entrei para o castelo me sentindo meio entorpecida e, sem prestar muita atenção alunos que se dirigiam ao salão principal para jantar, comecei a subir as escadas.

Sem nenhum motivo em mente passei a caminhar pelo terceiro andar e acabei sendo atraída para a sala de troféus. Por alguma estranha razão eu nunca havia entrado ali e me espantei com a quantidade de troféus e fotografias espalhadas, meus olhos percorrendo o nome de tantos que haviam ficado marcados para sempre na história de Hogwarts.

Me perguntei se era possível que meu nome estivesse ali algum dia, mas não achava que acreditava que aquilo pudesse vir a acontecer, nem mesmo frequentar as aulas eu estava fazendo. Resolvi deixar aquela sala, era melhor ir caminhar em outro canto, virei e caminhei na direção da porta, saindo daquela sala.

LEGENDA

Narração
Patrícia Aslan


Fantasma
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 3
Casa:: Grifinoria
Time: Tornados de Tutshill

Patrícia Aslan

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por Julie V. Wanderwood em Qua 25 Fev 2015, 20:10






Family!



Eu recebi uma coruja quando estava saindo da biblioteca, era de Annie, ela me contava que havia adotado uma menina me deu as características, o nome que era Beatriz e éramos da mesma casa com sorte. Ia ser fácil achar ela e assim ajudar ela em Hogwarts como minha tia me pedira na carta. Andei pelo andar da biblioteca mas nem sinal da garota. Lembrei que não todos, mas a maioria dos novatos gostavam de ver os troféus da escola, eu nunca tinha visto pra falar a verdade seria uma boa ir ver pela primeira vez.

Andei pelo corredor repleto de troféus, mais para frente tinha uma garota vindo, batia cm a descrição que Annie me passara. Andei até ela.

- Oi – eu disse parando em sua frente eu sorri – Beatriz não é? – ela assentiu com a cabeça – Sou Julie.. sobrinha de sua mãe, sua prima– disse e dei um abraço meio de surpresa na menina. – Desculpa sou meio entusiasmada, ultimamente tenho descoberto muitos familiares. – sorri e esperei a menina falar algo, não queria assusta-la.

Legenda: Eu Beatriz
clothes: Vestes Sly
tks, clumsy@sa!


Julie Wanderwood


“So love me like you do, lo-lo-love me like you do love me like you do, lo-lo-love me like you do touch me like you do, to-to-touch me like you do what are you waiting for?”
Monitora Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 19
Casa:: Sonserina
Time: Harpias de Holyhead

Julie V. Wanderwood

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por Beatriz C. Wanderwood em Sex 27 Fev 2015, 19:05



Passeio Pelo Castelo
minhas falas falas de Julie

Estava uma noite muito agradável para um passeio pelo castelo. Pensei onde poderia ir, quando me lembrei de minha curiosidade em conhecer os grandes nomes do quadribol. Então resolvi segui até lá... Caminhava lentamente pelo castelo, observando cada quadro, porta, corredor. Até que enfim cheguei à sala.
A noite estava bem fresca, uma leve brisa pairava no ar no momento em que entrei na sala; caminhava lentamente diante das prateleiras de cristais muito nomes estavam gravados em troféus e medalhas.
Enquanto olhava percebi que uma garota se aproximava. Ao chegar até mim, parou em minha frente e disse: – Beatriz não é? – Acenei que sim com a Cabeça – Sou Julie, sobrinha de sua mãe, sua prima– disse ela me dando um abraço. – Desculpa sou meio entusiasmada, ultimamente tenho descoberto muitos familiares.
Sorrio para a garota dizendo – Fico feliz em saber que tenho uma prima por aqui... Da mesma casa que a minha e muito bonita ainda – dou um sorrisinho. -O que faz por aqui?- digo a ela de modo educado esperando que ela me responda continuo olhando os objetos da sala...

© 2014 - blackpool


Beatriz C. Wanderood
Slytherin
thanks to Larissa
Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa::
Time: Morcegos de Ballycaste

Beatriz C. Wanderwood

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por Robert S. Winchester em Sex 27 Mar 2015, 15:41





Visitando um Lugar


Os jantares em Hogwarts eram sempre cheios de alguma coisa, nunca eram simples jantares, eles sempre vinham acompanhados de uma porção de surpresas ou qualquer outra coisa do gênero, claro que aquilo não faziam deles menos deliciosos. Embora eu tenha me empanturrado de comida, mais do que o normal, não consegui saborear nenhum dos alimentos.
Claro que a culpa daquilo eram minhas recentes conversas com Emily, o que ela dissera na cozinha não fora fácil de engolir, mas eu não iria me deixar levar por aquilo, ela havia decidido, para variar, não lutar e desta vez eu não nadaria contra a maré, deixaria tudo fluir como se deve, se Emily decidira aquilo não seria eu que a impediria.
Parei e comecei a me lembrar do que ela havia falado, embora a maioria fosse verdade o que ela esperava que eu fizesse, que eu chegasse na minha namorada e dissesse “Vou ali enfrentar uma rebelião de caçadores de bruxas... Pode ser que eu morra... Mas não fique preocupada...”, ou talvez ela quisesse que eu chegasse na filha da diretora e do Ministro e dissesse “O lorde das trevas está me convocando! Então volto em um ou dois dias...”.
Um grupo de garotas passou por mim, algumas sorriram, sorri de volta, por um lado era fato, claro, não do modo que ela dissera, mas o fato de ser bonito e educado meio que me deixava em situações constrangedoras com relação a outras garotas.
Respirei fundo e encarei a porta a minha frente, cocei a cabeça e resolvi entrar. Fazia tempo desde a última vez que entrara no salão dos troféus, na primeira vez eu me perguntava se teria meu nome em meio as conquistas ali, hoje, dois anos depois, eu tinha quatro troféus com meu nome, dois de melhor duelista e dois de campeão de Quadribol. Entrei e avistei uma garota encarando os troféus da corvinal, sorri e caminhei até ela.
- Procurando o nome de algum conhecido ou imaginando o seu em algum deles? - a menina sobressaltou-se com minha chegada, sorri - Sou Robert... E não precisa se envergonhar, já fiz o mesmo que você antes.
- Isabelle... Por que antes?
Sorri e parei ao lado dela, observando as conquistas da Corvinal.
- Digamos que consegui colocar meu nome onde queria... – olhei para ela e sorri – Isabelle é um nome lindo... Seria interessante vê-lo em algum destes troféus!
Olhei para ela e sorri, ela sorriu e encarou a bancada de troféus, antes de voltar a se pronunciar.


Legenda:

Narração ɸ ɸ ɸ Robert S. Winchester ɸ ɸ ɸ Isabelle P. Dolohov





ɸ Slytherin ɸ

Robert S. Winchester
Monitor Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 26
Casa:: Sonserina
Time: Morcegos de Ballycaste

Robert S. Winchester

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por Isabelle P. Dolohov em Sex 27 Mar 2015, 16:14

Onde quer Chegar?


Narraçao - Eu - Robert

Depois de uma janta maravilhosa poderia ir a comunal, mas decido ir olhar coisas preciosas pelo castelo, assim vindo em minha mente a sala de troféus, caminhando e sentindo uma brisa maravilhosa que o dia me dava fiquei feliz.

Parei para ver os nomes ali postos, fiquei pensando se algum parente meu estava ali ou amigos ou Emily. Não tendo encontrado decidi ficar na minha, me assustei quando vi Robert do qual eu já conhecia mesmo não tendo minha memória de volta devido a história dele com Emily. Após o susto fiquei em dúvida sobre o que ele falava comigo e depois de ouvir algo interessante resumi uma coisa e decidi falar.

- Obrigado pelo elogio! Onde você quer chegar Robert? - Falei em tom duvidoso e desafiador, o mesmo me olhou e sem pensar disse.- Ora, preciso dizer mais? Já não está tudo tão claro? - Falou ele em um tom esclarecedor porém não receptível para mim, assim sorrio e chego no seu ouvido e respondo. - Poderia deixar claro o que tenho que fazer! Ou poderia me falar que planos possui! Será que tem? - Falei já sabendo que os planos de Robert eram dele e nada lhe faria contar, afinal, não o conheço direito.






ISABELLE P. DOLOHOV
Fantasma
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 18
Casa:: Corvinal
Time:

Isabelle P. Dolohov

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por Luck (Fortuna in Ludis) em Qua 24 Ago 2016, 12:01


Novo Recomeço

História

Explicaçao

Olá Convidado,

A quinze anos atrás o mundo bruxo conheceu uma força destrutiva tão grande, tão poderosa e tão cruel quanto o lendário lorde Voldemort. Um novo lorde das trevas surgia, Lord Antony Darligulv, Antony, que outrora fora um estudante em Hogwarts e um dos melhores amigos daqueles que se tornariam Ministro e Diretora de Hogwarts, Albert e Alexia, se desviou dos ensinamentos de Hogwarts, aprofundando-se em uma busca por poder e conhecimento negro, cada vez mais inclinando-se às trevas.
Após se formar Antony decidiu partir em busca dos antigos manuscritos de Lord Voldemort, revivendo o termo Comensais da Morte e mergulhando o mundo em uma nova era de trevas. Antony em sua busca por controle sobre o mundo bruxo desafiou seus antigos amigos, o Ministro da Magia Albert W. McAlister e a Diretora de Hogwarts Alexia R. Watsgrint, embora diversos embates tenham ocorrido, jamais houvera um vencedor.

(...)


Não se sabe o que causou a queda das proteções de Hogwarts, mas é de conhecimento geral o que ocorreu após isso. Com a queda de seus feitiços e rituais de proteção Hogwarts fora atacada pelo temível Lord Antony Darliguv e seus cruéis Comensais da Morte. Após o ataque ao Ministério da Magia Inglês, que levou o bruxo Gerard Guinever, bruxo que fora considerado o Bruxo deste Milênio, a morte.
Antony invadiu Hogwarts, uma invasão que custou caro ao mundo bruxo. Durante a invasão que entrou para os livros de história como o maior massacre do mundo bruxo, Lord Darligulv e seus Comensais findaram com um incontável números de vidas. Alunos, funcionários e professores pereceram pelas mãos do Lorde e seus seguidores. Em um último embate o Ministro da Magia, Albert W. McAlister, caiu perante a varinha do Lorde das Trevas, após a queda de Albert, Antony partiu em busca de sua última grande inimiga, a Diretora de Hogwarts, Alexia R. Watsgrint.
O duelo entre Alexia e Antony causou uma destruição imensa em Hogwarts, bem como a morte de muitos alunos em meio ao processo. Após o fim do duelo o Lord Antony Darligulv caiu perante a varinha de Alexia, com a queda do lorde os Comensais que o acompanhavam foram sendo derrotados rapidamente, não deixando outra alternativa aos que sobreviveram senão fugir de Hogwarts.
Um último Comensal, John B. Smooken, braço direito do Lord Antony Darligulv, confrontou Alexia pela morte de seu mestre, em meio ao duelo, quando a vitória do comensal parecia certeira, uma chama de esperança surgiu, Robert S. Winchester interveio, matando o comensal e salvando a vida de Alexia. Após o ataque Robert simplesmente desaparecera sem deixar qualquer vestígio, ignorando até mesmo os agradecimentos de Alexia ou do mundo bruxo.

(...)

Um ano após o impetuoso ataque, entre reformas e construção de novos meios de proteção, Hogwarts finalmente estava pronta para receber alunos novamente. Agora vinha a parte mais difícil, que era convencer os bruxos de todo o mundo que Hogwarts era um lugar seguro para as crianças de todo lugar. Embora Alexia Robb Watsgrint conseguisse provar que Hogwarts estava novamente apta a abrir as portas e receber alunos, ainda existem aqueles que desconfiam de tal coisa.




Staff
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa::
Time: Nenhum

Luck (Fortuna in Ludis)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por Chad F. Highmore em Dom 25 Dez 2016, 22:50

Friends Talk
Would you let me lead you even when you're blind?
Sai da minha comunal e quase fui cegado pela claridade que o dia fazia. Ergui um olhar tampando o rosto para a janela que estava vindo sol. - Jesus... Cade as nuvens quando se precisa delas - Falei passando pela janela ate que chegasse a uma sombra. Continuei caminhando, passei rapidamente pelo salão principal apenas para ver se meu ilustre pai estava presente no castelo e o mesmo estava, mais sorridente do que o comum, olhei rapidamente para a diretora e pude ver ela sorrindo. Eles definitivamente estavam se pegando pensei dando as costas e andando em direção a saída. Assim que sai ergui um olhar para o lado caminhando pelo corredor em diante indo ate a sala de troféus.

Assim que entrei na sala pude observar as vitrines do local. Ergui um olhar para os nomes presos ao vidro de cada estante de troféus. - Um dia meu nome estará ai - Pensei sorridente enquanto lia atentamente cada um dos nomes sem perceber que havia alguem presente na sala, sentada sobre a quina da unica janela que tinha no local.  

Assim que avistei a pessoa, primeiramente dei meu leve gritinho afeminado de sempre, não era lá uma pessoa preparada para sustos. Assim que a pessoa me olhou devido a meu gritinho agudo, eu me acalmei e soltei um sorriso para a pessoa. - O que faz aqui sozinha(o)? Aperfeiçoando seu lado gótico? - Perguntei para a pessoa que agora se levantava saindo da escuridão e me respondendo.

Eu Belissimo - Narraçao-Marie - Robert - James


Thanks to Evil Queen
Monitor Lufa-Lufa
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Lufa-lufa
Time: Nenhum

Chad F. Highmore

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por Emily R. Watsgrint em Qua 28 Dez 2016, 22:37

Pré-Natal

- O que faz aqui sozinha? Aperfeiçoando seu lado gótico? - Falou e Emily revirou os olhos se levantando saindo da sombra apenas se aproximando de Chad que naquele momento reparou que a mesma não estava bem. - O que faz aqui Chad? - Perguntou com uma voz frouxa e quase sem forças de tao cansada que estava. Chad na mesma fora ficou serio. - Esta tudo bem ? - Perguntou o mesmo para Emily que apenas se virou voltando a se sentar sobre a quina.

- Estou ótima - Falou olhando para o lado de fora no qual estava chovendo e nublado. Chad ficou alguns segundos em silencio e em seguida caminhou ate Emily se sentando na frente da mesma colocando uma de suas mãos na perna da garota para chamar a atenção da mesma e logo em seguida disse algo.


Emily - Edward Outros  - Julie James -
 Alexia - Ben - Jessica - Robert - Vladmir - Chad

Thanks to Evil Queen



Emily Watsgrint
Robb
 
Monitora Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 23
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

Emily R. Watsgrint

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por Chad F. Highmore em Qua 28 Dez 2016, 23:24

Friends Talk
Would you let me lead you even when you're blind?
Reparei que nao era o momento de brincar quando Emily estava cabisbaixa. Suspirei me aproximando da mesma e me sentando a sua frente na janela, nossas pernas se cruzaram naquele pequeno espaco na janela. Coloquei levemente minha mao sobre sua perna fazendo com que a mesma me olhasse seria.

- Essas olheiras aumentarão e eu aposto que não foi por que você quis... - Falei e a mesma soltou um leve sorriso mas não conseguira fazer sorrir, algo que me incomodava. Respirei fundo quando a mesma começou a chorar eu comecei a ficar nervoso. - Ems não chora... Eu sei que anda difícil as coisas para sua família mas... - Falei olhando para o lado de fora da sala de troféu

- Tudo no fim vai dar certo - Falei coçando de leve a cabeça enquanto a mesma passava a manga da capa sobre os olhos para seca-los. - Se quiser... Pode desabafar, eu escuto e não faço piadas... Prometo - Falei erguendo as mãos mostrando que não estava cruzando nenhum d edo, logo ema falou algo.

Eu Belissimo - Narraçao-Marie - Robert - James


Thanks to Evil Queen
Monitor Lufa-Lufa
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Lufa-lufa
Time: Nenhum

Chad F. Highmore

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por Emily R. Watsgrint em Qui 29 Dez 2016, 00:24

Pré-Natal

- Se quiser... Pode desabafar, eu escuto e não faço piadas... Prometo - Emily soltou um leve sorriso ao ver o mesmo tentando nao criar uma piada com o sofrimento alheio, a mesma não acreditava que ele iria conseguir, mas ao mesmo tempo ela confiava nele como confiava em poucos. - Meus familiares estao morrendo.... E tudo por culpa de Robert - Falou olhando para baixo, a raiva estava a subir sua cabeça algo que a mesma nao conseguia controlar. - E ele sumiu... E nao posso me vingar pois ele sumiu - Falou respirando fundo segurando e impedindo que as lagrimas caissem.

- Meu irmão foi torturado...  Minha mãe esta hospitalizada Chad... - Falou olhando nos olhos do loiro a sua frente que apenas se manteve em silencio como prometido e escutando todas as palavras que a corvina estava a falar. - E tudo isso por culpa dele e eu não posso vingar minha família, por que não sei onde ele esta... - Falou colocando a mão no cabelo jogando ele para trás

- Sou tao estupida... Deixei me iludir com alguém que já estava destinado as trevas e acabei colocando toda a minha familia em perigo - Falou e na mesma hora Chad colocou a mão sobre o joelho da mesma. - Desde quando gostar de alguem é um erro? Quer dizer, tudo bem é o Robert, é estranho alguém gostar daquilo, mas nao é um erro - Falou e Emily soltou um leve sorriso frouxo para o mesmo e tirou a mao do mesmo de seu joelho e voltou a olhar para a janela.

- Ben tinha razao... - Falou e na mesma hora Chad a questionou sobre o que Ben tinha razão. A mesma olhou para o loiro hesitante em contar ao loiro ou não, mas naquela altura do campeonato a mesma só queria soltar seus sentimentos para alguém para se sentir mais leve. Começou a contar para Chad as coisas que Ben falara em uma discussão que tiveram e quando terminou de contar Chad na mesma hora começou a falar.

Post do Ben:

Emily - Edward Outros  - Julie James -
 Alexia - Ben - Jessica - Robert - Vladmir - Chad

Thanks to Evil Queen



Emily Watsgrint
Robb
 
Monitora Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 23
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

Emily R. Watsgrint

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por Chad F. Highmore em Qui 29 Dez 2016, 00:52

Friends Talk
Would you let me lead you even when you're blind?
Olhei rapidamente para o lado, eu fiquei com raiva de Ben por suas palavras para Emily. - Vai mesmo deixar que a palavras de um garoto solitario afetem voce? - Perguntei para Emily que me olhou surpresa por minhas palavras rudes e serias, mas era o fato de eu estar bravo que me deixaram com aquele ar serio demais ate para mim. - Ele é um garoto que gosta de rebaixar e entristecer os outros para se sentir melhor - Falei e a mesma ficou pensativa sobre minhas palavras.

- Olha, Robert é um doente mental... Edward... um idiota, eles te largaram pelo simples fato de voce ser boa demais para eles - Falei tocando levemente o queixa da mesma para que ela parasse de olhar para o chão e olhasse para mim. - Tudo bem que você não tem lá o melhor gosto para homens, pois só escolhe os errados - Falei e a mesma soltou um leve sorriso, eu sabia que fazer uma graça ajudaria a faze-la sorrir. - Mas seu lado homossexual escolheu muito bem lembra? - Falei fazendo-a se lembrar de Isabelle, seu ex lance amoroso por um tempo

- Se ela não tivesse tragicamente morrido.... E você gostasse mesmo dela, você seria feliz. - Falei e a mesma soltou uma leve gargalhada secando as lagrimas, sorri ao ver que a mesma estava a ficar feliz novamente. - O que quero dizer com isso Ems é que... - Falei olhando para ela que me olhava seria agora atenta a minhas palavras, soltei um leve sorriso. - Você só não encontro o homem certo ainda - Falei e a mesma sorriu um pouco envergonhada.

Me aproximei lentamente do seu rosto pegando ela de surpresa e a puxei para um beijo lento, no incio Emily tentou afastar a cabeça mas depois ela voltou com a mesma e entrou no beijo totalmente. Ficamos alguns segundos nos beijados e depois eu me afastei. - O que foi isso Chad? - Perguntou a mesma um pouco envergonhada, soltei um leve sorriso olhando para baixo. - Isso foi a prova de quem nem todos os homens vao te jogar fora - Falei olhando em seus olhos e ela logo em seguida falou algo.

Eu Belissimo - Narraçao-Marie - Robert - James


Thanks to Evil Queen
Monitor Lufa-Lufa
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Lufa-lufa
Time: Nenhum

Chad F. Highmore

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por Emily R. Watsgrint em Qui 29 Dez 2016, 01:28

Pré-Natal

- Isso foi a prova de quem nem todos os homens vão te jogar fora - Falou e Emily  olhei no fundo dos olhos de Chad, ela nunca olhara o loiro com outros olhos alem dos de amigo, porem depois daquele beijo, ela conseguia ver nele algo diferente. Abriu a boc apara falar algo mas rapidamente desistiu, apenas puxou o loiro novamente para um beijo lento novamente. Ficaram longos minutos ali naquele pequeno momento romântico ate que Emily se afastou do mesmo. - Droga

- Preciso ir ao hospital, minha mãe já ja vai acordar
- Falou se levantando da janela e Chad apenas a olhou se levantando de forma mais lenta. A mesma o olhou e voltou para perto dele. - Conversamos depois do natal? - Perguntou o loiro com um leve sorriso abobado no rosto, a morena sorriu para ele afirmando com a cabeça. - Voce me fez perceber uma coisa boa.... - Falou dando um rapido selinho no mesmo e se afastando dele.

- Considere isso... Seu presente de natal... Feliz natal Chad - Falou acenando e saindo pela porta deixando o loiro na sala de troufeus e em seguida a mesma sorridente partiu em direçao ao St.Mungus.


Emily - Edward Outros  - Julie James -
 Alexia - Ben - Jessica - Robert - Vladmir - Chad

Thanks to Evil Queen



Emily Watsgrint
Robb
 
Monitora Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 23
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

Emily R. Watsgrint

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de Troféus

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum