Postadores do Mês
Lufa-lufa
000
Grifinória
000
Corvinal
000
Sonserina
000
Últimos assuntos
» Registro do Espelho do Destino
Qua 19 Abr 2017, 12:11 por Petra Kim DiNozzo

» Produtos
Ter 28 Mar 2017, 21:13 por Petra Kim DiNozzo

» Interior da Floresta Negra
Qui 16 Mar 2017, 23:00 por Circe, o Basilisco

» Cela 32
Qui 16 Mar 2017, 22:40 por Robert S. Winchester

» Entrada de Azkaban
Qui 16 Mar 2017, 22:40 por Circe, o Basilisco

» Escritório
Qui 16 Mar 2017, 14:41 por Emily R. Watsgrint

» Campo de Quadribol
Seg 13 Mar 2017, 16:18 por Isabella F. Highmore

» Corredores do Quinto Andar
Dom 12 Mar 2017, 22:27 por Emily R. Watsgrint

» Pedidos do RPG
Dom 12 Mar 2017, 21:28 por James C. Armstrong

Conectar-se

Esqueci minha senha

Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 42 em Ter 17 Jun 2014, 19:05
Parceiros 2/44

Restaurante Parmidez

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Restaurante Parmidez

Mensagem por Alexia R. Watsgrint em Dom 27 Nov 2016, 15:43


Restaurante Parmidez


O grande restaurante, é o lugar onde acontecem os grande jantares da colônia. Cada aluno ao se registrar e dar seu check in, recebe o numero de sua mesa, esta que se sentara todas as noites até o fim de sua estadia. Todos adoram esse restaurante pelo seu lindo estilo clássico do sul de inglaterra. A quebra do ambiente cor de mogno do exterior agrada aos frequentadores.
w w w . a c c i o h o g w a r t s . f o r u m e i r o s . c o m . p t


Alexia Robb Watsgrint
Hogwarts Direção
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 78
Casa:: Corvinal
Time: Canhões de Chudley

Alexia R. Watsgrint
http://acciohogwarts.forumeiros.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Parmidez

Mensagem por Victor Blackheart em Qui 01 Dez 2016, 08:07

Jantar


Eu havia feito o convite a alguns dias atrás, na verdade enviara uma coruja e como não obtive resposta não saberia dizer se Carmilla viria ou não àquele jantar. Embora tivesse ido conta aquela ideia, o fato era que James estava certa, as relações entre o ministério e o profeta deviam ser melhores possíveis, isso sem contar que nos não éramos inimigos, os Comensais sim. Respirei fundo, embora a lembrança que eu tivesse da mulher que convidara para o jantar não fosse a mais agradável, tendo em vista que nosso último encontro não fora, exatamente, amigável, eu chegara a conclusão que eu tinha culpa na situação que levou ao nosso desentendimento, estar a frente do ministério numa era tão sombria, com tantos problemas provocavam certo estresse e, de forma errônea, eu me deixei levar aquilo.
Entrei no restaurante e caminhei até uma das mesas, assim que me sentei pedi a carta vinhos ao garçom, aguardando Carmilla chegar. Levou quase meia hora até que a mulher chegar, me perguntei se ela estava decidindo se viria ou não. Assim que ela se aproximou sorri e me levantei, puxando a cadeira para a mesma ser sentasse. – Antes de tudo gostaria de agradecer por aceitar meu convite para este jantar... Espero não tê-la deixado desconfortável com o convite, apenas escolhi este lugar por ser neutro e por permitir conversar amigavelmente, sem a influência e estresse que nossos locais de trabalho podem nos provocar... - Sorri, o garçon chegou com o vinho que pedi, o agradeço e decidi servir pessoalmente boas taças. - Gostaria de deixar claro que este jantar também é um pedido de desculpas pelo meu comportamento anterior... Tudo que vem acontecendo tem provocado muita pressão em todo o Ministério e acabei me excedendo com você e com uma velha amiga. - A encarei,  depois respirei fundo me lembrar Alexia, também teria me desculpar com ela em algum momento do futuro, voltei a encarar Carmilla. - Portanto peço desculpas Carmilla! Espero que nosso relacionamento pra ser o melhor possível de agora em diante.
Sorri e tomei um gole de minha bebida esperando a mesma se pronunciar.



Narração <> Victor <> Carmilla 

Ministerio Ministro
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 78
Casa:: Lufa-lufa
Time: Canhões de Chudley

Victor Blackheart

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Parmidez

Mensagem por Carmilla Duchanne em Qui 01 Dez 2016, 18:45

Dinner With the Minister
Carmilla
Alec
Alexia
Lucas
Victor
Legenda
Legenda


- Senhorita Duchanne - Falou uma voz surgindo em minha porta do da sala do Profeta, olhei rapidamente para minha assistente permitindo que a mesma continuasse sua fala. - Voce nao deveria estar indo a um jantar com o Ministro? - Perguntou a mesma me fazendo olhar o relógio em meu pulso eu já estava trinta minutos atrasada. - Bem lembrando Kara, eu havia me esquecido - Falei me levantando da mesa e colocando o blazer bege sobre meu corpo.

- Tranque minha sala quando eu sair - Falei para a mesma que apenas afirmou com a cabeça e saiu. Dei um leve retoque na maquiagem e aparatei na mesma hora em um beco vazio ao lado do restaurante. Caminhei pra dentro do mesmo e ande ate a mesa onde o Ministro estava, enquanto ele educadamente me ajudava a sentar estava ao mesmo tempo pedindo desculpas pelas suas atitudes alguns dias atras.

- Portanto peço desculpas Carmilla! Espero que nosso relacionamento pra ser o melhor possível de agora em diante. - Falou o mesmo e eu apenas bebi um gole do Whisky que eu havia pedido e o olhei com um leve sorriso preso ao rosto. um sorriso indescritivel. - Nos damos bem Victor - Falei e o mesmo me olhou erguendo uma sobrancelha, para ele era claro que nao nos davamos bem, mas para mim, sempre me dava bem com qualquer um. - A diferença é apenas opiniões, creio que isso nao deva definir nossa relaçao em Boa ou ruim - Falei e o mesmo se manteve confuso.

- Como assim opiniões diferentes?
- Falou e eu apenas peguei meu Whisky e o observei por alguns segundos depois levanto a boca para sentir ele descer ardendo. - Bem... Você acha que nao nos damos bem, pelo simples fato de eu nao aceitar mentir sobre como estão as coisas no Ministerio, sendo que isso nao deveria definir nossas relaçoes entre Bem ou mal - Falei me mantendo com um leve sorriso se superioridade no rosto.

- Espero que esse jantar nao seja apenas um plano seu para mudar minha ideia sobre minhas postagens no profeta. - Falei exigindo ao garçom mais um pouco de Whisky sobre a mesa enquanto o Ministro me olhava em silencio. Assim que voltei a olha-lo soltei um sorriso sincero. - Pois nao tenho intenções algumas em dizer que o Ministerio esta bem, sendo que ele esta longe de estar bem - Falei e no mesmo instante Victor se pronunciou



Thanks to Evil Queen
Profeta Diário Editor Chefe
avatar

Carmilla Duchanne

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Parmidez

Mensagem por Victor Blackheart em Sex 02 Dez 2016, 09:25

Jantar


Encarei a mulher em silencio, no fim das contas ela era realmente admirável, afinal, a maioria não consideraria nossa relação da mesma maneira que ela, Era óbvio, até mesmo ara quem estava observando por fora, que a tensão que eu criara em nossa primeira conversa a sós não era, exatamente, amigável, ainda assim Carmilla trabalhou aquela situação com tamanha serenidade que chegava até mesmo a admirável. Eu a escutei em profundo silencio, depois sorri. - Na verdade creio que ambos nos interpretamos mal. - Ela me encarou sem entender, aparentemente ambos não conhecíamos o outro profundamente, e era fato que eu desejava mudar aquele cenário, tomei mais um gole de meu vinho e a encarei. - Ao contrário de muitos de meus antecessores eu assumi o Ministério em meio a uma época sombria, a queda de um Lord provocou uma disputa entre os antigos seguidores do antigo lorde e aqueles que aspiravam a ser lordes, de modo que o Ministério, visando impedir um mal maior, se viu obrigado a interferir, o que culminou numa batalha intensa e sangrenta. - Carmilla me encarou, a verdade era que eu impedira que as noticias sobre as batalhas que ocorreram com os seguidores de Darliguv, os aspirantes a Lord e o Ministério fossem divulgadas, a morte de Albert e a batalha de Hogwarts ainda eram lembranças frescas, então eu não tinha porque lançar mais noticias ruins sobre a população, encarei Carmilla e sorri. - Ao findar dos conflitos o Ministério estava em crise, muitos morreram nas batalhas e isso provocou uma queda do pessoal, bem como um medo por se juntar ao Ministério. - Olhei no fundo dos olhos de Carmilla - Jamais pediria para mentir em suas matérias Carmilla! Muito pelo contrário, admiro sua coragem, não é todo mundo que se imporia contra uma instituição como a que chefio no momento... Porém o Ministério carece de atenção e não somente de criticas... Como você mesma disse em nosso último encontro temos poucos Aurores, o que dificulta trabalharmos ativamente, mesmo que eu ande fazendo rondas por conta própria, fora de meu expediente de trabalho, não posso pedir isso aos demais funcionários... - Respirei fundo e tomei outro gole de minha bebida. - Não quero que minta ou manipule a verdade Carmilla... E espero que jamais faça algo assim... O que quero é que me ajude a restaurar o Ministério! Eu preciso de sua ajuda, para mostrar que o Ministério está ruim e que, por isso, precisamos de todo apoio possível, afinal, ainda somos a ultima barreira entre o povo e os Comensais...
Encarei Carmilla, depois pousei minha taça de vinho num canto da mesa, embora eu desejasse uma conversa como aquela com a mulher a minha frente, não gostaria que tal conversa ocorresse ali, quando eu tentava criar um laço mais forte com ela, naquele momento eu queria, antes de partirmos para as discussões profundas sobre nossos locai de trabalho, apenas criar um clima relaxado e amigável entre nós dois. Carmilla era uma mulher admirável, tanto quanto Alexia, e eu sabia que ambas eram mulheres fortes, de modo que uma aliança entre nós deveria existir, porém, para que nossas instituições fossem próximas, eu acreditava que aqueles que as comandavam tinham que estar em um perfeito convívio,. Por isso havia proposto aquele jantar, para que eu conhecesse Carmilla ao mesmo tempo em que ela me conhecesse, e por que também queria a oportunidade de ter um momento com ela, queria ver como era, realmente era, aquela mulher. - Acredito que já falamos muito sobre nossas vidas profissionais esta noite... Espero que não se importe, mas propus este jantar visando uma reunião futura para discutirmos sobre nossas instituições, porém gostaria que nesta noite, se não for um incomodo para a senhorita, esse jantar se concentrasse em nós dois, Victor e Carmilla, e não o Ministro e a Redatora-Chefe. - Sorri - Eu realmente gostaria de conhecê-la melhor Carmilla! Saber onde esteve? O que viu e viveu? Espero não ser indelicado ao propor isso.


Narração <> Victor <> Carmilla 

Ministerio Ministro
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 78
Casa:: Lufa-lufa
Time: Canhões de Chudley

Victor Blackheart

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Parmidez

Mensagem por Carmilla Duchanne em Sex 09 Dez 2016, 19:51

Dinner With the Minister
Carmilla
Alec
Alexia
Lucas
Victor
Legenda
Legenda


- Eu realmente gostaria de conhecê-la melhor Carmilla! Saber onde esteve? O que viu e viveu? Espero não ser indelicado ao propor isso. - Soltei um leve sorriso, Victor sabia como persuadir as pessoas o que era um dom muito importante nos dias de hoje. - Perguntar para uma redatora o que ela viu e como pedir para morrer ouvindo historias - Falei soltando uma leve risada enquanto dava um gole em minha bebida.

Olhei para o mesmo, nao custava nada dar-lhe algumas informações sobre minha vida. talvez ate conseguisse informações sobre o mesmo em troca. - Moro em Londres, são mãe de Alec S. Duchanne e irma de Zack Duchanne, creio que os conhecem certo? - Perguntei e o mesmo rapidamente afirmou com a cabeça, me deixando aliviada por saber que nao precisaria descrever e explicar quem era cada um deles, se bem que... Quem nao iria conhecer uma família tao perfeita como aquela. - Desde meus dez anos eu sabia que queria ser redatora do profeta e aqui estou - Falei dando um novo gole em minha bebida.

- Quando Alec nasceu, dois anos depois eu me separei de seu pai  e esse indignado nunca mais deu as caras
- Falei para Victor que continuava a ouvir os tópicos que eu consideravam mais importantes em minha vida tao promissora. - Me desculpe, espero nao ofender, mas por que se separaram? Aconteceu algo? - Perguntou o mesmo e eu apenas soltei um leve sorriso chamando o garçom ordenando mais um copo de Whisky para mim.

- Nada demais aconteceu... Eu apenas percebi que prefiro mulheres do que homens - Falei e peguei o mesmo de surpresa, soltei um sorriso adorava ver as expressões faciais de homens quando ouviam sobre minha preferencia sexual. - E por ultimo... Sobre o que eu já vi... Bem senhor Blackheart... Eu ja vi de tudo nesse mundo, eu sei de tudo - Falei e o mesmo se manteve me olhando, Quando o Whisky chegou a mesa agradeci o garçom e voltei a olhar Victor. - Agora me diga coisas interessantes sobre o senhor - Falei e esperei que o mesmo começasse a falar.




Thanks to Evil Queen
Profeta Diário Editor Chefe
avatar

Carmilla Duchanne

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Parmidez

Mensagem por Victor Blackheart em Qua 21 Dez 2016, 09:28

Jantar



Encarei a mulher e sorri, realmente ela era uma mulher absurdamente interessante. Admito que uma ou outra revelação me fizera surpreender, mas nada que impedisse que uma amizade surgisse. Após concluir ela questionou a meu respeito a encarei meio pasmo, raramente era questionado sobre meu passado, na verdade raramente tinha tempo para fazer sociais de todo modo e quando o fazia era com pessoas que já conheciam meu passado. Sorri e beberiquei mais uma dose de vinho, depois me inclinei para frente. - Estranho, pelo que ouvi da senhorita imaginei que já tivesse um relatório completo sobre mim. - Brinquei, ela apenas sorriu e comentou sobre seus funcionários não estarem levantando tantas informações como no passado.
Aquilo me fez sorrir, depois ergui levemente os olhos, tentando juntar e organizar o máximo de informações que julgava importantes passar para frente. . –Sou o filho mais novo de Howard Blackheart e Elizabeth Agnes Blackheart, tenho uma imã e tinha um irmão mais velho. - Carmilla me encarou, sorri e gesticulei com as mão para que a mesma não se preocupasse, afinal Marcos Blackheart, meu irmão, morrera a anos e mal o conheci de fato. – Os Blackheart’s controlam uma pequena ilha nos mares da Inglaterra e, de fato, é uma família nobre e poderosa... Porém, por mais engraçado que isso pareça devido ao meu cargo, poder nunca foi algo perseguido por mim... Bom, continuando, aos onze anos fui aceito em Hogwarts, onde todos esperavam que eu me tornasse um dos mais brilhantes alunos da história do colégio. Encarei Carmilla e sorri - Mas o que ocorreu fora exatamente o contrário, embora tivesse notas acima da média, acabei por conhecer Albert e Zachary e depois disso eu mais aprontava com os dois do que frequentava as aulas, no ano seguinte conheci Alexia e desde então todos nós não nos separamos.
Parei abruptamente a história, depois forcei um sorriso sem graça. - Nesta mesma época conheci Evelyn S. Winchester, a irmã mais velha de Robert... Uma pausa se seguiu daquilo, fiquei em silencio, apenas tomando mais uma taça de vinho, era engraçado ainda me lembrar de Evelyn e sentir o que eu sentia naquele momento, me ajeitei na cadeira e sorri. - Nós... Evelyn e eu... Nós ficamos noivos, no sexto ano, iríamos nos casar assim que nos formássemos, porém o antigo Lord atacou a residência dos Winchester e... Evelyn morrera no ataque...
O silencio se tornou ainda mais profundo, aquilo era simplesmente revoltante, mesmo após tantos anos a lembrança dela ainda me deixava daquela maneira, acabei por sorrir ao me lembrar dela dizendo que era a única que conseguia me deixar deslocado e sem palavras, após anos ela ainda era a única capaz daquilo. - Após a morte de Evelyn eu abandonei Hogwarts, precisava de um tempo para mim... Digamos que eu fugi para a Romênia, afim de iniciar um estudo sobre os dragões da região e os métodos criados no país para afastar e derrotar vampiros humanoides, ao completar dezoito voltei para Hogwarts onde finalmente me formei. Encarei Carmilla, estava mais calmo e conseguiria prosseguir com a história de minha vida mais casualmente. - Depois decidi conhecer o mundo, afim de aprimorar meus conhecimentos e conhecer tudo o que podia... Admito que mesmo naquela época aquilo ainda era uma fuga, na verdade tudo o que queria era ficar longe do túmulo de Evelyn, Respirei fundo e sorri, depois voltei a encarar a mulher a minha frente - Nestas viagens eu conheci Elizabeth Magis, uma linda mulher que me presenteou com uma linda filha, Milena, estuda em Howarts também, mas por sorte é mais reservada que seus amigos TOmei mais um gole e sorri. - Desde meu retorno para Londres, a cerca de cinco anos, nada além do que a senhorita já deva saber, ocorreu...
Carmilla sorriu, ia comentar algo, mas avistei um funcionário do Ministério caminhar até a mesa, ele se inclinou para mim e me entregou um pequeno bilhete, o encarei e abri o bilhete, depois encarei Carmilla, forcei um sorriso seco, ela entendeu de imediato que o jantar havia se encerrado. - Peço desculpas minha senhorita... Mas assuntos urgentes me esperam! - Me levantei, depios encarei meu funcionário - Quero que leve a senhorita Carmilla para sua casa, em segurança, também estou lhe autorizando a dar detalhes da situação atual., - O funcionário tentou argumentar mas o encarei. - O Ministério e o Profeta Diário estão trabalhando em parceria deste momento em diante, de modo que sempre estarei discutindo com a senhorita Duchanne assuntos pertinentes ao Ministério, então seria bom que ela recebesse a noticia diretamente de nós e não através de terceiros. - Me virei para Carmilla. - Espero que um dia eu tenha a honra de continuar este jantar e esta conversa agradável Carmilla... Espero que não se irrite com o que vou lhe pedir, mas gostaria que meu funcionário a acompanhasse até sua casa, me sentiria mais confortável e seguro com esta situação e para onde irei agora tais sentimentos seriam de grande ajuda - Ela sorriu e concordou, meio a contragosto, sorri e me despedi dela, depois segui para um beco escuro fora do restaurante, onde aparatei.

Narração <> Victor <> Carmilla 

Ministerio Ministro
avatar

Perfil Escolar
Nivel de Experiencia: 78
Casa:: Lufa-lufa
Time: Canhões de Chudley

Victor Blackheart

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Parmidez

Mensagem por Vladmir Von Hood em Dom 15 Jan 2017, 15:42

Trabalho

Assim que entrei no restaurante notei que era belissimo e que  a mesma sabia mesmo escolher restaurante, segui a mesma ate uma mesa a dois e me sentei. Assim que olhei o cardapio levei um susto, era extramemente caro eu jamais poderia pagar por uma refeiçao ali.

- Nao se preocupe... Eu pagarei a conta - Falou me deixando sem graça mas logo aceitei pedindo o prato mais caro do restaurante enquanto ela recebia minha provocaçao.

- Entao... O que tem de informaçao para mim Senhorita Duchanne - Falei e a mesma logo retirou uma pasta de sua bolsa e jogou na mesa enquanto começava a falar seu proposito ali.

Ministerio Auror Chefe
avatar

Vladmir Von Hood

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Parmidez

Mensagem por Carmilla Duchanne em Seg 16 Jan 2017, 16:33

Lunch With the Auror
Carmilla
Alec
Alexia
Lucas
Vladmir
Legenda
Legenda


- Entao... O que tem de informação para mim Senhorita Duchanne - Falou e na mesma hora chamei pelo garçom que se aproximou em seguida. - Seu melhor vinho por favor - Falei e o mesmo afirmou com a cabeça e se afastou, coloquei as duas mãos sobre a mesa lhe dando um sorriso falso. - Ja querendo saber o ponto da conversa... Que sem graça - Falei quando o garcom chegou com a taça de vinho

- Fala logo Carmilla, eu tenho mais o que fazer - Falou em tom rispido, apenas ergui uma sobracelha para o mesmo e deixei minha taça sobre a mesa quando o garcom agora servia os pratos que haviamos pedidos. - Estraga prazeres... Bem... - Falei colocando um pedado do bife em minha boca enquanto ele mantinha contato visual comigo.

- Nesta pasta no meio da mesa tem tudo que sei sobre Nathalie Hathaway Monreal - Falei e o mesmo arregalou os olhos surpreso abrindo a pasta logo em seguida. - Sei que foi sua mulher uma vez, sei que Ben é filho dela e ela alias tem outro filho um pouco mais velho que Benjamin - Falei pegando o mesmo de surpresa, pelo jeito ele não parecia saber do segundo filho.

- O que quer me dando todas essas informaçoes? - perguntou o mesmo bastante serio e pensativo sobre o segundo filho de Nathalie. Soltei um leve sorriso para o mesmo. - Nathalie machucou alguem importante para mim, o que quero e achar ela junto a voce e prende-la em Askaban - Falei e o mesmo negou rapidamente com a cabeça para mim o que me fez ficar seria.

- Nao posso levar uma redatora do profeta em uma missao de procura por criminosos - Falou e na mesma hora eu tirei a pasta da mao do mesmo guardando novamente em minha bolsa. - Uma pena... Achei que queria ter mais informaçoes sobre ela - Falei e na mesma hora o mesmo pediu para que eu esperasse e em seguida respondeu.




Thanks to Evil Queen
Profeta Diário Editor Chefe
avatar

Carmilla Duchanne

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Parmidez

Mensagem por Vladmir Von Hood em Qui 19 Jan 2017, 19:47

Trabalho

- Uma pena... Achei que queria ter mais informações sobre ela - Falou guardando as informaçoes de Nathalie e pronta para se levantar mas a segurei pelo pulso fazendo com que  a mesma voltasse a se sentar. - Ok... Trabalharemos juntos... - Falei colocando uma mão sobre a a testa mantendo os olhos fechados por alguns segundos. - Mas saiba que não ficarei responsável caso a senhora se machuque ou morra ok?

- Nao preciso de uma baba, sei me virar sozinha - Falou a mulher a minha frente e eu apenas respirei fundo enquanto bebia um gole de minha bebida. - Entao... O que mais tem ai nessa pasta que eu nao saiba? - Falei e a mesma sorriu reabrindo a pasta e falando algo.

Ministerio Auror Chefe
avatar

Vladmir Von Hood

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Restaurante Parmidez

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum