Postadores do Mês
Lufa-lufa
000
Grifinória
000
Corvinal
000
Sonserina
000
Últimos assuntos
» Registro do Espelho do Destino
Qua 19 Abr 2017, 12:11 por Petra Kim DiNozzo

» Produtos
Ter 28 Mar 2017, 21:13 por Petra Kim DiNozzo

» Interior da Floresta Negra
Qui 16 Mar 2017, 23:00 por Circe, o Basilisco

» Cela 32
Qui 16 Mar 2017, 22:40 por Robert S. Winchester

» Entrada de Azkaban
Qui 16 Mar 2017, 22:40 por Circe, o Basilisco

» Escritório
Qui 16 Mar 2017, 14:41 por Emily R. Watsgrint

» Campo de Quadribol
Seg 13 Mar 2017, 16:18 por Isabella F. Highmore

» Corredores do Quinto Andar
Dom 12 Mar 2017, 22:27 por Emily R. Watsgrint

» Pedidos do RPG
Dom 12 Mar 2017, 21:28 por James C. Armstrong

Conectar-se

Esqueci minha senha

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 42 em Ter 17 Jun 2014, 19:05
Parceiros 2/44

O Banheiro Abandonado Feminino

Novo Tópico   Responder ao tópico

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Luck (Fortuna in Ludis) em Qua 24 Ago 2016, 12:01


Novo Recomeço

História

Explicaçao

Olá Convidado,

A quinze anos atrás o mundo bruxo conheceu uma força destrutiva tão grande, tão poderosa e tão cruel quanto o lendário lorde Voldemort. Um novo lorde das trevas surgia, Lord Antony Darligulv, Antony, que outrora fora um estudante em Hogwarts e um dos melhores amigos daqueles que se tornariam Ministro e Diretora de Hogwarts, Albert e Alexia, se desviou dos ensinamentos de Hogwarts, aprofundando-se em uma busca por poder e conhecimento negro, cada vez mais inclinando-se às trevas.
Após se formar Antony decidiu partir em busca dos antigos manuscritos de Lord Voldemort, revivendo o termo Comensais da Morte e mergulhando o mundo em uma nova era de trevas. Antony em sua busca por controle sobre o mundo bruxo desafiou seus antigos amigos, o Ministro da Magia Albert W. McAlister e a Diretora de Hogwarts Alexia R. Watsgrint, embora diversos embates tenham ocorrido, jamais houvera um vencedor.

(...)


Não se sabe o que causou a queda das proteções de Hogwarts, mas é de conhecimento geral o que ocorreu após isso. Com a queda de seus feitiços e rituais de proteção Hogwarts fora atacada pelo temível Lord Antony Darliguv e seus cruéis Comensais da Morte. Após o ataque ao Ministério da Magia Inglês, que levou o bruxo Gerard Guinever, bruxo que fora considerado o Bruxo deste Milênio, a morte.
Antony invadiu Hogwarts, uma invasão que custou caro ao mundo bruxo. Durante a invasão que entrou para os livros de história como o maior massacre do mundo bruxo, Lord Darligulv e seus Comensais findaram com um incontável números de vidas. Alunos, funcionários e professores pereceram pelas mãos do Lorde e seus seguidores. Em um último embate o Ministro da Magia, Albert W. McAlister, caiu perante a varinha do Lorde das Trevas, após a queda de Albert, Antony partiu em busca de sua última grande inimiga, a Diretora de Hogwarts, Alexia R. Watsgrint.
O duelo entre Alexia e Antony causou uma destruição imensa em Hogwarts, bem como a morte de muitos alunos em meio ao processo. Após o fim do duelo o Lord Antony Darligulv caiu perante a varinha de Alexia, com a queda do lorde os Comensais que o acompanhavam foram sendo derrotados rapidamente, não deixando outra alternativa aos que sobreviveram senão fugir de Hogwarts.
Um último Comensal, John B. Smooken, braço direito do Lord Antony Darligulv, confrontou Alexia pela morte de seu mestre, em meio ao duelo, quando a vitória do comensal parecia certeira, uma chama de esperança surgiu, Robert S. Winchester interveio, matando o comensal e salvando a vida de Alexia. Após o ataque Robert simplesmente desaparecera sem deixar qualquer vestígio, ignorando até mesmo os agradecimentos de Alexia ou do mundo bruxo.

(...)

Um ano após o impetuoso ataque, entre reformas e construção de novos meios de proteção, Hogwarts finalmente estava pronta para receber alunos novamente. Agora vinha a parte mais difícil, que era convencer os bruxos de todo o mundo que Hogwarts era um lugar seguro para as crianças de todo lugar. Embora Alexia Robb Watsgrint conseguisse provar que Hogwarts estava novamente apta a abrir as portas e receber alunos, ainda existem aqueles que desconfiam de tal coisa.




Staff
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa::
Time: Nenhum

Luck (Fortuna in Ludis)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Robert S. Winchester em Ter 23 Ago 2016, 11:04





Banheiro Abandonado


Após deixar Marie na sala da diretora eu decidi voltar aos jardins de Salazar pela antiga entrada na floresta negras, e utilizar a entrada do banheiro feminino abandonado para retornar a escola. Fazia algum tempo que eu não utilizava aquelas saídas, após descobrir como utilizar a saídas das masmorras era enfadonho e cansativo, mas era necessário, sair nas masmorras poderia me jogar contra um comensal ou aluno desesperado e eu sabia que ali teria mais vantagem sobre os que invadiam a escola. Assim que pisei no solo do banheiro Murta apareceu, seu olhar era assustado, ela chorava de maneira irritante, respirei fundo e apontei a varinha para ela.
- Expecto Exumae!
Eu consegui ver o espanto nos olhos dela antes dela simplesmente sumir daquele lugar, sorri, meu feitiço não seria forte o suficiente para afastá-la dali para sempre, mas fora forte para afastá-la dali naquele momento. Sorri e, no momento em que ia deixar o banheiro feminino abandonado, a porta se abriu, um garoto surgiu puxando uma garota para dentro, provavelmente tentando se esconder dos comensais, ele me olhou rapidamente, um sorriso surgiu.
- Robert? Rob! – ele veio em minha direção sorrindo – Que bom que está aqui... Tenho certeza que juntos conseguimos fugir e...
- Leonardo Swan e Alyssa V. Hoff! – sorri encarando os dois, eu não tinha uma forte amizade com Leonardo e mal conversara com a namorada dele, mas não me importava com aquilo – O que fazem aqui?
- Comensais! Eles... – o garoto começou, bufei.
- E você achou que entrar num lugar apertado e sem saída era a melhor ideia? – os dois ficaram em silencio, respirei fundo - Não se preocupem, vamos sair daqui, vocês dois tentem ir para os andares superiores, se esconder na sala precisa, eu vou descer e ver se encontro mais alguém! - sorri e abri a porta do banheiro feminino, embora eu tivesse iniciado o ataque, e soubesse que muitos morreriam devido aquilo, meu plano não era a queda de Hogwarts e sim a queda do atual lord, respirei fundo e passei pela porta, com a varinha empunhada firmemente.


Legenda:

Narração   ɸ ɸ ɸ Robert S. Winchester ɸ ɸ ɸ Leonardo Swan ɸ ɸ ɸ Alyssa V. Hoff





ɸ Slytherin ɸ

Robert S. Winchester
Monitor Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 26
Casa:: Sonserina
Time: Morcegos de Ballycaste

Robert S. Winchester

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Jynx L. Valchard em Ter 24 Mar 2015, 14:54

It's a rebirth, and all will fall.
Estava em meio a ronda monitorial, carregando comigo um saco que havia confiscado dos alunos do quarto ano. Quem em sã consciência andava pro aí, carregando dezenas de bombinhas de bosta Sinceramente, só podiam ser Grifinos para terem pensamentos tão maravilhosos e encrenqueiros ao mesmo tempo.

Um sorriso furtivo surrupiou meus lábios, enquanto passei perto do banheiro abandonado, apenas para averiguar se não havia ninguém praticando atos ilícitos. E não foi surpresa alguma quando me deparei com Juh e Ems saindo do local. Devia ser algum tipo de perseguição de Julie, pois todo lugar que eu e meu lindo corpanzil se arrastava, lá estava minha irmã.

Contudo o que mais chamou a atenção foi a garota ruiva com cara de vaca atrás de minhas amigas. Franzi o cenho, criando um pequena ruga entre as junções de minhas sobrancelhas, não pensei muito no que estaria ocorrendo ali, mas as expressões faciais de todos, estava meio que óbvio. Suspirei algumas vezes, mergulhando a mão por entre os bolsos das vestes, capturando a varinha entre os dedos e a firmando defronte o busto.

"Alguém pode me explicar o que 'tá rolando aqui?" A exclamação saiu alta, chegando a todas as garotas, que pararam para me olhar de imediato. Se fosse uma briga, aquilo não iria sair bem.



Jynx
Monitora <3 Apanhadora <3 Capitã <3 Quadribol <3 Juh <3 even if the skies get rough
Monitora Grifinoria
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Grifinoria
Time: Canhões de Chudley

Jynx L. Valchard

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Julie V. Wanderwood em Dom 22 Mar 2015, 00:01

Calma exalando


Tentei impedir Emily mas ela estava com raiva, ela lançou “electrius” em Victória. Vi a mesma de contorcer e sorri com aquilo. Limpei o sangue que tinha no canto de minha boca e sorri com aquilo. Me abaixei para pegar minha varinha que não estava muito longe. Assim que Victória de levantou com a mão na barriga pelo chute que havia levado ali riu como sempre fazia, apenas para provocar e deu certo, eu não pararia por ali. – Sabe – eu disse e Emily recuou até mim – eu estou bem Ems – mexi a boca sem pronunciar as palavras – Você deve me amar muito, teve a oportunidade de sair duas vezes na primeira falou merda por conta própria, na segunda continuou a falar merda. Mas não me surpreendo de merda falar merda. – sorri e mirei em sua mão que estava sua varinha, ela então precipitadamente conjurou Protego e fez uma cara de decepção por ter se precipitado – Achou mesmo que eu lançaria qualquer feitiço para tirar sua varinha? – disse tentando manter o tom de voz calmo e debochado.

- Da outra vez, na biblioteca você disse que eu não sabia conversar civilizadamente mas desta vez você quem começou a briga, o meu jato de agua foi apenas uma defesa a sua total falta de inteligência – sorri debochadamente – vamos sair daqui, esse cheiro de merda que exala de você está me deixando enojada– coloquei a varinha e vi a cara de surpresa de Victória ao perceber que eu não revidaria nada. Ela abriu a boca para falar alguma coisa.. que seria mais uma provocação com certeza mas eu a interrompi com a mão – poupe-se. – andei até ela ficando cara a cara olhei em seus olhos – acho bom você ficar na saia do seu irmão, é por respeito a ele que eu não te mato. – ela tentaria revidar aquilo falando que era porque eu gostava do Edward mas realmente eu não a mataria ela ali  somente e unicamente por respeito que eu tinha por seu irmão – e não cruze meu caminho de novo, senão.. seu irmão e Robert irão te visitar no cemitério mais xexelento que tiver na face da terra Entendeu? Se não entendeu problema seu não quero mais ficar olhando pra essa sua cara de puta mal comida. – Dei alguns passos para trás e sai do banheiro puxando Emily pelo braço.

Eu estava formulando algo grande em minha cabeça desde que acordara, manteria a calma até a hora certa. Victória ia se arrepender de ter mexido com Emily hoje, e ela ia se arrepender mais ainda de ter mexido comigo hoje, mas só na hora certa. Sorri maleficamente enquanto andava para longe dali.


EuVictóriaEmily


Julie Wanderwood


“So love me like you do, lo-lo-love me like you do love me like you do, lo-lo-love me like you do touch me like you do, to-to-touch me like you do what are you waiting for?”
Monitora Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 19
Casa:: Sonserina
Time: Harpias de Holyhead

Julie V. Wanderwood

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Luck (Fortuna in Ludis) em Sab 21 Mar 2015, 22:56

O membro 'Emily R. Watsgrint' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'Duelo Bruxo Simples' :
Staff
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa::
Time: Nenhum

Luck (Fortuna in Ludis)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Emily R. Watsgrint em Sab 21 Mar 2015, 22:56



Briga

Julie caiu quase que de cara no chao, me agachei ao seu lado e a balancei diversas vezes para tentar acorda-la, mas ela nao acordava. Me levantei rapidamente com odio nos olhos, Victoria já havia passado dos limites, eu nao estava mais a aguentando, apontei minha varinha para ela que riu.  - Ui , sua vez agora coleguinha?  - Falou com seu sorriso ridiculo no rosto.  Ela apontou a varinha para mim, mas nem eu nem ela estávamos conjurando feitiços. - Voce nao presta garota! Quantas pessoas precisa machucar para que se sinta bem consigo mesma?- Falei com ódio nos olhos o que ela fizera com Julie era imperdoável, ela continuava com seu sorriso no rosto. - Voce é  apenas uma retardada que machuca os outros pois sabe que nunca ninguém vai te amar! - Falei e seu sorriso permanecia no mesmo lugar, aquilo me irritava profundamente. - Continue falando, estou gostando... - Falou com seu sorriso arrogante no rosto, apontei a varinha para ela antes que ela pudesse me enjoar mais do que eu já estava. - Flipendo! - Falei e a vi voar para tras e bater na parede.

Nao demorou muito para se levantar, ela continuava com aquele seu sorriso ridículo no rosto, mas agora parecia maior ainda. Enquanto ela falava sobre minha deselegância, eu me colocava a frente de Julie por precaução para que Victoria não fizesse nada contra ela.  - Tudo isso foi pela Julie ou por eu estar com o Robert? - Se tivesse um jeito, diria que naquela hora fechei mais ainda minha cara, se era possível, por mais que naquela hora eu estava com raiva dela por Julie, meter Robert no meio aumentara mais ainda o ódio.  Apontei novamente a varinha para ela que estava rindo, como alguém daquele jeito conseguia viver, me perguntava enquanto ela continuava a falar. - Deixa eu lhe contar um segredo - Falou mas ouvi um gemido atras de mim, Julie estava começando acordar, olhei para ela por um  momento, seus olhos agora abertos e ela tentando se levantar, voltei a olhar para Victoria que estava de cara comigo, não havia percebido sua aproximação, mas não lhe ataquei. - Robert é perfeito na cama, pena que não terá a chance de experimentar Emily!

Aquelas palavras entraram pelo meu ouvido e se prenderam a meu coraçao, apertando-o ate que eu começasse a senti-lo parar, acabei abaixando a varinha sem qualquer reação, estava paralisada com os olhos arregalados e sem conseguir me mexer, eu estava chocada, aquilo havia doido tanto que me paralisara. Olhei Victoria com seu sorriso vitorioso no rosto, estava tentando me recompor, minha raiva subindo quando eu fora atacada. Voei alguns metros e bati no espelho do banheiro com as costas, quebrando ele em diversos pedaços, Julie olhou um tanto preocupada, mas naquele momento o impacto nao tinha o minimo de dor com o que eu havia sentido antes. Me levantei rapidamente e olhei para Victoria do outro lado do banheiro, Julie segurou em minha perna tentando me parar, lhe olhei rapidamente e me agachei ao seu lado, lhe ajudando a se levantar, deixei ela encostada na pia. Ela tentou me acalmar com algumas palavras, mas eu nao dei nem ouvidos. - Vadia - Falei me aproximando de  Victoria, eu estava fora de meu controle, ela continuava com seu sorriso debochado, sorriso que iria tirar em segundos.- Se alguem nao te matar, eu mesma faço questao de matar! - falei e lhe dei um tapa bem na cara seguido de um chute na barriga.

Victoria se contorceu, Julie ficou um tanto espantada, talvez ela nunca tenha me visto naquele estado, nem eu mesma havia me visto naquele estado, nunca em minha vida. Apontei a varinha sem pensar duas vezes para Victoria, Julie gritara algo atras de mim, mas eu nao dera sequer ouvidos, estava toda focada em acabar com Victoria exatamente ali. - Eletricus - Falei com odio nos olhos

Emily •  James ChadThomas Marie NicklausRobertMilenaJack •  Julie •  Victoria  • PensamentoEdwardAlexiaProfessoresComensal






Emily Watsgrint
Robb
 
Monitora Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 23
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

Emily R. Watsgrint

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Luck (Fortuna in Ludis) em Sab 21 Mar 2015, 20:22

O membro 'Victória Summiregis' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'Duelo Bruxo Simples' :
Staff
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa::
Time: Nenhum

Luck (Fortuna in Ludis)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Victória Summiregis em Sab 21 Mar 2015, 20:22


Reencontro

- Flipendo - Ela falou apontando para meu corpo interio assim que a vi finalizar o feitiço, conjurei o feitiço protejo e consegui que seu próprio feitiço a atingisse. Julia caiu apagada no chão, eu comecei a rir da situação, Emily se agachou ao lado da amiga, desesperada tentando acorda-la. Agora sim dava para ver em Emily um odio maior ainda, ela se levantou e apontou a varinha para mim, saia fogo de seus olhos. - Ui, sua vez agora coleguinha? - Perguntei apontando minha varinha para Emily que falava tudo que pensava sobre minha pessoa, o que me fazia achar mais graça ainda. - Continue falando, estou gostando... - Falei mas ela me atacou rapidamente com algum feitiço que nao conseguira entender pois estava terminando minha fala. Voei alguns metros mas me levantei rapidamente.

- Que deselegante Emily - Falei rindo enquanto voltava a me aproximar da menina que estava seria afrente de Julie que estava caída no chão, mas estava começando a despertar-se. - Tudo isso foi pela Julie ou por eu estar com o Robert? - Perguntei com um sorriso no rosto, Emily estava prestes a se pronunciar, mas eu levantei minha mao para ela impedindo de começar sua fala. Soltei mais um sorriso provocador. -  Nem precisa responder, sei que é pelo Robert - Falei gargalhando e vi suas expressoes ficarem mais profundas e mais amostras ainda, dava para ver uma mistura de sentimentos ali, como principal a raiva. - Deixa eu lhe contar um segredo - Falei me aproximando um pouco mais de Emily, Julie estava acordada, mas não conseguia se levantar parecia um tanto tonta. Assim que estava perto o suficiente de Emily dei meu leve sorriso provocador para a menina. - Robert é perfeito na cama, pena que nao tera a chance de experimentar Emily! - Falei e vi que havia abalado toda a estrutura da menina, eu era do segundo ano, era boa, mas contra uma menina do terceiro ano, mesmo sendo Emily que nao tinha experiencias com duelo, sempre era bom destrui psicologicamente primeiro. Emily parecia incredula com o que tinha dito, parecia sem chao e aquilo me fazia muito bem. Apontei a varinha para ele qua estava tentando se recompor da noticia, era a hora perfeita. - Estupefaça

Cunhadinha

Eu - Julie - Emily
Fantasma
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 16
Casa::
Time: Canhões de Chudley

Victória Summiregis

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Luck (Fortuna in Ludis) em Sex 20 Mar 2015, 14:29

O membro 'Julie Wanderwood' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'Duelo Bruxo Simples' :
Staff
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa::
Time: Nenhum

Luck (Fortuna in Ludis)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Julie V. Wanderwood em Sex 20 Mar 2015, 14:29

Terminar o que foi começado


- Agora estamos iguais – ela disse depois que eu e Emily demos alguns gritos, aquela agua imunda havia me atingido. Eu olhei para Victória com muita raiva, e desespero precisava de um banho. Vi a namorada de Robert andar para a saída – Espera – eu disse pegando minha varinha do chão, Emily pediu para que eu parasse e então me virei para minha amiga, sussurrei de modo que só ela pudesse entender – Ems sei que essa briga não é sua mas me de cobertura eu não sou boa em feitiços. – ela assentiu e me virei para Victória que não parecia acreditar que eu havia pedido para ela esperar.

- Você sempre põe seu irmão no meio da conversa – eu disse andando enquanto rodopiava a varinha em minhas mãos – não ache que usando ele vai conseguir me tirar do sério outra vez. – aquilo era pura e total mentira, eu me sentia muito incomodada quando ela usava Edward para me deixar com raiva, e ela conseguia sempre que fazia, mas desta vez eu esconderia minha raiva.. por ora. – Mas, quero te pedir desculpas – ela arregalou os olhos sem intender e sem acreditar – esse jato de agua.. foi pouco na verdade. Eu podia ter feito melhor – sorri maleficamente. – e adivinha eu vou fazer melhor.. isso não acabou aqui. – andei para mais perto da corvina e parei uns dois metros em sua frente, parei de rodopiar a varinha apontando-a para seu  pescoço.

Movia a varinha intercalando entre pescoço e abdômen, por fim parei no abdômen e sem êxito disse - Flipendo

EuVictóriaEmily


Julie Wanderwood


“So love me like you do, lo-lo-love me like you do love me like you do, lo-lo-love me like you do touch me like you do, to-to-touch me like you do what are you waiting for?”
Monitora Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 19
Casa:: Sonserina
Time: Harpias de Holyhead

Julie V. Wanderwood

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Victória Summiregis em Sex 20 Mar 2015, 12:04


Reencontro

A agua voo alto e caiu na metade do corpo de Julie e Emily que deram gritos de nojo. - Agora estamos iguais - Falei para as duas que faziam cara de desespero, joguei sua varinha para ela, já que nao precisava mais dela, as duas ainda nao tinha percebido que eu jogara a varinha no chao, olhei para a sduas ainda gritando de nojo e gargalhei.

Me direcionei para a porta, mas ouvi uma das duas chamando minha atenção novamente, olhei para tras para ver quem estava com coragem de me pertubar mais uma vez

Cunhadinha

Eu - Julie - Emily
Fantasma
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 16
Casa::
Time: Canhões de Chudley

Victória Summiregis

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Luck (Fortuna in Ludis) em Sex 20 Mar 2015, 12:01

O membro 'Victória Summiregis' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'Duelo Bruxo Mortal' :
Staff
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa::
Time: Nenhum

Luck (Fortuna in Ludis)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Victória Summiregis em Sex 20 Mar 2015, 12:01


Reencontro

Julie se defendeu, mas meu feitiço fora tao forte que apesar de se proteger, sua varinha voo de sua mao, apontei minha varinha para a sua varinha que estava no chão - Accio Varinha - Falei e sua varinha veio para minha mão, ela tentou pegar antes mas eu fora rápida. Soltei um sorriso mexendo em sua delicada varinha, ela ficou parada, sabia que se fizesse qualquer coisa podia quebra-la. Emily apontou a varinha para mim, dei uma gargalhada. - Serio? Estou com duas varinhas e voce e burra a esse ponto de me ameaçar? - Falei gargalhando mas Emily apenas me mandara devolver a varinha de Julie, aquilo me fizera rir.

- Temos que lutar um dia corvina, vai ser legal - Brinquei para ela que mantinha a varinha apontada para mim, deixei um sorriso escapar - estou  só brincando, prometi a meu namorado! - Falei dessa vez olhando para Emily que ficara incomoda e soltei um sorriso. - Que nao machucaria minha cunhadinha - Falei e soltei a varinha, dessa vez segurando com uma mão só. Comecei a caminhar para perto de uma cabine onde não havia dado a descarga, como sempre as meninas desse colégio eram porcas. Olhei com um sorriso e depois para Julie. - Mas acho que você merece  um banho? - falei apontando sua própria varinha para a água suja ali presente. Eu estava atras da cabine, Julie de frente para a cabine, ela percebeu o que eu fari, mas eu fora rapida demais. - Bombarda  


Cunhadinha

Eu - Julie - Emily
Fantasma
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 16
Casa::
Time: Canhões de Chudley

Victória Summiregis

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Luck (Fortuna in Ludis) em Sex 20 Mar 2015, 11:39

O membro 'Victória Summiregis' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'Duelo Bruxo Simples' :
Staff
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa::
Time: Nenhum

Luck (Fortuna in Ludis)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Victória Summiregis em Sex 20 Mar 2015, 11:39


Reencontro

- Vamos embora daqui Julie - Falou mas eu parei na frente das duas impedindo que elas pudessem passar pela porta, Julie havia molhado toda a minha roupa, já havia tomado meu pai uma hora atras, aquilo realmente me irritara, estava cheirosa e agora fedendo a água de banheiro da fantasma depressiva. - Emily isso aqui e coisa de familia! - Falei e vi Emily ficando seria, aquilo me fez escapar um sorriso. Julie continuava seria. - Pelo que sei voce nao é da nossa familia, pois Robert esta comigo - Falei e vi  ele segurar a raiva, aquela dali era mais peixe morto que qualquer um em Hogwarts.

Julie voltou a falar coisas grossas como sempre, ams aquilo só me fazia ter mais vontade de rir do que antes, voltei a olha-la com um sorriso debochado preso ao rosto. - Me molhou por que nao gosat de mim, ou por que te lembro meu irmaozinho? - Falei e vi odio em seu olhar, mas ela se manteve em silencio, eu adorava apenas provocar, mas aquela agua imunda estava me irritando e eu estava afim de lhe devolver a briga da biblioteca. - Nao devia ter me molhado, isso me irritou! - Falei e vi Julie sorrir e falar algo debochado, aquilo me fizera rir ao mesmo tempo. - Ficou irritadinha e vai fazer o que ein? - Provocou, mas era exatamente aquilo que eu queria, Emily estava no canto em silencio, minha provocaçao deve ter a deixado incomodada o suficiente para ficar calada. - Nao sei segurar a raiva - Falei soltando um sorriso e rapidamente apontando a varinha para Julie que ficaa surpresa. - Flipendo



Cunhadinha

Eu - Julie - Emily
Fantasma
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 16
Casa::
Time: Canhões de Chudley

Victória Summiregis

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Emily R. Watsgrint em Qui 19 Mar 2015, 22:28



Briga

Adentrei no banheiro bastante apertada entrei em uma cabine e realizei minhas necessidades rapidamente com um alivio, assim que saiu caminhei lentamente ate a pia, era um dia bastante chato aquele, ia ter aula de poções, mas não estava com nenhum animo para tal. Abri a água e deixei que ela ficasse caindo sobre minha mão enquanto eu me afundava em meus pensamentos como sempre fazia quando estava sozinha.  – Você está bem? - Aquela voz me deu um susto, era Julie, não nos falávamos desde a ceia, fiquei um tanto sem jeito, eu havia beijado o garoto que ela gostava, apenas para provocar Robert, o garoto que so me tratava feito brinquedo. – Desculpa não quis te assustar

Sorri afirmando que nao era nada,ela se aproximou e me deu um abraço maravilhoso, era tudo que eu precisava naquele dia, saber que tinha pessoas ao meu lado sempre. Assim que nos soltamos ela me dera um dos seus melhores sorrisos como sempre. - Acho que vou internar Robert - Falou e dei um leve sorriso, eu sabia que Julie perceberia que eu estava daquele jeito por causa de seu meio irmao de consideração, mas as vezes era realmente difícil esconder minha decepção com o que Robert havia se tornada o quanto eu sentia falta de seu antigo eu. - aquele meu irmão é uma besta por não estar contigo, sinto que ele tem problemas mentais, sérios problemas - Eu sorri e concordei com a cabeça para ela, ela estava prestes a mudar de assunto quando Victoria entrou no banheiro, a namorada de Robert. Era so o que me faltava naquele otimo dia.

Revirei os olhos e  desviei meu olhar, quanto mais olhava para ela mais sentia ódio e incomodo, ela entrou em uma cabine e me aproximei de Julie. - Eu devo ter dançado na santa ceia para merecer isso - Falei e vi Julie dar um sorriso, o barulho da porta abrindo fizera nos duas olharmos para a corvina irritante que saira com seu sorriso de deboche. Diante de diversas pias ela decidira se limpar ao nosso lado como um gesto provocante. Fiquei olhando o teto durante seu percusso me segurando para nao destruí-la, mas ela simplesmente pedira para tal ato. - Essas suas feições darão rugas a vocês queridinhas, cuidado! - Falou mas antes que eu pudesse falar qualquer coisa, Julie se pronunciou com uma raiva que eu nunca tinha visto antes, dava para ver em seus olhos a raiva que sentia, prestes a matar Victoria, segurei levemente seu braço fazendo-a olhar. - Nao gaste tempo com ela, relaxa - Falei mas Julie apesar de tentar nao conseguiu se conter, a raiva era enorme.

Aquilo era diferente, nao sabia como mas Julie havia feito água voar ate Victoria, jogando-a para longe apenas com o pensamento, era uma habilidade que eu desconhecia, fiquei com os olhos arregalados com o que vira e Julie se assustou com o que podia fazer, Victoria se levantou meio tonta e parou a nossa frente. - Vamos embora daqui Julie - falei lhe puxando levemente pelo braço, mas Victoria impediu nossa passagem, aquilo ali não iria acabar bem.

Emily •  James ChadThomas Marie NicklausRobertMilenaJack •  Julie •  Victoria  • PensamentoEdwardAlexiaProfessoresComensal






Emily Watsgrint
Robb
 
Monitora Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 23
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

Emily R. Watsgrint

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Julie V. Wanderwood em Dom 15 Mar 2015, 23:38

Ops.. outro acidente

Eu estava andando pela escola pela tarde, pensando sobre coisas aleatórias como por exemplo se amanhã estaria ventando ou chovendo, coisas bem aleatórias mesmo. Entre subidas e decidas nas escadarias entrei no corredor do segundo andar, olhei para frente e vi Emily entrando no banheiro, fazia um bom tempo que não conversávamos, na realidade desde a ceia de natal se não me engano. Eu estava na frente da porta, que estava meio encostada, abri e vi Emily apoiada na pia – Você está bem? – ela se virou rapidamente assustada – Desculpa não quis te assustar – ela sorriu e eu entrei fechando a porta. Olhei em volta e não vi Murta o que era bom eu acho. Dei um curto abraço em Emily. Ela disse que estava tudo bem, Sorri e sentei na pia ao lada da que ela estava apoiada.

- Acho que vou internar Robert – eu disse com um sorriso irônico no rosto – aquele meu irmão é uma besta por não estar contigo, sinto que ele tem problemas mentais, sérios problemas – Emily riu e eu também quando ia falar algo, dessa vez não sobre Robert, a namorada dele entrou no banheiro, fiz uma cara de nojo e a olhei com raiva, aquela cadeirada que eu havia levado, eu não tinha dado o troco ainda, que bela oportunidade a vida estava me dando.

Ela entrou em uma das cabines e eu olhei para Emily e sussurrei em seu ouvido – tivemos uma confraternização na biblioteca, alguns dias atrás – Ems disse algo bem a tempo, pois assim que concluiu sua fala Victória saiu da cabine. Ela pareceu fazer questão de lavar as mãos perto de mim. Ela caminhou em direção a saída e eu olhei para Emily, devia ser bem desagradável para ela, eu supus. Vi a outra corvina parar no meio do caminho e levantei a cabeça sussurrando – ta me tirando cara – voltei a encarar Victória, com raiva por ela ter parado - Essas suas feições darão rugas a vocês queridinhas, cuidado! – eu desci da pia e cruzei os braços. – e isso passou a ser da sua conta quando? – disse de forma grosseira e bem rude, era estranho falar daquele jeito na frente de Emily, quando eu estava com raiva eu parecia outra pessoa – agora garota toma seu rumo que não to com paciência pra te aturar hoje então VAZA – eu disse e ela riu.

Meu sangue naquela hora estava borbulhando de raiva e o pior é que a raiva estava transparecendo Emily pediu para que eu mantivesse a calma mais estava impossível, eu desejei que algo forte, com um mega jato de agua atingisse Victória bem no estomago. Me assustei com o barulho que veio atrás de mim, aparecia que algo ia estourar, eu me abaixei puxando Emily... e então aconteceu, um jato de agua saiu da torneira, acertando Victoria, exatamente como eu tinha desejado, a vi voar alguns metros para trás. Eu estava tão incrédula com o que aconteceu, me levantei e apoiei-me na pia. Olhei para a torneira que agora somente pingava. E então uma das corvinas se pronunciou.

EuVictóriaEmily


Julie Wanderwood


“So love me like you do, lo-lo-love me like you do love me like you do, lo-lo-love me like you do touch me like you do, to-to-touch me like you do what are you waiting for?”
Monitora Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 19
Casa:: Sonserina
Time: Harpias de Holyhead

Julie V. Wanderwood

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Victória Summiregis em Ter 10 Mar 2015, 17:38


Reencontro

Sai do salão principal entediada, Hogwarts nunca fora a escola para qual eu queria entrar e sim Beauxbatons, mas como sempre a vida não é justa. Acabei entrando na pior escola, enquanto caminhava me arrependia de ter pedido ao chapéu seletor que me pusesse na mesma casa que meu querido irmão. Podia ter ido para a Sonserina como ele havia dito, ficaria com Robert quase sempre e estaria muito menos entediada. Abri a porta do banheiro abandonado e dei de cara com duas garotas, minha adorável cunhadinha de mentira e sua amiga chata da corvinal, fofocando como sempre.  

Julie me olhou com raiva, soltei um sorriso e entrei em uma cabine para fazer minhas necessidades, Murta nem tentava me dar susto já que não era louca de tentar. Assim que sai me encaminhei para o lado de Julie e Emily que estavam em silencio apoiadas numa das pias, seus olhares de odio para mim me faziam querer rir mais ainda. Molhei as maos e fechei a torneira, comecei  a andar para fora, mas parei no meio e olhei para as duas que me encaravam em silencio. - Essas suas feiçoes darão rugas a voces queridinhas, cuidado! - Falei sorrindo provocadoramente enquanto uma delas decidiu pronunciar-se.



Cunhadinha

Eu - Julie - Emily
Fantasma
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 16
Casa::
Time: Canhões de Chudley

Victória Summiregis

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Jack A. Padalecki em Qua 29 Out 2014, 18:12

Missão


 

Estava descendo de minha comunal para ir para o salão principal encontrar sua amiga, mas quando eu estava passando pelo segundo andar um luz me chamou a minha antenção no banheiro da Murta, fui até la para ver oque era. Quando entrei no banheiro vi uma caixa com o numero cinco em cima dela, logo lembrei que se tratava da missão que estavamos fazendo. Fui correndo abrir a caixa mais nada tinha em seu interior, Murta então aparece com um saquinho de feijoeszinhos. Pensei "Ela é a missão, por Merlin". Murta logo que me viu disse:

 - Simples, me convença de lhe entrar esses feijoeszinhos. - Falou gemendo - Me proponha uma troca justa! Se não, jamais ganhará esses feijoes!
Tinha que pensar em algo rapidamente, nada passara por minha cabeça, nenhum plano, sem pensar falei a ela:
 - Oque acha de me dar esses feijoeszinhos, por um livro?
Murta me encarou e disse:
- Sou um fantasma idiota! Nada feito!
Volto a pensar em alguma maneira de conseguir pegar aqueles feijoeszinhos. Depois de alguns minutos pensando falei:
 - Murta, oque acha de eu te dar um perfume? 
Murta com uma voz raivosa me respondera:
- Ja disse menino, sou um fantasma, fantasma não usa perfume.
Logo pensei na pior das hipóteses possivel, dar um selinho em murta, eu não queria fazer isso, mas como lembrei que Murta era atirada para homens, eu falei com o tom de pavor na voz:
 - Murta, você trocaria esses feijoeszinhos por um selinho meu?
Murta logo se aproximou de mim e disse:
- Agora sim você pensou menino, essa sim seria uma ótima troca.
Murta logo se aproximou de mim e com pavor, nojo, e aflição, aproximei meu labios nos do dela e lhe dei um selinho, foi o pior beijo que ja recebi na minha vida pensei, então Murta me dera os feijoeszinhos, fui até a caixa e a peguei e sai de la com um peso na consciência por ter beijado uma fantasma.


Legenda: 
Narração.
Minhas Falas.
Falas da Murta. 
 
[/size]
Monitor Grifinoria

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 24
Casa:: Grifinoria
Time: Morcegos de Ballycaste

Jack A. Padalecki

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Alexia R. Watsgrint em Qua 29 Out 2014, 17:38




Ao adentrar no banheiro, daras de cara com uma caixa, acima dela o nume 5 escrito em dourado flutua, afirmando que a tarefa vale 5 pontos. Ao olhar para dentro da caixa, não vês nada, porem surge então um fantasma de uma garota, segurando um saquinho com feijoeszinhos mágicos. Como iras pega-lo da Murta?

Murta - É simples, me convença de lhe entrar esses feijoeszinhos - Fala gemendo - Me proponha uma troca justa! Se não, jamais ganhará esses feijoes!

Vale: 5 Pontos
OBS: Leva os feijoeszinhos de presente
Objetivo: Pegar da Murta-que-Geme
Dica: Murta gosta de beijos (caso seja menino) ou adora poder dar sustos nas pessoas e fazer pegadinhas.
Obstaculos: Tem que fazer no minimo 3 propostas e uma delas ser aceita por ela, caso seja uma troca justa!

Póst com menos de 10 linhas nao serao aceitos! Tem que ter narritiva!





Alexia Robb Watsgrint
Hogwarts Direção
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 78
Casa:: Corvinal
Time: Canhões de Chudley

Alexia R. Watsgrint
http://acciohogwarts.forumeiros.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Alyssa V. Hoff em Seg 27 Out 2014, 20:42






Ronda/Encontro


Quando ponho meu uniforme novamente saio para fazer a ronda semanal.

Ao passar por todo castelo decido ir ao banheiro abandonado, afinal, nenhum sinal de alunos nos corredores e em nenhuma parte do castelo. Ao adentrar ouço um choro. Fico pasma em ver a Murta.

-Ei não chore!Sei como é dificíl!.-falei enquanto a mesma vinha em minha direção.

Subi até a janela e fiquei a seu lado e ficamos conversando. Ela gemia e chorava sem parar. Depois de um tempo saí do local.


Narração
 Eu x  Pensamentos  
Outros x Professores

Com: Murta; Humor: Séria e Descontraída; Vestindo;
   




Alyssa Vendramini Hoff
Gryffindor Pride Forever :: Sister Of Thomas ::
all rights reserved to thaís
Fantasma
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa::
Time: Morcegos de Ballycaste

Alyssa V. Hoff

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Robert S. Winchester em Dom 26 Out 2014, 00:31



A Entrada da Câmara


Entrei no banheiro e rapidamente apontei a varinha para porta.
- Colloportus! - eu sabia que aquele feitiço não seria o suficiente para parar Emily, mas acreditava que quando ela acordasse ela não iria me procurar, afinal ela não se lembraria do que acabara de acontecer, pelo menos não de forma real eu esperava, respirei fundo e olhei ao redor - Murta... MURTA!
A fantasma apareceu logo em seguida, saltando de uma privada, a encarei, ela abriu um sorriso, mas eu já não tinha tempo a perder, caminhei rapidamente até o mais próximo dela, ela me encarou de maneira estranha.
- Após todo esse tempo sem me visitar, você chega a essa hora e ainda por cima me gritando e encarando dessa maneira? Isso não é nem um pouco legal!
- Murta, eu sei que pode parecer estranho, mas como não tenho tempo a perder, como você morreu? Quero dizer, onde aqui dentro você morreu?
- Engraçado... – ela pareceu se surpreender com a pergunta, depois choramingou, embora aquela choramingada me irritasse, eu preferia esperar do que dizer algo e ela ir embora – Eu sei o que você quer! Você quer saber onde é a entrada da câmara secreta! – dessa vez fora eu quem se surpreendeu.
- Como você sabe?
- Outro já veio me perguntar isso... – ela sorriu e voou ao meu redor, depois se afastou novamente – Mas já faz anos e anos...
- Onde fica? – perguntei antes que ela se dispersasse em seus pensamentos.
- Ali! – ela apontou a pia em frente ao box – Mas não adianta nada saber a localização, ela só se abre...
- Para ofidiglotas! – falei sorrindo, depois daquilo não tinha mais necessidade dela, apenas dei as costas e encarei a pia – Muito obrigado Murta... Daqui em diante eu assumo.
- Bem, você é quem sabe, mas já aviso que só encontrará uma pilha de ossos lá.
A murta disse e depois desapareceu mergulhando no mesmo vaso de onde saíra, encarei a pia, me aproximando lentamente dela, um sorriso surgiu em minha face, finalmente eu estava tão próximo, aquela situação era engraçada, parando para pensar em quantas vezes estive ali, respirei fundo e me concentrei, exatamente como fizera tantas vezes antes, depois calmamente dei a ordem para a câmara abrir, embora na minha mente eu tenha pronunciado apenas um “abra”, o que saíra pelos meus lábios fora um estranho assobio, assim que o assobio passou pela boca a torneira brilhou com uma luz branca e começou a girar, logo em seguida a pia começou a se deslocar, sumindo e deixando um grande cano exposto, largo o suficiente para um homem escorregar por dentro ele.
Ao encarar a abertura meu coração disparou, eu não sabia ao certo o que me esperava ali dentro, mas sabia que ali estavam as respostas que buscava, respirei fundo e fechei os olhos, dali em diante não tinha mais volta, mas eu já não me importava mais, então, saltei para dentro do cano, deixando para trás o banheiro abandonado.




   
   
   
Legenda:

Narração   ɸ ɸ ɸ Robert S. Winchester ɸ ɸ ɸ Murta




ɸ Slytherin ɸ

Robert S. Winchester
Monitor Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 26
Casa:: Sonserina
Time: Morcegos de Ballycaste

Robert S. Winchester

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Emily R. Watsgrint em Sab 25 Out 2014, 14:24

Conselho




Emily + Jack



Emily passou a mao em seu proprio rosto enquanto Jack lhe olhava, Emily estava pensando no que iria fazer para ajudar o amigo. - Bem... - Falou pensando no que iria dizer. - Inicialmente, criar briga, vai deixar Milena brava. Dylan é do 1 ano, aproveita essa chance e tenta fazer Milena feliz em todas as aulas. - Falou e Jack soltou um enorme sorriso. - Tente conquista-la, mostrar a ela que a ama muito! Sempre correr atras dela, dar flores, chocolate, conversar com ela!

Jack sorriu e abraçou Emily, parecia que a ideia da menina havia sido excelente, Murta apareceu rapidamente no espelho e Emily soltou um grito enorme de costume, odiava aquele fantasma pensou enquanto voltava a seu estado normal enquanto Jack ria da situaçao. - Voltando... Voces sao da mesma comunal... Assim voce tem mais chance de mostrar a ela o quanto a ama, sei que no fundo ela ainda gosta de voce! - Falou e Jack sorriu na mesma hora - Tem razao maninha! Tenho que ir conquistando ela, mostrando ue vale a pena me dar uma segunda chance - Emily sorriu e se aproximou do amigo e em seguida lhe abraçou passando a mao em suas costas - É so voce querer que consegue! - Falou e em seguida ele respondeu






Emily Watsgrint
Robb
 
Monitora Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 23
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

Emily R. Watsgrint

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Jack A. Padalecki em Sab 25 Out 2014, 13:32

Conversando
Com Ems


 

Me aproximei de Ems e falei:

 - Obrigado Ems, por ter cuidado de mim, por se importar comigo. Estou muito confuso, não sei oque fazer, eu quero me vingar dele, mas não quero fazer uma visitinha na sala de sua mãe, Ems eu ainda amo Milena, Ems oque eu faço, oque eu faço? Me ajuda Ems.
Me aproximei mais ainda de Ems e a apracei, eu não sabia oque fazer, precisa muito da ajuda dela para saber oque realmente eu queria fazer. Quando o abraço acabou, me escorei sobre uma pia que estava atras de mim, encarei Ems, respirei fundo e então disse:
 - Ems oque eu faço, preciso de um dos seus ótimos conselhos agora.
Dou um sorrisinho e então Ems disse....


Legenda: 
 Narração
Minhas Falas.
 
[/size]
Monitor Grifinoria

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 24
Casa:: Grifinoria
Time: Morcegos de Ballycaste

Jack A. Padalecki

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Emily R. Watsgrint em Sab 25 Out 2014, 13:09

Banheiro abandonado




Emily + Jack



Emily levou Jack ate o banheiro onde Murta vivia, pegou papel higienico velho de uma das cabines e o molhou e em seguida passou no rosto de Jack, que estava bem avermelhado devido ao soco de Dylan. Enquanto Emily limpava o machucado, Jack insinuava com a mao movimentos do feitiço "Accio".  - Mas que diabos esta fazendo Jack? - Perguntou  e o menino na mesma hora respondeu que estava planejando se vigar de Dylan. Emily lhe deu um tapa bem no machucado e ele se esquivou com um pouco de dor.

- Jack Aslan, oque pensa em fazer? - Perguntou ja raivosa, o menino afirmou que queria revanche. Emily soltou o papel higienico e cruzou os bracos para o menino que lhe olha confiante em sua decisao. Emily demora um pouco para voltar a falar. - Atacar um aluno com feitiços é probido! A nao ser que seja um duelo supervisionado por um adulto! - Falou raivosa, parecendo realmente uma corvina que obedece todas as regras - Sem falar que voce pode se ferrar na mao da Alexia! - Falou e logo em seguida Jack se aproximou e falou





Emily Watsgrint
Robb
 
Monitora Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 23
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

Emily R. Watsgrint

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Banheiro Abandonado Feminino

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Novo Tópico   Responder ao tópico
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum