Postadores do Mês
James
1º Lugar
Jennifer
2º Lugar
Chad
3º Lugar
Ben
4º Lugar
Últimos assuntos
» Registro do Espelho do Destino
Qua 19 Abr 2017, 12:11 por Petra Kim DiNozzo

» Produtos
Ter 28 Mar 2017, 21:13 por Petra Kim DiNozzo

» Interior da Floresta Negra
Qui 16 Mar 2017, 23:00 por Circe, o Basilisco

» Cela 32
Qui 16 Mar 2017, 22:40 por Robert S. Winchester

» Entrada de Azkaban
Qui 16 Mar 2017, 22:40 por Circe, o Basilisco

» Escritório
Qui 16 Mar 2017, 14:41 por Emily R. Watsgrint

» Campo de Quadribol
Seg 13 Mar 2017, 16:18 por Isabella F. Highmore

» Corredores do Quinto Andar
Dom 12 Mar 2017, 22:27 por Emily R. Watsgrint

» Pedidos do RPG
Dom 12 Mar 2017, 21:28 por James C. Armstrong

Conectar-se

Esqueci minha senha

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

[ Ver toda a lista ]


O recorde de usuários online foi de 42 em Ter 17 Jun 2014, 19:05
Parceiros 2/44

Caldeirão Furado

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Caldeirão Furado

Mensagem por Alexia R. Watsgrint em Dom 08 Abr 2012, 12:54

Caldeirão Furado



Bar e hospedaria situado em Londres, entre uma livraria e uma loja de discos. Pode servir como uma "ponte" entre os mundos mágico e trouxa. Passa quase despercebido pelo lado de fora. Nos fundos do bar, no quintal, localiza-se a passagem secreta para o Beco Diagonal, batendo-se com algo nos tijolos da parede por cima da lata de lixo, no terceiro tijolo para cima, segundo para o lado. Dentro do bar, o lugar é escuro e pobre, com um número de mesas nas sombras dos cantos. Em contraste com a sujeira do bar, se encon tra alguns quartos inesperadamente agradável no andar de cima onde bruxos e bruxas podem ficar durante a noite. Estes quartos são alcançados por meio de uma escada bonita de madeira, e tem camas confortáveis, mobiliário em carvalho polido, um fogo crepitante que está sempre aceso e que se localiza em uma lareira.

Debaixo das escadas que levam ao segundo andar, se encontra um segundo conjunto de escadas que levam para o porão. As escadas sai na parede da direita, onde duas salas de estar contendo um sofá vermelho e cadeiras aninhadas em cada canto deste lado. A parede da frente tem um palco com cortinas vermelhas na frente de uma área de visualização rebaixada. A parede traseira é branca, mas a parede da esquerda tem outra sala de estar e bar. No entanto, o porão, ao que parece, é bloqueado sem nenhum motivo aparente.


Aqui vende-se:

Agua de Gilly 5 nuques
Rum de Groselha 7 nuques
Abobarás Espumante 6 nuques
Velho Uísque de Fogo Ogden 7 nuques
Hogwarts Direção
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 78
Casa:: Corvinal
Time: Canhões de Chudley

Alexia R. Watsgrint
http://acciohogwarts.forumeiros.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Robert S. Winchester em Sab 25 Jan 2014, 06:19

Minha mãe e eu paramos em frente ao balcão o atendente nos encarou, ela estava intensamente desconfortável com a situação, era obvio que não pertencia aquele ambiente, ela sorriu meio sem graça e entregou um papel para o homem atrás do balcão, ele o abriu e leu, olhou para ela e depois diretamente para mim.

- Sigam-me.

Ele nos levou para o fundo das lojas e parou em frente a um muro de tijolinhos, tirou uma espécie de graveto da roupa e bateu nos tijolos, de maneira incrível os tijolos começaram a se mover e revelaram um outro lugar, obviamente aquilo não era Londres. Minha mãe parou a minha frente e me entregou uma pequena bolsa verde amarrada por uma corda amarela.

- Meu filho, aqui dentro tem galeões, que é o dinheiro utilizado ai dentro, o primeiro lugar que você tem que ir é no banco, Gringotes é o nome se não me engano, vá e compre o que precisar, você sabe o que precisa? – fiz que sim com a cabeça – Eu iria com você, mas acho que seria muita informação de uma única vez, tudo bem?

- Não se preocupe... Ficarei bem!

Ela me deu um abraço e eu fui rumo a passagem entre os tijolos.



ɸ Slytherin ɸ

Robert S. Winchester
Monitor Sonserina
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 26
Casa:: Sonserina
Time: Morcegos de Ballycaste

Robert S. Winchester

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Marie R. Stonkovick em Seg 10 Nov 2014, 18:16


Nada.. Nada.. Nada..



- Seu nome me diz a que família pertence, e saber disso me esclarece quem tenho que ameaçar. – Eu senti que a paciência dele estava se esgotando então seria mais divertido agora. – Quer algo não entediante? Ótimo, vou te dar um pouco de diversão, enquanto ganho tempo. – ele me puxou bruscamente e aparatamos.

Eu não reconheci o lugar de primeira mas aos poucos percebi que já havia estado aqui, algumas vezes: Caldeirão furado.

- Serio? – eu disse fazendo uma cara de tédio – o que eu vou fazer aqui? N-A-D-A.. mais uma vez. - Sentei-me num banquinho no balcão e fiquei encarando o comensal. – eu to com fome. E com sono. E preciso trocar de roupa é serio, sem provocações agora.

Disse e cocei meus olhos e esperei que o ser abominável dissesse algo a respeito das minhas observações.




tagged: ◄ post: 15
◄ notas: Peste Bulbonica ◄ vestindo: Roupa
credits:[url=sugaravatars.forumeiros.com/u330]○ masquerade girl[/url] by sugar avatars




Just come to make me feel alive
- 15 - Come make a mess with me
Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 14
Casa:: Corvinal
Time: Morcegos de Ballycaste

Marie R. Stonkovick

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Lucca Van Razorback em Seg 10 Nov 2014, 18:31



The Death Eater
Eu suspirava fundo, mas logo retomei minha tranquilidade, dizendo – Está bem, vá para um dos quartos e se arrume, depois volte pro bar, podemos nos distrair... Quem sabe com uma dança ? - Sorri da maneira mais gentil possível, até porque ainda estava procurando uma forma de lidar com a menina sem ter que prende-la e amordaça-la, o que realmente seria mais fácil, e não poderia deixar de cogitar.

Olhei para o senhor do balcão e pedi um Velho Uísque, entregando o dinheiro em seguida. Virei o copo de uma única vez, realmente estava precisando daquilo. Consequentemente tomei mais outro e mais outro, e mais um último, para finalizar.
 






Comensal │ Vice-Ministro | Sonserino │ Mestiço │ Alcoólatra
Lucca Van

Razorback
Ministerio Vice-Ministro
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Sonserina
Time: Nenhum

Lucca Van Razorback

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Marie R. Stonkovick em Seg 10 Nov 2014, 18:46


Roupa Roupa Roupa



- Me arrumar? E vou por o que? Quer que eu desça pelada? – disse meio alto – eu preciso de roupa. – disse apontando para minha roupa suja.

O vi pedir alguma coisa no bar e revirei os olhos e subi as escadas indo para um quartos. E, pensei dançar? Serio? Dançar? Desci as escadas de novo e fiquei encarando o comensal que bebia igual um condenado.

- Roupa. – foi a única coisa que eu disse parando ao seu lado.




tagged: ◄ post: 16
◄ notas: Peste Bulbonica ◄ vestindo: Roupa
credits:[url=sugaravatars.forumeiros.com/u330]○ masquerade girl[/url] by sugar avatars




Just come to make me feel alive
- 15 - Come make a mess with me
Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 14
Casa:: Corvinal
Time: Morcegos de Ballycaste

Marie R. Stonkovick

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Lucca Van Razorback em Seg 10 Nov 2014, 19:14



The Death Eater
Simplesmente ignorei a repetitividade da garota enquanto bebia, até que a última dose terminou, e fui obrigado a respondê-la. – Não acredito que entre centenas de alunos fui pegar a mais mimada de Hogwarts... – Empunhei minha Varinha e apontei para o corpo de Marie, sendo mais especifico... Para suas roupas, destruindo completamente o meu orgulho e conjurando o Feitiço “Limpar” de forma não verbal.

- Pronto, devem estar usáveis agora, suma logo e não demore pra voltar – Falei em voz baixa, com a intenção de não chamar atenção.






Comensal │ Vice-Ministro | Sonserino │ Mestiço │ Alcoólatra
Lucca Van

Razorback
Ministerio Vice-Ministro
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Sonserina
Time: Nenhum

Lucca Van Razorback

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Astrid Delacroix em Seg 10 Nov 2014, 20:11


De Mulher para Mulher


Ao ver a marca no céu sombrio aparato rumo onde estava Lucca. Caldeirão Furado é um bom lugar de esconderijo. Quero me divertir logo com a vítima.

Ao adentrar o local, sinto de longe o cheiro de garota mimada. A pego pelo braço como se me passasse por mãe e a levo para um quarto onde ao ver Lucca tentar entrar digo:

-Fique lá embaixo não quero interferências!.- digo com tom sério e encantador devido a ser Veela. Me volto a olha-la e lanço um feitiço que galhos de árvores a prendem na parede e a deixam imóvel.

-"Crucio"!.- digo e a vejo se contorcer de dor.-Sabe não pretendo lhe ferir de modo algum, afinal, meu alvo é algo melhor que menina mimada e irritante!. Afirmo e a ouço dizer.

Narração ✖ EuPensamentosOutros


ONDE: Caldeirão Furado ✖ COM: Lucca e Marie ✖ VESTINDO: Ava

Comensal

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Sonserina
Time: Nenhum

Astrid Delacroix

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Lucca Van Razorback em Seg 10 Nov 2014, 20:28



The Death Eater
Astrid chegava, estava bela e encantadora como sempre, com seus cachos loiros e aqueles olhos sedutores. Porém, ela continuava má, e sem os mesmos princípios que eu... Pegando Marie bruscamente pelo braço e levando-a para um quarto, resolvi não interferir, até que escutei gritos, e sem pensar duas vezes, mirei na porta com minha Varinha, exclamando – Bombarda ! – A porta se fez em pedaços, e eu adentrei de supetão, agarrando a Comensal pelo braço e puxando-a para perto de mim, desfazendo a Maldição que estava sendo direcionada para a garota. – Ela é apenas uma jovem que estava no lugar errado, na hora errada... Espero que isso não aconteça novamente, e que você foque no plano agora que estamos finalmente juntos. – Nossos rostos ficaram próximos a ponto deu poder sentir sua respiração, contudo, assim que o estresse momentâneo passou, fui até a menina pegando em uma de suas mãos – Se concentre em outra coisa, e a dor passará em questão de segundos.






Comensal │ Vice-Ministro | Sonserino │ Mestiço │ Alcoólatra
Lucca Van

Razorback
Ministerio Vice-Ministro
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Sonserina
Time: Nenhum

Lucca Van Razorback

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Marie R. Stonkovick em Ter 11 Nov 2014, 10:41


Medo.. Medo.. !!!



– Não acredito que entre centenas de alunos fui pegar a mais mimada de Hogwarts... – ele disse e conjurou um feitiço que limpou minas roupas - Pronto, devem estar usáveis agora, suma logo e não demore pra voltar.

Parei para pensar no que ele dissera “suma logo e não demore para voltar”.. não entendi se era pra eu sumir ou não demorar. Mas enfim estava com muito sono para ser sarcástica com o comensal agora. Quando decidi subir alguém pegou em meu braço e me puxou a força para cima.

-Fique lá embaixo não quero interferências!. – a mulher, provavelmente outra comensal, disse ao outro comensal e conjurou um feitiço o qual galhos me prenderam na parede e não conseguia me mexer e pensei “ótimo agora me ferrei.. vou lembrar de não fazer piadinhas com comensais da próxima vez” - Crucio!.- ela disse e uma dor insuportável me inundou, dei gritos agudos e em meio aos gritos ouvi ela dizer - Sabe não pretendo lhe ferir de modo algum, afinal, meu alvo é algo melhor que menina mimada e irritante.

Eu já havia levado um “crucio” mas esse fora diferente, a dor era pior ou algo assim. Passou alguns intantes  o comensal que me trouxe para Londres entrou no quarto e a pegou bruptamente fazendo sua concentração quebrar.

– Ela é apenas uma jovem que estava no lugar errado, na hora errada... Espero que isso não aconteça novamente, e que você foque no plano agora que estamos finalmente juntos.  – quando ele disse isso eu pensei “eu estava no lugar certo, na hora certa, esse ai que não era pra estar lá”. Logo senti os galhos afrouxarem e eu meio que cai, senti ele pegar minha mão e dizer – Se concentre em outra coisa, e a dor passará em questão de segundos.

Fiz o que ele disse e pensei se alguém já estaria vindo me procurar, se minha mãe já estava sabendo, por mais que não tenhamos nos falado mais após o baile. Me perguntava como fugir dali. A dor começava a desaparecer aos pouquinhos como ele disse, soltei minha mão da sua e me levantei escorando me na parede.

- Obrigada – disse a ele e me sentei na cama, encolhida bem no canto. Foi a única coisa que disse pois agora eu estava com medo, mas não do comensal e sim da comensal. Fiquei encarando-a com raiva em meus olhos e então ouvi um deles falar.


tagged: ◄ post: 17
◄ notas: Peste Bulbonica e A Comensal do mal◄ vestindo: Roupa
credits:[url=sugaravatars.forumeiros.com/u330]○ masquerade girl[/url] by sugar avatars




Just come to make me feel alive
- 15 - Come make a mess with me
Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 14
Casa:: Corvinal
Time: Morcegos de Ballycaste

Marie R. Stonkovick

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Lucca Van Razorback em Ter 11 Nov 2014, 11:10



The Death Eater
Finalmente Marie me falou algo que não fosse sarcasmo, o que me fez pensar que talvez ficasse mais fácil de agora em diante, apesar de Astrid não colaborar tanto para isso. – Não bebi o suficiente pra uma situação como essa. – Falei em voz baixa me retirando do quarto. Quando estava no buraco feito na parede onde antigamente se localizava a porta, me virei e disse – Garota, tome logo o maldito banho e relaxe, se preferir não precisa mais descer... Vou “acertar as contas” com o senhor da recepção. – Desci as escadas, meu rosto estava sério porque as partes mais complicadas do plano estavam chegando... E era hora de Astrid partir para nosso objetivo. Sentei-me novamente no balcão, o homem que me atendia fez uma cara de espanto ao me ver todo empoeirado e provavelmente deduzindo que o barulho foi causado por mim, mas não disse nada, simplesmente me serviu mais algumas doses de Uísque, que eu voltei a tomar , dessa vez um pouco mais devagar.






Comensal │ Vice-Ministro | Sonserino │ Mestiço │ Alcoólatra
Lucca Van

Razorback
Ministerio Vice-Ministro
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Sonserina
Time: Nenhum

Lucca Van Razorback

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Astrid Delacroix em Ter 11 Nov 2014, 19:08


Volta/Hora da Troca


Ao chegar subo com a menina e adentro o quarto e digo.-Pena quero meus cachos loiros de volta e minha aparência também!.- digo e vejo Marie se espantar comigo e mais ainda com a jovem a meu lado.-Marie encontrei sua irmã gêmea!.

Pus a jovem sentada a meu lado e falei.-Hora de entrega-la e para irmos logo para o esconderijo Lucca, não é mesmo Isabelle?.- digo e vejo Lucca ficar sério e dizer.

Narração ✖ EuPensamentosOutros


ONDE: Caldeirão Furado ✖ COM: Lucca,Marie e Isabelle ✖ VESTINDO: Ava

Comensal

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Sonserina
Time: Nenhum

Astrid Delacroix

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Lucca Van Razorback em Ter 11 Nov 2014, 19:33



The Death Eater
Estava de braços cruzados, sentado no balcão do bar, ainda me embriagando o quanto pudesse, até que Astrid surgia. – Faça como bem entender, estou indo para algum lugar... – Disse antes que ela pudesse me falar qualquer coisa. Realmente esse rapto havia sido inútil em questões técnicas, porém, não posso deixar de admitir que meu tédio se foi durante o tempo em que fiquei com a menina, e também, que como Astrid gostava de ressaltar, eu era coração mole, e havia me apegado de certo modo àquela jovem.

Ignorando totalmente a Comensal, subi novamente, indo até a Aluna com passos lentos , um tanto cambaleados talvez – Bom... Não vou pedir desculpas porque não estou arrependido. Mesmo você sendo completamente neurótica e demasiadamente sarcástica, acho que na verdade... Eu é que estava no lugar certo, e na hora certa. – Dei um último sorriso , completando - Ainda está em tempo de desistir da escola e começar a levar uma vida de verdade. – Brinquei, como se oferece uma proposta, e antes que me esquecesse, devolvi a Varinha da mesma. Em seguida, me retirei do local, esperando que a minha parceira terminasse seus afazeres e eu pudesse partir de vez, obviamente que não pretendia voltar pro Esconderijo... Quem sabe a Floresta Proibida ? Poderia dar sorte novamente.







Comensal │ Vice-Ministro | Sonserino │ Mestiço │ Alcoólatra
Lucca Van

Razorback
Ministerio Vice-Ministro
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Sonserina
Time: Nenhum

Lucca Van Razorback

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Marie R. Stonkovick em Qua 12 Nov 2014, 10:14


hmmmmmmmm



– Garota, tome logo o maldito banho e relaxe, se preferir não precisa mais descer... Vou “acertar as contas” com o senhor da recepção. – ele então saiu pelo buraco onde seria a porta.

- Affe – eu disse e fui até a janela do lugar – é alto pra pular – sentei-me na cama novamente e fiquei ali pensando em um jeito de fugir.

Passou algum tempo e  nada nem da comensal nem do comensal, decidi ir tomar banho mas quando me preparei para levantar entrou.. minha mãe? E.. eu? Fiquei confusa e pensei “poção polissuco”. E me espantei.

-Pena quero meus cachos loiros de volta e minha aparência também! – disse a comensal que estava com a aparência de minha mãe. -Marie encontrei sua irmã gêmea!. – fiquei pensando em quem seria a pessoa que estava com a minha aparência, fiquei perplexa com isso, e uma completa idiotice -Hora de entrega-la e para irmos logo para o esconderijo Lucca, não é mesmo Isabelle?

- Como você teve coragem? -  eu disse encarando Isabelle – coragem de ajudar pessoas como ela?

Antes que ela respondesse ou expressasse qualquer reação o Comensal entrou no quarto, cambaleando, “mais é um bebum mesmo” eu pensei e fechei a cara.

– Faça como bem entender, estou indo para algum lugar... – ele disse e começou a caminhar em minha direção, e conforme ele avançava eu recuava até que encostei na parede e pensei “ai vou morrer agora” e ouvi ele dizer – Bom... Não vou pedir desculpas porque não estou arrependido. Mesmo você sendo completamente neurótica e demasiadamente sarcástica, acho que na verdade... Eu é que estava no lugar certo, e na hora certa. – ele sorriu, e aquele sorriso me deu medo - Ainda está em tempo de desistir da escola e começar a levar uma vida de verdade.

- Não pedi suas desculpas, e mesmo que me as concedesse eu não iria aceita-las. – disse arrogante. Ele devolveu minha varinha e se retirou novamente do quarto, olhei para a comensal – Sabe.. você pode saber meu nome, usar a aparência da minha mãe – disse enquanto andava até ela, a vi pegar a varinha – fazer essa dai usar a minha, porem mesmo assim eu sou uma coisa, que ela não é.. e que poção nenhuma pode fazer ela ser – vi sua cara se transformar em um grande ponto de interrogação – Vampira.

Disse e corri rapidamente para a pessoa morena que se encontrava em minha frente, minhas presas se puseram para fora e as cravei no pescoço da comensal.



tagged: ◄ post: 18
◄ notas: Peste Bulbonica e A Comensal do mal e Isabelle◄ vestindo: Roupa
credits:[url=sugaravatars.forumeiros.com/u330]○ masquerade girl[/url] by sugar avatars




Just come to make me feel alive
- 15 - Come make a mess with me
Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 14
Casa:: Corvinal
Time: Morcegos de Ballycaste

Marie R. Stonkovick

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Astrid Delacroix em Qua 12 Nov 2014, 10:48


Partida/Hora da Entrega


Senti aquela peste me morder e a joguei longe. Caminhei até a mesma e a fiz desmaiar.-Isabelle a carregue!.- afirmei e a mesma cumpriu o que pedi e segurei Lucca que estava bêbado.

Assim que Isabelle estabelecera o peso de Marie e tenha segurado em minha mão assim como Lucca. Assim saímos do estabelecimento e aparatamos.

Narração ✖ EuPensamentosOutros


ONDE: Caldeirão Furado ✖ COM: Lucca,Marie e Isabelle ✖ VESTINDO: Ava

Comensal

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Sonserina
Time: Nenhum

Astrid Delacroix

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Lucca Van Razorback em Qua 12 Nov 2014, 11:07



The Death Eater
Astrid pretendia me levar para Hogwarts junto dela, o que seria completamente desagradável, e eu imaginava o que ela iria fazer comigo depois de todas as minhas ações daquela noite.  – Desculpe amor , mas não vai ser dessa vez... Foi ótimo te ver de novo , já disse que continua linda ? – Ironizei no meio de minhas falas , rapidamente usando um feitiço não verbal popular entre os Comensais, me tornando uma nuvem negra , como se fosse fumaça, e voando para fora do estabelecimento, estourando uma das janelas e continuando a seguir meu caminho, mesmo que na verdade estivesse sem rumo.







Comensal │ Vice-Ministro | Sonserino │ Mestiço │ Alcoólatra
Lucca Van

Razorback
Ministerio Vice-Ministro
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Sonserina
Time: Nenhum

Lucca Van Razorback

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Nathalie H. Monreal em Sab 10 Jan 2015, 16:01







Poção capilar foi a unica coisa que eu realmente havia me interessado nas aulas de poções quando era aluna. Unica poção que utilizava ate hoje, poder mudar meu cabelo, deixa-lo curto ou longo, era quase um Hobbie. Havia me dado umas ferias de Hogwarts, ficar vigiando o menino toda hora chegava a ser um tanto entediante, precisa esperar a invasão do Lorde no castelo para finalmente poder me livrar desta tarefa e torturar algumas crianças inocentes.

Após me transformar em corvo novamente e voar horas ate londrês, voltei a me transformar em humana, cansada já que se transformar requeria muita energia, assim que entrei no caldeirão furado, me sentei na cadeira de frente para o balcão. Sorri falsamente para o garçom, um sorriso falsamente provocante, ele sorriu de volta, banguelo e fedorento. - Rum de Groselha - Falei e ele fora buscar, estava cansada, nada que uma bebida não fizesse bem. Assim que voltou sorri novamente e lhe pisquei o olho como uma forma de agradecimento por sua inútil colaboração. O lugar era um tanto imundo, mas era perfeito para virar a noite papeando com cada idiota que vinha lhe dar uma cantada. O balconista começou a puxar assunto, ninguem merecia algo desse tipo um pobre coitada achando ter chances como alguem como eu.

Fui na onda, sorri e o provoquei, provocar e destruir era meu lema, logo logo esse velho homem iria virar poeira. - Se quiser podemos subir, tem um quarto com uma menina ali, mas posso retira-la de la! - Falou e logo meu interesse fora despertado, me aproximei dele com um sorriso provocante - Que menina? - perguntei o velho homem banguela comentou achar que talvez a menina fosse de Hogwarts ou de outra instituição bruxa. - Me sirva mais um rum e desapareça - Falei e vi o banguela fechar a cara, um tanto medo transbordou em seu rosto, ele saiu para pegar mais um rum, enquanto esperava o rum, fiquei pensando em que menina poderia ser.





Nathalie Bar-manPensamentoLorde das Trevas


Transformaçao




♛ Nathalie Hathaway Monreal ♛
♛ I'm going to burn your soul  ♛
Comensal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 41
Casa:: Lufa-lufa
Time: Harpias de Holyhead

Nathalie H. Monreal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Victor Blackheart em Sex 02 Set 2016, 20:58

Uma Bebida...



Andando pelas ruas de Londres, imaginava meios de poder me entreter com algo. Não havia muita coisa a fazer, para ser sincero, nada. No entanto, isso não seria suficiente para que eu ficasse parado sem fazer nada, dentre os motivos o principal era o fato de ter ido voando até Askaban e tido uma revelação nada agradável sobre como estava o lugar. Ergui os olhos e li o nome da rua em que estava, Rua Charing Cross, estava escrito em uma placa ao virar a esquina e logo lembrei do significado daquilo. O Caldeirão Furado estava bem próximo e fazia muito tempo desde a última vez em que coloquei meus pés ali, o que me animou de visitá-lo outra vez. Ao entrar no local, percebo que há um movimento razoável. Uma maior parte de homens, a maioria com um semblante nada agradável, mas sequer os encarei por muito tempo. Meu objetivo ali era, sem dúvida, beber alguma coisa. - Uma cerveja amanteigada, por favor. - Pedi e o atendente logo foi providenciar. Aguardei no balcão, pacientemente, enquanto observava o local com mais atenção. - Obrigado! - Disse com um sorriso satisfeito ao receber meu pedido. Agora, era questão de procurar uma mesa. Naturalmente, eu procurei uma mesa no canto do local, mas ela estava ocupada por uma mulher.
A mulher era belíssima, de modo que me questionei o que ela fazia ali, sorri e me dirigi para essa mesa e ao ficar diante da garota, sorri. -Posso? - Indiquei uma cadeira vazia, aguardando qualquer que fosse a resposta dela, ainda com o sorriso.

Narração <> Victor <> Faith

Ministerio Ministro
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 78
Casa:: Lufa-lufa
Time: Canhões de Chudley

Victor Blackheart

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Faith W. Redwyne em Sex 02 Set 2016, 22:10

Um encontro

Era uma noite bastante fria, havia acabado de sair do St Mungus, após um longo dia de trabalho, caldeirão furado seria um ótimo lugar para me divertir, rapidamente eu chego lá, várias lembranças daquele lugar passavam pela minha cabeça, estava solitária quando eu ouço uma voz masculina, sorrio e olho para o rapaz, que é belíssimo e aquele rosto me parecia bastante familiar e eu respondi de maneira cortês :-Sim, pode se sentar
- Fiz um sinal para que ele se sentasse na cadeira a minha frente, com certeza estava pronta para uma diversão.
◦◦◦
St. Mungus MediBruxo
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa::
Time: Nenhum

Faith W. Redwyne

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Victor Blackheart em Ter 06 Set 2016, 14:25

Uma Bebida...



Puxei a cadeira e me sentei, depois me coloquei à observar a adorável mulher a minha frente, seus cabelos caídos levemente sob os ombros com apenas algumas madeixas de sua franja caindo delicadamente no rosto. Ajeitei-me na cadeira para ficar mais confortável, depois sorri enquanto bebericava um gole de minha bebida. - Espero não estar sendo indelicado... - Falei chamando a atenção da mulher a minha frente. - Mas a senhorita é uma mulher belíssimas!... Desculpe-me mas me faria a honra de saber seu nome?
- Faith W. Redwine.
A mulher sorriu, fiz uma leve referência com a cabeça e ergui a mão para o garçon, sinalizando para o mesmo trazer dias taças vinho ao invés de cerveja amanteigada. - Eu me chamo Victor. - Sorri, eu havia me acostumado a parar de dar meu sobrenome aos assumir o cargo de ministro, uma vez que eu detestava misturar minha vida pessoal a profissional. - Então bela dama... O que lhe traz neste estabelecimento?

Narração <> Victor <> Faith

Ministerio Ministro
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 78
Casa:: Lufa-lufa
Time: Canhões de Chudley

Victor Blackheart

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Faith W. Redwyne em Ter 06 Set 2016, 15:32

Um encontro

O rapaz era muito atraente, seus cabelos arrumados e seus olhos claros chamaram a minha atenção, gostei dele, alem de ser cortês ou seja belíssimo demais, característica bem incomum entre os homens, ele me elogiou e confesso que gostei muito e até dei um sorriso de canto de rosto, após me apresentar, ouvi ele dizer seu nome "Victor", nome familiar, me lembrei da minha mãe Teora mencionar esse nome na época que eu estava em Hogwarts, mas preferi nao entrar em maiores detalhes afinal poderia causar algum constrangimento, coloquei uma mecha por de trás da minha orelha, após ele pedir duas taças de vinho, eu digo com uma voz suave e encantadora.
:-Pode me chamar de Faye, se assim quiser,  achei esse lugar interessante para ir após um expediente no
St Mungus e não sabia que esse lugar é frequentado por cavalheiros tão belos, quanto você, me desculpa esse elogio, afinal você pode ser comprometido com alguma pessoa
.

Era óbvio, que mulher nao ia gostar de alguém inteligente, cortês, respeitoso e bonito, esperei alguma resposta enquanto esperava o vinho chegar.
◦◦◦
St. Mungus MediBruxo
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa::
Time: Nenhum

Faith W. Redwyne

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Victor Blackheart em Qui 08 Set 2016, 11:21

Uma Bebida...



Sorri e encarei a garota, sua voz era doce e suave, quase uma canção, ela parecia diferente, o que despertou uma sensação a muito esquecida, sensação que reprimi imediatamente, não podia permitir mais complicações em minha vida. Respirei fundo e desviei o olhar, não queria parecer deselegante prendendo-a a um estranho, mas não queria que a conversa se encerrasse ali. - É um prazer conhecer alguém tão adorável senhorita Faye. – respirei fundo e tomei um curto gole da taça de vinho novamente – Na verdade... – disse voltando a fita-la – Não sou casado, como passei grande parte de minha juventude e vida adulta realizando pesquisas em outros países ou a serviço do Ministério de Londres, não tive o prazer de me envolver com ninguém. - a encarei levemente - E quanto a você? - Sorri esperando sua resposta, ela remexeu a taça que segurava, talvez estivesse desconfortável com aquela conversa, de modo que me apressei em completar.
- Não é obrigada a se prender a esta conversa... – ela me encarou – Peço desculpas, iniciei esta conversa e acabei te arrastando para isto... Espero que saiba que tem total liberdade para ir embora quando quiser! - Ela me encarou, sorri sem graça, talvez eu devesse simplesmente me afastar e ir embora.

Narração <> Victor <> Faith

Ministerio Ministro
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 78
Casa:: Lufa-lufa
Time: Canhões de Chudley

Victor Blackheart

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Faith W. Redwyne em Qui 08 Set 2016, 13:10

Um encontro

Victor me fez sorrir, ao responder a pergunta, ele é solteiro, isso é muito bom, tive um sentimento esquisito assim que olhei para ele, enquanto eu queria conversar com ele outras vezes, ouvir sobre o trabalho dele e sobre as experiências de vida dele, um rapaz bastante culto digasse de passagem, ele perguntou sobre mim e eu respondi após beber um gole da taça de vinho:
-Sou solteira, me formei em Hogwarts dois anos atrás, com o apoio da minha mãe Teora e da minha irmã mais nova Jennifer- Me lembrei das duas bem feliz-, comecei a me interessar pela Medibruxaria e atualmente exerço essa profissão no Mungu's, amo ajudar as pessoas- Sorri e rapidamente nossas mãos se tocaram e eu me senti bem a vontade e eu completei a frase:-Estou amando ficar com você, e tão bom conversar com alguém que possui tantas qualidades, estou com muito tempo, então não precisa se preocupar com isso, espero que esteja gostando da minha conversa Victor- Pisquei e sorri para ele sem graça e logo dei uma risadinha, ele havia se sujado com o vinho, após um tempo eu percebi é e disse para Victor:-Espere um pouco que eu já vou te ajudar-
Depois disso, estávamos bastante próximos e eu não sabia o que fazer, aqueles olhos foram de encontro aos meus, e estava sem qualquer reação.
◦◦◦
St. Mungus MediBruxo
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa::
Time: Nenhum

Faith W. Redwyne

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Victor Blackheart em Qui 08 Set 2016, 22:54

Uma Bebida...



- Espero que esteja gostando da minha conversa Victor? - A pergunta dela me pegou distraído, na verdade imaginava que não estivesse demonstrando meu desconforto tão nitidamente, não que estivesse me sentindo desconfortável com a conversa ou com ela, na verdade Faye me deixava, de algum modo, totalmente à vontade. Mas talvez o motivo fosse exatamente aquele, de alguma maneira aquela mulher me interessara, de algum modo ela me atraía. E talvez esse sentimento que de alguma maneira eu nutrira por aquela mulher, esse desejo de continuar a conversa com Faye fosse o motivo de meu desconforto, afinal a mulher era notavelmente mais jovem do que eu.
Acabei por me distrair e derramar vinho sob minha blusa, uma coisa lastimável. - Espere um pouco que eu já vou te ajudar! – Peguei um guardanapo para limpar a blusa e acabei por tocar a mão de Faye. Ao tocar sua pele eu senti meu coração acelerar, sua pele macia, suave e sedosa, aquilo me despertou sentimentos que deveriam morrer imediatamente, mas mesmo sabendo daquilo, mesmo me recriminando por aquilo, eu ainda estava ali, olhando seus belos olhos. – Não seria prudente senhorita Redwine! – Faye me olhou sem entender. – O que não seria prudente? – Me aproximei dela tocando levemente seu rosto, me aproximando lentamente, mas recobrei a consciência e me afastei, tão levemente quanto havia me aproximado. – Peço desculpas senhorita... Isto não fora educado de minha parte, principalmente em minha posição. - Forcei um sorriso, não sabia se ela havia entendido ou não, mas não achava necessário explicar, principalmente por que não sabia se voltaríamos a nos encontrar no futuro, afinal, eu andava tão ocupado com o Ministério que seria um milagre voltar a ter um momento livre tão cedo. A encarei. – Mas devo admitir que você é interessante senhorita Faye. - Ela me encarou e sorriu delicadamente. – Adoraria conhece-la melhor do que apenas neste encontro dado a nós pela casualidade. – Sorri, a verdade era que seria ideal eu me afastar dela, principalmente porque ela começara sua vida agora, mas, por algum motivo, ela simplesmente me atraía. – Por que não combinamos um jantar?

Narração <> Victor <> Faith



Última edição por Victor Blackheart em Sex 09 Set 2016, 11:45, editado 3 vez(es)
Ministerio Ministro
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 78
Casa:: Lufa-lufa
Time: Canhões de Chudley

Victor Blackheart

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Faith W. Redwyne em Qui 08 Set 2016, 23:31

Após ele derrubar o vinho, ficamos nos olhando, por alguma razão gostei muito quando nossas mãos se tocaram, meu coração começou a acelerar, havia um tempo que eu não sentia isso ocorrer, ele falou que não seria prudente e eu perguntei:

-O que não seria prudente ?-

Era notável que ele era certinho demais, típico britânico, sorri com meus pensamentos, está certo que ele é alguns poucos anos mais velho que eu, mas simplesmente nunca liguei para isso, afinal idade é só um número, mas entendia a preocupação dele, afinal Victor provavelmente está em uma posição de destaque na sociedade bruxa, talvez o chefe dos aurores ou trabalhar no ministério, simplesmente não me importo com o cargo dele, mas infelizmente existiam algumas regras no mundo trouxa, ele acariciou meu rosto de forma tão suave, como um típico lorde fala com uma dama e após ele se afastar pede desculpas e eu afirmo:

-Nao precisa se desculpar Vic, Victor, eu te entendo completamente, afinal sua posição exige certas regras -

Meus olhos brilhavam de fascinação, algo que não sabia explicar o que era, ele me encarou e após ele me chamar de interessante eu digo:

-Te acho interessante também, vou gostar de te conhecer mais "senhor" Victor-


Sorri instantaneamente, mesmo com eu ainda estando no auge da minha juventude, eu respondi ele:

-Eu gostaria muito de jantar com você-

Depois eu penso "A luz de velas é tão perfeito", após isso tinha cada vez mais certeza de que eu sentia algo forte por ele, incontrolável por ele, e eu esperava que fosse recíproco.
◦◦◦
St. Mungus MediBruxo
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa::
Time: Nenhum

Faith W. Redwyne

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Victor Blackheart em Sex 09 Set 2016, 10:59

Uma Bebida...



Manei a cabeça de forma positiva. – Será um prazer sem tamanho, Faye. – Digo em um tom amistoso, como o de costume quando dirigido a uma boa companhia. – Você se mostra ser uma mulher ainda mais extraordinária a cada momento que se passa. – Falo sorrindo em conjunto de um relance de olhares, Apoio-me com as duas mãos sobre a mesa, cruzando os dedos sob o queijo, enquanto meus olhares eram apenas dela. – É realmente encantadora... – Digo, permanecendo em silêncio por alguns minutos, o bastante para que pudesse apreciar com atenção aquele momento. Suspirei antes de dar seguimento na conversa. Decidi mudar o rumo da conversa, as pessoas ao redor começavam a notar e eu não queria aquele tipo de publicidade no momento, principalmente agora que a nova vice fora escolhido e a idade das duas não fossem de maneira nenhuma tão divergentes. Na verdade a última coisa que precisava era do Profeta ou da Witch Magazine sensacionalizando meu encontro com Faye, e principalmente criando piadinhas que poderiam levar a Heidi, cujo qual a proximidade devido ao trabalho era inevitável. – Eu estudei um pouco de Medibruxaria, na china, alguns anos atrás, - Apenas para termos de combate era claro, mas desnecessário falar aquilo - Talvez possa visitar o St. Mungus algum dia e ter uma guia inteligente ao meu lado. - Sorri, mas logo ouvi comentários ao redor, pequenos murmúrios sobre "Aquele não é o MInistro?", acabei por fechar a cara, meu encontro com a bela dama a minha frente havia terminado, sorri e me levantei. - Peço desculpas minha bela Faye... Mas preciso partir! - Tirei alguns galeõs e deixei sobre a mesa, o suficiente para pagar a conta e mais o que que Faye decidisse consumir após minha partida. - Espero nos revermos em breve! - Me inclinei para lhe dar um abraço, mas apenas a encarei em silencio, sorri e lhe dei um rápido beijo, nada escandaloso, não era um adolescente para fazer aquilo em público, assim que me afastei sorri, Faye era linda, deslumbrante, mas ali não era lugar para enlaces, sorri e me ergui novamente. - Lhe procurarei a respeito do jantar!
Sem mais delongas, sorri e deixei o bar, eu me arrependia do beijo, não por beijar Faye, mas pelo motivo que aquilo com certeza geraria uma ligação chata de alguém do Profeta perguntando sobre a garota, coisa que eu simplesmente não sabia se teria pasciencia, respirei fundo e, do lado de fora do bar, em um beco qualquer, aparatei dali.

Narração <> Victor <> Faith

Ministerio Ministro
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 78
Casa:: Lufa-lufa
Time: Canhões de Chudley

Victor Blackheart

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Caldeirão Furado

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum