Postadores do Mês
Lufa-lufa
000
Grifinória
000
Corvinal
000
Sonserina
000
Últimos assuntos
» Registro do Espelho do Destino
Qua 19 Abr 2017, 12:11 por Petra Kim DiNozzo

» Produtos
Ter 28 Mar 2017, 21:13 por Petra Kim DiNozzo

» Interior da Floresta Negra
Qui 16 Mar 2017, 23:00 por Circe, o Basilisco

» Cela 32
Qui 16 Mar 2017, 22:40 por Robert S. Winchester

» Entrada de Azkaban
Qui 16 Mar 2017, 22:40 por Circe, o Basilisco

» Escritório
Qui 16 Mar 2017, 14:41 por Emily R. Watsgrint

» Campo de Quadribol
Seg 13 Mar 2017, 16:18 por Isabella F. Highmore

» Corredores do Quinto Andar
Dom 12 Mar 2017, 22:27 por Emily R. Watsgrint

» Pedidos do RPG
Dom 12 Mar 2017, 21:28 por James C. Armstrong

Conectar-se

Esqueci minha senha

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 42 em Ter 17 Jun 2014, 19:05
Parceiros 2/44

Casa dos Gritos

Novo Tópico   Responder ao tópico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Casa dos Gritos

Mensagem por Alexia R. Watsgrint em Qui 08 Mar 2012, 11:58

Casa dos Gritos



Localizada em Hogsmeade, a Casa dos Gritos ganhou esse nome devido aos constantes gritos e gemidos que vinham de dentro dela, a cerca de 30 anos atrás. A casa foi silenciada há anos, mas a reputação de ser a casa mais sombria da Grã-Betanha permanece. As janelas são fechadas com tábuas e o jardim é úmido e mal cuidado. Para chegar lá existe apenas dois caminhos, pulando as grades que circulam o terreno da casa em Hogsmeade ou pela passagem pelo Salgueiro Lutador, que poucos conhecem.
Hogwarts Direção
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 78
Casa:: Corvinal
Time: Canhões de Chudley

Alexia R. Watsgrint
http://acciohogwarts.forumeiros.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Gritos

Mensagem por Lucca Van Razorback em Seg 10 Nov 2014, 13:24



The Death Eater
Tudo corria perfeitamente bem, consegui Aparatar na Casa dos Gritos junto com a menina, e por incrível que parece, este novo ambiente era ainda mais sinistro que o ultimo, podia ouvir vozes sussurrando em minha mente, e a escuridão continuava a me assolar, porém, não deixaria coisas tão fúteis atrapalharem meu Plano. – Qual seu nome garota ? – Falava em um tom sério, soltando-a enquanto me sentava no chão e escorava a cabeça na parede, sabia que ela não tentaria nada idiota, afinal, não havia ameaçado sua vida... Ainda.

- Protego Horribilis ! – Recitei, aponto minha Varinha para cima... Nesse instante, um campo mágico invisível ia se formando em volta da casa, para impedir que heróis inconvenientes entrassem (já que geralmente quem tenta forçar passagem se torna cinzas) e que lançassem feitiços de fora para dentro.

Depois disso, só me restava esperar pelos meus “reforços”.






Comensal │ Vice-Ministro | Sonserino │ Mestiço │ Alcoólatra
Lucca Van

Razorback
Ministerio Vice-Ministro
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Sonserina
Time: Nenhum

Lucca Van Razorback

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Gritos

Mensagem por Marie R. Stonkovick em Seg 10 Nov 2014, 13:47


Meu nome não lhe convem



– Qual seu nome garota ? – ele perguntou quando chegamos no lugar.

Nunca havia visto aquele lugar antes, mas parecia ser a casa dos gritos, quando ele me soltou procurei algum lugar para sentar, mas ali era imundo então fiquei andando pensando no que responder.

- Margarida.. não talvez seja Hagata.. acho que não, Sarah talvez – eu disse encarando o comensal sentado no chão – ou talvez seja Mikaella. Xenuria? Não..

Fiquei encarando o comensal até que ele esboçasse alguma reação a minha  



tagged: ◄ post: 11
◄ notas: Peste Bulbonica ◄ vestindo: Roupa
credits:[url=sugaravatars.forumeiros.com/u330]○ masquerade girl[/url] by sugar avatars




Just come to make me feel alive
- 15 - Come make a mess with me
Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 14
Casa:: Corvinal
Time: Morcegos de Ballycaste

Marie R. Stonkovick

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Gritos

Mensagem por Lucca Van Razorback em Seg 10 Nov 2014, 14:03



The Death Eater
A menina me respondia sarcasticamente, eu somente dei um sorriso de canto, e disse – Jura ? Teremos que ficar algumas horas nesse lugar amaldiçoado, e pretende gasta-las me provocando ? – Encarei-a ainda sorrindo, tinha bastante paciência com adolescentes, afinal, não fazia tanto tempo em que eu havia sido um.

Levantei e observei através das rachaduras da parede, um clima absurdamente pacato vinha de fora, virei-me para ela novamente, falando enquanto estendia a mão – Preciso da sua Varinha, só pra garantir que teremos uma boa convivência. – Em seguida, esperei pela arma da mesma, enquanto guardava a minha.







Comensal │ Vice-Ministro | Sonserino │ Mestiço │ Alcoólatra
Lucca Van

Razorback
Ministerio Vice-Ministro
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Sonserina
Time: Nenhum

Lucca Van Razorback

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Gritos

Mensagem por Marie R. Stonkovick em Seg 10 Nov 2014, 14:17


Sempre provocando



– Jura ? Teremos que ficar algumas horas nesse lugar amaldiçoado, e pretende gasta-las me provocando ? – devolvi o sorriso sarcástico.

- Vai ser minha única diversão se continuar com esse sangue de barata – disse o provocando sabia que se tentasse fugir meu lindo e belo corpinho não seriam nada mais que meras cinzas. Andei pelo comodo onde estávamos passando a mão pelas paredes e moves que tinham ali.

– Preciso da sua Varinha, só pra garantir que teremos uma boa convivência.  – boa convivência? Serio? Iludido mas tirei minha varinha do bolso da calça e quase disse um “engula se quiser” ou algo menos educado que isso.

– Não tinha um lugar mais limpo não.. isso aqui parece um chiqueiro, cê mora aqui né? Só pode.. ou passa alguns dias.. falando nisso eu preciso de roupa já que sua intenção é ficar aqui, também preciso de comida, agua, uma tv, um chuveiro – disse contando nos dedos, ainda provocando o comensal.

Eu sabia que uma hora ele iria se irritar mas não contava com isso tão cedo então iria continuar prococando-o até sairmos dali ou eu voltar para Hogwarts.




tagged: ◄ post: 12
◄ notas: Peste Bulbonica ◄ vestindo: Roupa
credits:[url=sugaravatars.forumeiros.com/u330]○ masquerade girl[/url] by sugar avatars




Just come to make me feel alive
- 15 - Come make a mess with me
Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 14
Casa:: Corvinal
Time: Morcegos de Ballycaste

Marie R. Stonkovick

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Gritos

Mensagem por Lucca Van Razorback em Seg 10 Nov 2014, 14:34



The Death Eater
Ignorei os comentários da menina apenas pegando sua Varinha e guardando-a junto do meu corpo ao lado da minha. Estava um tanto aflito graças a falta de notícias de meus aliados, mas apenas tentei relaxar, voltando a me sentar.  – Esse esconderijo é provisório, e acredite, vai precisar de mais do que isso pra me deixar irritado. – Continuei observando-a, não podia confiar apenas em seu medo de ter os amigos machucados, então era melhor me prevenir.

- Faremos do jeito mais difícil... Pode falar quem é, em detalhes, ou... Eu posso apagar completamente as memórias que tem daquele garoto da floresta, qual prefere? – Sorri de modo irônico, podendo imaginar a resposta.








Comensal │ Vice-Ministro | Sonserino │ Mestiço │ Alcoólatra
Lucca Van

Razorback
Ministerio Vice-Ministro
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Sonserina
Time: Nenhum

Lucca Van Razorback

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Gritos

Mensagem por Marie R. Stonkovick em Seg 10 Nov 2014, 15:12


Irônia faz parte



- Faremos do jeito mais difícil... Pode falar quem é, em detalhes, ou... Eu posso apagar completamente as memórias que tem daquele garoto da floresta, qual prefere? – eu arqueei uma sombrancelha, e como não queria que aquilo acontecesse decidi falar.

- Tudo bem Sr. Eu sou o do mal e vou apagar sua memoria.. Eu tenho cabelos loiros, olhos azuis, 1,55 de altura, 50 kg, na verdade devo estar com uns 48 kg mas enfim. Meu pai morreu minha vó também minha tia também. Tenho uma irmã, uma mãe, amigos, gosto de rock, moro em Hogwarts, tenho um tigre de estimação – eu sabia que estava faltanto dizer meu nome, minha idade e minha casa em Hogs – então? Quer meu rg, cpf, numero de matricula em hogwarts, o meu signo também? – disse completamente irônica.

Bati no colchão que tinha na pequena cama ali no comodo, juro que vi aranhas sair de baixo da cama e quase que dei um pulo. Essa aranhas são uma praga, odeio aranhas simplesmente não gosto e ponto. Enfim encostei a cama na parede, subi nela ficando em pé, peguei o que seria um travesseiro e encostei na parede para que pudesse sentar na cama e me encostar ali. Esperei a resposta da minha mais desprezível companhia.


tagged: ◄ post: 13
◄ notas: Peste Bulbonica ◄ vestindo: Roupa
credits:[url=sugaravatars.forumeiros.com/u330]○ masquerade girl[/url] by sugar avatars




Just come to make me feel alive
- 15 - Come make a mess with me
Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 14
Casa:: Corvinal
Time: Morcegos de Ballycaste

Marie R. Stonkovick

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Gritos

Mensagem por Lucca Van Razorback em Seg 10 Nov 2014, 15:36



The Death Eater
Já estava ficando entediado, mas finalmente arranquei algumas coisas de Marie, logo, em resposta a ironia da mesma, disse – Somente seu nome já é o suficiente pra encerrarmos esse assunto.–  Ela se deitava na cama, me ignorando completamente, de fato, assim estava bem melhor, mesmo aquela pirralha sendo até que divertida.

Tirei minha Varinha do bolso, um bom tempo já havia se passado desde que chegamos a Casa dos Gritos, e com certeza não demoraria até os mocinhos aparecerem, e sem dúvidas... Eu não desperdiçaria um segundo sequer quando tivesse a chance de mata-los.





Última edição por Lucca Van Razorback em Seg 10 Nov 2014, 16:13, editado 2 vez(es)



Comensal │ Vice-Ministro | Sonserino │ Mestiço │ Alcoólatra
Lucca Van

Razorback
Ministerio Vice-Ministro
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Sonserina
Time: Nenhum

Lucca Van Razorback

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Gritos

Mensagem por Marie R. Stonkovick em Seg 10 Nov 2014, 15:55


DETALHES são DETALHES



– Somente seu nome já é o suficiente pra encerrarmos esse assunto. – ele disse e eu o olhei debochada.

-Você mesmo disse para que eu disse quem eu era em D-E-T-A-L-H-E-S. – eu disse desenhando a palavra no ar igual uma debi. – mas enfim, por que meu nome importa tanto? É só um nome.

Disse voltando a encostar a cabeça no travesseiro e fechar os olhos somente prestando atenção nos ruídos da casa. Aquilo ali estava um tedio.

- Eu achei que vocês era mais malvados e que fosse menos intediante ficar na companhia de um de vocês, mas estão mais perdidos que eu sozinha nas masmorras. - Eu ainda me perdia em alguns corredores da escola.

Fiquei pensando em quanto tempo mais teria que aturar essa palhaçada..



tagged: ◄ post: 14
◄ notas: Peste Bulbonica ◄ vestindo: Roupa
credits:[url=sugaravatars.forumeiros.com/u330]○ masquerade girl[/url] by sugar avatars




Just come to make me feel alive
- 15 - Come make a mess with me
Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 14
Casa:: Corvinal
Time: Morcegos de Ballycaste

Marie R. Stonkovick

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Gritos

Mensagem por Lucca Van Razorback em Seg 10 Nov 2014, 16:14



The Death Eater
- Seu nome me diz a que família pertence, e saber disso me esclarece quem tenho que ameaçar. – Após isso, veio mais um dos insultos da garota, e minha paciência realmente estava acabando, devido à notoriedade daquele lugar. – Quer algo não entediante? Ótimo, vou te dar um pouco de diversão, enquanto ganho tempo. – Coloquei meu capuz novamente, e puxei Marie pelo braço, tirando-a da cama, em seguida, Aparatei-nos novamente, dessa vez, rumo ao Caldeirão Furado, a divisa entre o Mundo Trouxa e Bruxo, um dos locais mais seguros para pessoas como eu.  






Comensal │ Vice-Ministro | Sonserino │ Mestiço │ Alcoólatra
Lucca Van

Razorback
Ministerio Vice-Ministro
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Sonserina
Time: Nenhum

Lucca Van Razorback

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Gritos

Mensagem por Alexia R. Watsgrint em Dom 25 Jan 2015, 16:21

Responsabilidade

 
Caminhou calmamente ao lado de Tyler, percebeu que o menino estava nervoso para passar sua primeira noite em transformaçao, abriu a porta da casa dos gritos, um rangido ecoou pela casa, subiram as escadas empoeiradas da casa abandonada ate um quarto bem acabado, no fim do quarto se via duas correntes presas a dois ferros da parede. A casa dos Gritos antigamente era habitada por um outro aluno de Hogwarts que sofria tais transformaçoes.

Tyler olhou um tanto nervoso, Alexia pos a mao em seu ombro e o levou ate as correntes, prendeu uma em cada um de seus punhos e depois o olhou. - Nao sera facil, mas isso te impedirar de sair da casa - Falou e o viu afirmar com a cabeça um tanto nervoso. - Amanha de manha virei te buscar okay? - Perguntou e o menino novamente afirmou com a cabeça, ele nao conseguia falar era tanto nervosismo talvez. Alexia lhe fez um carinho na cabeça e se levantou e ando em direçao a saida da casa.

Alexia Klaus Emily Jack Rupert


Alexia Robb Watsgrint
Hogwarts Direção
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 78
Casa:: Corvinal
Time: Canhões de Chudley

Alexia R. Watsgrint
http://acciohogwarts.forumeiros.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Gritos

Mensagem por Tyler McCall em Dom 25 Jan 2015, 20:23






Casa dos Gritos


So lately, been wondering, who will be there to take my place when I'm gone, you'll need love to light the shadows on your face if a great wave shall fall and fall upon us all then between the sand and stone could you make it on your own.





Chegando na casa, minha primeira impressão daquele lugar era de um ambiente meio sombrio, ainda faltava vinte minutos para as meia noite, ouvi os rangidos da porta se abrindo que ecoava em meus ouvidos dez vezes mais alto que o normal, havia correntes no chão, eu estava totalmente sem falas, estava nervoso, Alexia prendeu meus punhos, puxei para ver se estavam firmes, era impossivel sair dali.
- Nao sera fácil, mas isso te impedira de sair da casa. Amanha de manha virei te buscar okay?

Afirmei com a cabeça, Alexia acaricia me e sai, a porta se fecha quase como um estrondo, meus ouvidos estavam bem sensiveis, faltavam agora dez minutos, a lua cheia ja estava em seu estágio final para se tornar uma lua cheia, ali o tempo não passava. cada segunda demorava séculos, não havia nada para fazer ali, e eu sentia uma fome aumentar cada vez mais, o suor escorria pelo rosto e finalmente as transformações começavam ao poucos, com o crescimento dos pelos, senti meus dentes caninos crescerem e se afiarem, até que eu perdesse a consciência de quem eu era e o que estava fazendo, a pior noite de minha vida, eu não parava de me debater contra as correntes e tentar sair, depois de um bom tempo, as correntes começavam a machucar meus punhos, chegando a sangrar um pouco, noite eterna que não acabava mais, conforme ia se passando o tempo, e aos poucos o dia clareando, fui caindo no sono, até conseguir dormir, e voltando a forma humana novamente... sono profundo... porém muito perturbador e cansativo...



Narração
Tyler McCall
Alexia R. Watsgrint


valeu @ cács!


Hogwarts • Casa • 1ºAno
Tyler McCall
Lufa-lufa
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Lufa-lufa
Time: Nenhum

Tyler McCall

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Gritos

Mensagem por Sloan Eleanor em Sab 04 Abr 2015, 20:35






Explorando

Hoje era dia de poder sair de Hogwarts e passear um pouco. Decidi ir só devido minha curiosidade com certo local. Qual seria esse? Simples responder, casa dos gritos!. Era pra lá que eu estava indo. A brisa era forte devido a neve do local. Minha respiração forte e corpo pouco aquecido. Quando cheguei ao local, mesmo de longe puder notar e tirar minhas conclusões.

-Que velharia Sloan!. -falei e logo ri sozinha. -Se mande daqui Sloan vá pra Hogwarts fazer algo! -falei rindo e logo saí dali correndo.

Era assustadoramente assustador aquela casa. Havia ouvido uns gritos. Pude ver como era velha e destruída. Saí dali e logo estava em Hogwarts.

Narração # Sloan # Outros # Pensamentos


Onde: Casa dos GritosCom: NinguémHumor: Curiosa Look:  This!
tks, the raven@cg!





Sloan Eleanor





Lufa-lufa
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa:: Lufa-lufa
Time: Harpias de Holyhead

Sloan Eleanor

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Gritos

Mensagem por Harley Quinn em Seg 14 Nov 2016, 23:25



I torture you


Esperei para que pudesse me comunicar com Aleister, me apossei da casa dos toruxas que matara e limpei toda a bagunça, manchas de sangue na escada no tapete. Encontrei papel e caneta em um dos armarios da casa e começei a escrever, pedindo que Aleister me encontrasse na igreja de nos jardins que ficavam ao redor da casa dos gritos, e que apesar de ser um lugar um tanto estranho era calmo e dava para conversar.

É claro que nossa conversa não seria nada agradavel, não para o querido Aleister. Enviei a carta pela manhã e recebi a resposta antes do meio-dia, a resposta não fora surpreendente, não depois do beijo que ele recera de mim no dia em que coloquei o plano em pratica. Eu coloquei minha roupa usual, e segui para a casa dos gritos escondi minha marreta, o taco de beisebol, a faca que me servia de recordação do meu amor, e mais algumas coisas que eu busquei durante os dias no esconderijo. Fiz um encantamento para que minha aparencia parecesse como quando Aleister me conheceu e fui para os jardins esperar minha mais que agradavel companhia. - Harleen - sua voz veio de longe e quando chegou aos meus ouvidos sumiu como um eco que ficava mais e mais distante. - Aleister - disse seu nome em tom de cumprimento e sorri. - O que fazemos aqui mesmo? - ele disse colocando sua mão em minha cintura enquanto caminhavamos para uma area mais verde do gramado quase todo morto. - Acho que quero conhecer você melhor, foi gentil e carinhoso ao me ajudar quando machuquei o pé e ao me levar para casa.. - disse parando em sua frente e o encarando o mesmo sorriu e disse que não tinha motivos para não ajudar um mulher tão bonita - Você é bonito também, deve ter pelo menos um quarteirão querendo sua maravilhosa companhia - disse olhando no fundo dos seus olhos tentando penetrar o mais fundo que podia para ganhar sua confiança e fazer o que devia. - Nenhuma que valha a pena até você aparecer - ele sorriu e uma de suas mãos estavam no meio das minhas costas e a outra no meu pescoço pronto para me beijar - Não deveria falar isso para alguém que mal conhece, vai que eu sou do mal? Uma louca psicopata? - ele me encarou tão intensamente e sorriu aproximando seu rosto do meu - Você não é nada disso - eu quis dar risada mas me controlei, homens como podem ser tão fracos e se encantarem por qualquer saia que passe em sua frente? Ele não me beijou, pegou minha mão e nos direcionou para a casa dos gritos.

Aquele era meu plano, porém nos meus planos não era ele quem tomava a iniciativa mas isso era bom, ele estava disposto a isso o que tornava minha missão praticamente cumprida. Assim que paramos nos primeiros degraus da escada ele se virou para mim e me pegou em seu colo, cruzei as pernas em seu quadril enquanto ele subia as escadas e nos levava exatamente para o quarto que minhas coisas estavam, uma vez que entrássemos no quarto ele sairia dali completamente atordoado, desfigurado e irreconhecível. - Precisamos de rodeios Harleen? - ele já havia despido sua capa do ministério e sua camisa social - Com certeza não - disse e tirei a varinha que estava na lateral do meu corpo presa ao lado azul do meu short. - Eu tenho gostos peculiares, espero que não se importe - eu disse e o empurrei para a cama, com um aceno de varinha cordas o amarraram, ele sorria como se fosse tudo ser as mil maravilhas, mas tudo seria pior que um pesadelo.

O quarto estava todo camuflado, nada das maquinas de tortura que eu tinha roubado estava a mostra até agora - Revelio - instantaneamente apareceram, um aparelho que causava uma dor imensa na cabeça que parecia fritar todos os seus neurônios. Outra maquina era presa aos braços e mãos, pernas e pés tinha pregos incrível e dolorosamente afiados - Harleen o que é isso? - ele estava olhando as coisas assustado e eu sorri, tirei o encanto que encobria minha verdadeira aparência - Gostos peculiares.. é uma pena que você tenha sido o meu escolhido - eu engatinhei por cima dele passando a unha por seu peitoril nu - talvez se não fosse o que é.. nada disso aconteceria com você - tirei sua calça e puxei a maquina de pregos e posicionei nos braços, mãos, pés e pernas e a liguei. A cada um minuto a maquina aprofundava os pregos na carne de Aleister fazendo-o gritar e gritar - Shii, é a casa dos gritos, mas ninguém ira ouvi-lo para vir salva-lo - roubei um beijo do mesmo e fui até onde estava a faca, a marreta e o taco peguei os três e deixei perto para que eu pudesse usa-los, primeiro usei a faca para fazer cortes em todo seu peito, entre superficiais e fundos, ouvia Aleister implorar para que o deixasse ir - Desculpe, mas estou me divertindo agora. - A maquina de pregos já tinha finalizado seu trabalho, sorri para Aleister - Hora da marreta - sorri para o mesmo que arregalou os olhos quando viu o que eu tinha em mãos - só vai doer um pouquinho - ao terminar de falar eu levantei a marreta acima da cabeça e em seguida golpeei com força a perna direita de Aleister que gritou de dor, repeti a ação mais três vezes e me dei por satisfeita no uso da marreta.

Seu olhar de dor me seguia a cada movimento como se eu fosse ceder a qualquer apelo de Aleister - Agora... - mostrei a faca novamente para ele - Vamos deixar um sorriso enorme no seu roto para que você mostre que está muito feliz - fiz ele abrir a boca e com a faca afiada fiz um rasgo como continuação da boca para os dois lados quase chegando na orelha - Aleister agora vem a melhor parte - sai de cima do homem e peguei o aparelho que fritava os neurônios. - Isso aqui vai fazer você se arrepender de todas as escolhas que fez na vida - eu disse e ele gritava para que eu parasse mas eu ainda conseguia ver o Aleister que eu conheci na porta do Ministério, logo minha missão não estava cumprida - Vamos começar - sorri, liguei a maquina e posicionei os dois canos nas têmporas do homem e pressione. O mesmo gritou e tentou se contorcer o que lhe causou mais dor, tirei o aparelho de sua cabeça contei até dez e coloquei de novo. Eu sabia qual era a sensação de todos aqueles procedimentos, e refaze-lo em alguém era mais que gratificante. Aleister resmungou em seus picos de mais dor o nome de uma mulher, mas mal deu para entender o nome.

Depois de mais uma hora fritando o cérebro do Homem, decidi que seria hora de ele parar de falar, peguei minha varinha e conjurei agulhas e fios pretos. - Para o caso de você conseguir sobreviver a isso, vai se lembrar que tudo isso aconteceu porque o ministro nos espalha pelo mundo como os malvados, quando só queremos uma sociedade bruxa pura - depois de passar o fio pela agulha comecei a costurar a boca e os cortes laterais no rosto de Aleister da esquerda para a direita, e em seguida da direita para a esquerda, até que me dei por satisfeita. - Agora descance, em uma hora te levarei para o ministro.  - sorri e deixei o quarto de Aleister. aparatei para Londres para comprar uma coisa que deixaria meu Lord mais que orgulhoso.

Thanks to Evil Queen

Comensal
avatar

Harley Quinn

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Gritos

Mensagem por Emily R. Watsgrint em Ter 15 Nov 2016, 17:47

Fuga de Hogwarts
 
Emily saiu junto a Ben da passagem empurrando um pedaço de maneira que abria espaço para a casa dos gritos. Assim que pisou no chão sentiu o rangido do local ecoando pela casa abandonada enquanto andávamos - Escutou isso? - Perguntou Ben parando em meio a escada olhando para cima. A corvina o acompanhou com os olhos e apenas agora podia ouvir um gemido.

- Apenas ignore essa casa faz barulhos para assustar - Falou a morena puxando o primeiranista pela manga de seu casaco cinza, ele comecou a descer as escadas mas sempre olhava para cima um pouco preocupado, mas Emily tinha quase certeza de que era coisa da casa, mal sabia ela de que de fato tinha alguem ali precisando de ajuda. Assim que chegaram a porta, a corvina a abriu e saiu junto a Ben ao encontro com Nathalie.


Emily - Edward Outros  - Julie James -
 Alexia - Ben - Jessica - Robert

Thanks to Evil Queen



Emily Watsgrint
Robb
 
Monitora Corvinal
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 23
Casa:: Corvinal
Time: Tornados de Tutshill

Emily R. Watsgrint

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Gritos

Mensagem por Kang Hyorin em Sex 25 Nov 2016, 17:37

Such a lonely day

Estava um dia frio. A maior parte das pessoas preferiram ficar junto ao fogo de lareiras e rodeados pelos amigos. Eu, por outro lado, preferi andar por aí e explorar esse país que eu conhecia apenas pelos livros e relatos de conhecidos.
Sempre gostei de caminhar sem ter rumo. Apenas seguir a direção de uma sombra, um gato, um som ou uma estrela qualquer. Fui me afastando do vilarejo e logo, o silêncio e o vento me fizeram companhia. Olhei ao redor tentando reparar em cada pedra no caminho, tentando imaginar quantas pessoas já passaram por aqui e a história de cada uma delas.Acabei me aprofundando nos meus pensamentos e comecei a pensar sobre o que estaria acontecendo em minha casa. Já que eu havia me mudado para Londres com a minha tia para poder começar meus estudos de magia e deixei meus pais e minha irmã em Seul.
Pisei em um galho no chão, o que me fez despertar e ver um terreno cercado por grades a frente. Havia uma casa mal cuidada que tinha as janelas fechadas com tábuas de madeira. Eu nunca havia estado naquele lugar, mas sabia exatamente o que era. A tão famosa Casa dos gritos, "Para uma casa dos gritos até que ela está bem silenciosa! " disse olhando para a construção e ri alto. Não acredito que eu realmente fiz essa piada, estou ficando mais louca a cada dia.
Dei a volta, para analisar o lugar por todos os ângulos. Não parece tão assustador assi-. Eu mal
consegui terminar meu raciocínio e o vento soprou fazendo a casa ranger. De qualquer forma, eu estava muito curiosa para simplesmente ir embora. Juntei toda minha coragem, pulei as grades e entrei na propriedade.
Tudo que eu conseguia pensar era que com certeza eu não voltaria a respirar tão cedo, já que estava tudo empoeirado e com ar de abandono.Porém, minha teimosia fez com que eu andasse pela casa e visitasse vários cômodos. O tempo passou tão rápido que quando olhei pelas frestas que as tábuas da janela formavam e vi que o céu já estava escurecendo. " AH EU NÃO ACREDITO!Não devia ter demorado tanto aqui!" Fiquei olhando para os lados, como se estivesse tonta até finalmente sair correndo sem olhar para trás.

Narração Minha fala Pensamentos Fala de uma personagem Fala de uma personagem 2

▲BY LOONY!



Kang Hyorin
®
Sonserina

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 1
Casa::
Time: Nenhum

Kang Hyorin

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Casa dos Gritos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Novo Tópico   Responder ao tópico
Permissão deste fórum:
Você pode responder aos tópicos neste fórum